Celular

09/10/2016 07h00 - Atualizado em 09/10/2016 07h00

Galaxy Beam vs Moto G 2: celulares antigos competem no preço

Lucas Mendes
por
Por Lucas Mendes Para o TechTudo

O Galaxy Beam e o Moto G 2 são dois celulares mais baratos à venda no Brasil. Enquanto o smartphone da Samsung tem preço na casa dos R$ 800, o da Motorola pode ser comprado com cerca de R$ 650. O diferencial do Galaxy – lançado em 2012 – está na presença de um projetor, que repete o que está na tela do aparelho. Já a segunda geração do Moto G, que chegou ao Brasil em 2014, conta com uma ficha técnica mais poderosa.

Para te ajudar a decidir qual celular é a melhor para você, o TechTudo se debruçou sobre as respectivas fichas técnicas dos smartphones. Nas linhas a seguir, conheça os detalhes e decida qual se encaixa melhor no seu dia a dia. Lembre que são aparelhos antigos, mas que continuam disponíveis nas lojas e costumam ser opções para quem busca modelos mais em conta.

Vale a pena comprar o Moto G 2 usado? Entenda as vantagens e desvantagens

Galaxy Beam e Moto G 2: veja o comparativo de ficha técnica (Foto: Arte/TechTudo)Galaxy Beam e Moto G 2: veja o comparativo de ficha técnica (Foto: Arte/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Design

O Moto G 2 da Motorola não conta com botões na parte frontal (apenas nas laterais) e tem bordas arredondadas. Atualmente, ele oferece versões com a tampa traseira em três cores: branca, preta e verde. Este foi o último modelo do Moto G antes do lançamento da loja Moto Maker, que permite personalizar os detalhes estéticos dos telefones. Ele pesa 149 gramas e tem as seguintes dimensões: 141,5 x 70,7 x 11 mm.

Detalhes do design do Galaxy Beam (Foto: Divulgação/Samsung)Detalhes do design do Galaxy Beam (Foto: Divulgação/Samsung)


Já o Galaxy Beam tem um formato um pouco mais “quadradão”, mas as bordas também são levemente arredondadas. O único botão físico da parte frontal é o de início, e as cores disponíveis são preto e cinza. O grande diferencial do Beam é o projetor na parte superior do celular. Ele permite exibir o que está na tela do celular também em superfícies lisas, em especial paredes. O recurso pode ser útil para aulas ou até mesmo para assistir a um filme. O Beam tem as dimensões de 124 x 64,2 x 12,5 mm e peso de 145,3 gramas, sendo, portanto, um pouco menor e mais leve do que o Moto G.

Tela

O tamanho da tela promete ser o ponto principal, pois a diferença é grande. Enquanto o Galaxy Beam tem um display pequeno para os padrões atuais, com 4 polegadas, o Moto G é maior, com 5″. A resolução também é diferente: o Moto G 2 conta com um display HD (1280 x 720 pixels), resultando em uma densidade de 293 ppi (pixels por polegada). Já o Galaxy oferece resolução de 800 x 480 pixels, com  apenas 233 ppi.

Com isso, a tendência é que a tela do Moto G 2 agrade mais aos olhos dos usuários que estão acostumados com os smartphones atuais.

Qual é o melhor celular barato para comprar em 2016? Descubra no Fórum do TechTudo.

Moto G 2 tem tela de 5 polegadas (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Moto G 2 tem tela de 5 polegadas (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Câmera

As câmeras dos celulares também têm uma diferença considerável. Enquanto o Moto G 2 fotografa em 8 MP e 2 megapixels, nas câmeras principal e frontal, o Galaxy Beam apresenta números inferiores: 5 MP e 1,3 MP. Além disso, o aparelho da Motorola oferece a função HDR, inexistente no smartphone da Samsung.

A gravação para vídeos é a mesma para os dois: HD (720p). Porém, o Moto G tem mais recursos de software, como filmagem em câmera lenta. Portanto, de modo geral, a câmera do celular da Motorola promete oferecer um resultado mais satisfatório.

Traseira em verde do Moto G 2 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Moto G 2 tem câmera traseira de 8 MP (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Especificações

Nesse quesito, o celular da Motorola tem grande vantagem – até porque chegou ao mercado dois anos depois. Ele já sai de fábrica com o Android 4.4 KitKat, mas recebeu atualização para o Android 6.0 Marshmallow, versão mais recente do sistema do Google. O Galaxy Beam rodava Android 2.3 Gingerbread e recebeu atualizações até o Android 4.1 Jelly Bean.

Por dentro, o G 2 tem um processador quad-core de 1,2 GHz, memória RAM de 1 GB e armazenamento de 8 GB, com possibilidade de expansão via cartão de memória de até 32 GB. Já o Beam tem um processador dual-core de 1 GHz, 768 MB de RAM e a mesma memória interna que o rival: 8 GB, com entrada para cartão de 32 GB.

Samsung Galaxy Beam: veja se vale a pena comprar em 2016 nessas dicas (Foto: Divulgação/Samsung) (Foto: Samsung Galaxy Beam: veja se vale a pena comprar em 2016 nessas dicas (Foto: Divulgação/Samsung))Samsung Galaxy Beam recebeu atualização até o Android 4.1 Jelly Bean (Foto: Divulgação/Samsung)

A bateria não é o forte de nenhum dos dois smartphones. Moto G 2 tem capacidade para até 2.070 mAh, contra 2.000 mAh do Galaxy. Levando em consideração as especificações de cada celular, essa diferença não é tão significativa. O usuário que optar por um desses modelos levará para casa um celular que não aguenta muito tempo longe das tomadas.

Preço e custo-benefício

Atualmente, o Moto G 2 pode ser encontrado por preço na casa dos R$ 650 nas principais lojas. O Galaxy Beam, por sua vez, tem um preço um pouco mais caro, de cerca de R$ 800. Ao usuário, cabe avaliar se o projetor do smartphone da Samsung justifica a diferença de valor. A resolução do projetor é muito baixa: apenas 640 x 360 pixels. Com ela não é possível ver todos os detalhes de um vídeo em HD (1280 x 720 pixels), muito menos de conteúdos em Full HD (1920 x 1080 pixels).

Caso opte por comprar o Moto G 2, a pessoa vai levar um celular mais completo, com configurações melhores em praticamente todos os quesitos, o que provavelmente resultará em um desempenho mais fluido no dia a dia. Trata-se de um smartphone mais recente, com especificações à frente do que a Samsung oferece no Beam.

Tabela Comparativa entre Galaxy Beam e Moto G 2 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela Comparativa entre Galaxy Beam e Moto G 2 (Foto: Arte/TechTudo)