Players

14/11/2016 16h54 - Atualizado em 14/11/2016 16h54

Spotify corrige bug que entope computador de dados desnecessários

João Kurtz
por
Para o TechTudo

Uma nova versão do Spotify para desktops vai finalmente corrigir um problema que armazenava uma grande quantidade de dados desnecessários no disco dos usuários. O bug foi relatado em junho de 2016, mas só foi resolvido cinco meses depois.

Como mudar conta do Spotify e desvincular login do Facebook

A falha do aplicativo representa um risco para, por exemplo, usuários de discos SSD. Esses dispositivos de armazenamento possuem um "tempo de vida" limitado, e este limite depende do número de vezes em que novos dados são gravados. Com o fim da vida útil – de maneira antecipada – do hardware, a sua substituição será necessária em um período de tempo menor do que normalmente seria sem o problema gerado pelo bug.

Spotify lança Daily Mix com playlist automática (Foto: Marvin Costa/TechTudo) (Foto: Spotify lança Daily Mix com playlist automática (Foto: Marvin Costa/TechTudo))Bug no Spotify armazena dados inúteis em computadores de usuários (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

O bug afeta as versões do Spotify para Linux, Mac OS X e Windows. O problema foi denunciado nos fóruns do aplicativo, com relatos de casos em que vários gigabytes de dados inúteis eram gravados – o que só acontecia quando a plataforma estava ociosa e não armazenava nenhuma música na memória local.

A quantidade de dados escritos pode variar com o tempo em que o aplicativo é deixado aberto, mas sem funcionar. Ela alcança entre 5 a 10 GB em menos de uma hora e pode chegar a índices de cerca de 700 GB em casos prolongados.

Spotify Premium: como baixar playlist offline? Confira no Fórum TechTudo

Segundo o Spotify, uma nova versão do aplicativo, de número 1.0.42, está sendo lançada aos poucos para corrigir o bug. Os usuários que ainda não fizeram a atualização receberão alertas informando do problema e ajudando-os no processo.

Via Ars Technica

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares