Computadores

06/12/2016 07h00 - Atualizado em 06/12/2016 07h00

Microsoft Surface tem processador ARM suplementar, além de um Intel

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O iFixIt, site especializado em desmontar eletrônicos e a ensinar procedimentos de reparo nesses equipamentos, abriu um Surface Studio, o desktop tudo-em-um lançado pela Microsoft em outubro.

Dial: acessório permite interagir com objetos na tela do Surface Studio

Além de ter encontrado um design que permite ao consumidor algum nível de controle sobre upgrades, a equipe do site se surpreendeu ao se deparar com um processador ARM, operando em harmonia com o processador Intel Core i7 do computador. Embora não seja a primeira vez que um controlador ARM opere em um PC (a AMD usa designs desse tipo no TrustZone), a notícia causou surpresa.

Desmonte do Surface Studio revela uso de processador ARM e de solução interessante de cache para o disco rígido (Foto: Divulgação/Microsoft)Desmonte do Surface Studio revela uso de processador ARM e de solução interessante de cache para o disco rígido (Foto: Divulgação/Microsoft)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

ARM se refere à arquitetura de um tipo de processador que tem vantagens, desvantagens e funcionamento diferente dos x86 (de Intel e AMD) que usamos nos computadores. Por serem ideais para celulares e tablets, em virtude do consumo de energia, esses processadores acabam longe dos PCs.

No caso Surface Studio, o ARM em questão é um Cortex M7, que está localizado na placa lógica que controla o monitor PixelSense. Longe de operar em parceria com a CPU da Intel, o processador secundário localizado na tela tem funções limitadas ao controle do funcionamento do display, que além de altíssima resolução, tem sensibilidade ao toque, compatibilidade com o Surface Dial e suporte a canetas tipo Stylus.

O Cortex M7, em destaque, opera como um dos controladores da tela do Surface Studio (Foto: Reprodução/iFixIt)O Cortex M7, em destaque, opera como um dos controladores da tela do Surface Studio (Foto: Reprodução/iFixIt)

O novo all-in-one da Microsoft tem tela de 4000 x 3000 pixels, que oferece resolução superior ao 4K nas 28 polegadas, além de processador i7 de quatro núcleos, opções de GPUs Geforce GTX 965M ou 980M da Nvidia e 32 GB de RAM. Há ainda  2 TB de armazenamento, que contam com um pequeno módulo SSD de 64 GB que funciona como cache para o disco rígido de 2 TB, criando um tipo de SSHD.

Essa solução curiosa de design deve acelerar bastante a performance do Surface Studio e, assim como a presença do Cortex M7, foi revelada pela desmontagem realizada pelo iFixIt.

Via PC World, iFixIt 

Esperar o Surface chegar ao Brasil ou importar? Comente no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Isaquehg
    2016-12-07T18:34:45

    Roda minecraft?kkk