Redes sociais

12/01/2017 06h00 - Atualizado em 20/04/2017 19h10

Golpe no WhatsApp promete mostrar quem adicionou usuário no mensageiro

Barbara Mannara
por
Para o TechTudo

Um novo golpe no WhatsApp tem como alvo os usuários mais curiosos, que pretendem descobrir quem adicionou seu número no mensageiro. Segundo o alerta feito pela empresa de segurança ESET na semana passada, o link malicioso está sendo espalhado entre os usuários brasileiros desde o fim de dezembro.

A vítima pode contratar serviços de SMS sem querer e prejudicando seus amigos com o compartilhamento do link pelo celular. Até agora, já foram registrados mais de 64 mil cliques.

Novas funções do WhatsApp e falsos cupons são as iscas favoritas dos hackers

Saiba fugir de golpes no WhatsApp com o vídeo abaixo:


Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Novo golpe do WhatsApp promete mostrar quem te adicionou no mensageiro (Foto: Divulgação/ESET)Novo golpe do WhatsApp promete mostrar quem te adicionou no mensageiro (Foto: Divulgação/ESET)


O novo golpe tem alguns pontos semelhantes com outras ameaças já denunciadas. Tudo começa com um link recebido pelo WhatsApp. Ao clicar nele, o usuário é redirecionado para uma página gerenciada pelos cibercriminosos, na qual é necessário compartilhar esse mesmo link com mais dez amigos ou cinco grupos, com a promessa de liberar a funcionalidade.

Com receio de terem seus dados pessoais expostos a estranhos, as pessoas acabam seguindo as instruções para ter acesso ao suposto recurso que mostraria quem adicionou seu número ao WhatsApp e, dessa forma, o vírus se espalha em grandes proporções.

Depois do compartilhamento do link com seus contatos, o site malicioso direciona o usuário para uma página de anúncio, na qual precisa contratar um serviço de SMS Premium para continuar o processo de ver quem te adicionou. Esse procedimento gera gastos indevidos e a função prometida não existe.

WhatsApp: contatos novos aparecem sozinhos, o que fazer? Descubra no Fórum do TechTudo.

Site malicioso pede para compartilhar link do golpe (Foto: Divulgação/ESET)Site malicioso pede para compartilhar link do golpe (Foto: Divulgação/ESET)

A ESET afirma que a página maliciosa redireciona o internauta para diversas ofertas diferentes. Esse fator dificulta a descoberta da origem do golpe e seu combate. Além disso, no compartilhamento é usado um link encurtado, para disfarçar o anúncio. A página tem suporte para seis idiomas, inclusive o português. Apesar de usar a marca do WhatsApp, fontes e cores semelhantes, o serviço não é oficial.

Uma forma de se proteger é não abrir nenhum link suspeito, mesmo se for recebido em chats com amigos ou grupos conhecidos.

As novidades do WhatsApp são publicadas no site oficial e liberadas por meio de atualização no Android, iPhone (iOS) e demais sistemas operacionais. Vale lembrar ainda que nas configurações de privacidade, o mensageiro permite limitar quem vê sua foto do WhatsApp, marcando apenas para seus contatos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • José Junior
    2017-01-13T11:44:47

    Tem que ser muito retardado pra cair nisso.