Video game

04/03/2017 06h00 - Atualizado em 04/03/2017 06h00

Vale a pena comprar um Switch no lançamento? Confira prós e contras

Felipe Demartini
por
Para o TechTudo

O Nintendo Switch chegou e promete colocar a empresa japonesa de novo no mesmo nível de mercado de Sony e Microsoft. Com o novo console, a Nintendo quer romper as barreiras entre videogame de mesa e portátil, entregando uma jogatina que pode acontecer tanto na palma da mão do jogador quanto na tela da televisão.

Veja a lista de jogos confirmados para o lançamento do Switch

Mesmo não tendo data oficial para chegar ao Brasil, o Switch também vem fazendo a cabeça de muitos jogadores por aqui, principalmente devido a seu principal título de estreia: The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Entretanto, comprar o console em nosso país nas proximidades do lançamento pode ser uma experiência cara. Confira se vale a pena comprar um Switch logo em seu lançamento.

Nintendo Switch chega às lojas dos EUA no dia 3 de março (Foto: Divulgação/Nintendo)Nintendo Switch chega às lojas dos EUA no dia 3 de março (Foto: Divulgação/Nintendo)

Prós

A melhor versão do novo Zelda

    The Legend of Zelda: Breath of the Wild é um dos maiores e mais ambiciosos games já criados pela Nintendo. Levando uma de suas principais franquias para um mundo aberto, a companhia apresenta uma história lúdica e cheia de possibilidades, com um cenário expansivo e gigantesco.

    O game também será lançado para o Wii U, atual console da empresa, mas é no Switch que estará a principal versão dele – e também, a que a Nintendo mais deseja que os jogadores experimentem. O novo Zelda é o título que vai demonstrar, logo de início, as capacidades do console.

    The Legend of Zelda: Breath of the Wild oferece a maior liberdade da série (Foto: Divulgação/Nintendo) (Foto: The Legend of Zelda: Breath of the Wild oferece a maior liberdade da série (Foto: Divulgação/Nintendo))The Legend of Zelda: Breath of the Wild oferece a maior liberdade da série (Foto: Divulgação/Nintendo)

    Outros nomes de peso

      Mas não é só de Zelda que viverá o Switch. Apesar de ter sido criticada pela lista de lançamentos com poucos games de renome, a Nintendo chega à nova geração com muitas promessas e grande potencial. Não dá para dizer que os compradores do console no lançamento ficarão sem ter o que jogar uma vez que finalizem Breath of the Wild.

      Fazem parte da line up de estreia do Switch títulos como Super Bomberman R, que promete renovar a franquia trazendo de volta a jogabilidade clássica, e I Am Setsuna. Para o futuro estão previstos nomes como Super Mario Odyssey, Splatoon 2, uma nova versão de Mario Kart 8, a remasterização de Skyrim e um novo No More Heroes, fruto das loucuras de Suda51.

      Isso sem falar nos games ainda não anunciados, mas que podem muito bem chegar ao Switch durante seu ciclo de vida. Além de novos episódios de Zelda e Mario, estamos falando de nomes como Pokémon, Donkey Kong, Star Fox, Kirby e, principalmente, Metroid, uma grande expectativa dos fãs que não aparece desde os tempos do Wii.


      A união entre velho e novo

      O que seria da Nintendo sem os clássicos? Quebrando a tradição de suas últimas gerações de plataformas, a empresa lança o Switch sem nenhum tipo de retrocompatibilidade física. Entretanto, isso vai acontecer por meio do Virtual Console, o marketplace online de jogos da companhia, que traz uma parte do portfólio de games antigos lançados para todas as plataformas anteriores.

      Isso significa que, nos intervalos de Breath of the Wild, você poderá relembrar o passado da franquia jogando o primeiro Zelda, ou optar por algo completamente diferente, como Contra, da Konami. Tudo por meio de download e de forma direta, podendo ser jogado tanto na telinha do Switch quanto na TV.

      Além disso, a Nintendo promete entregar jogos clássicos de graça – alguns, inclusive, com multiplayer – para quem assinar seu serviço online, que permite jogar pela internet, aos moldes do que a Sony e Microsoft fazem com seus consoles. Nada disso, porém, estará disponível no lançamento, e o Virtual Console, assim como a arquitetura conectada, serão liberados nos próximos meses.

      Switch vai permitir download de jogos dos antigos consoles da Nintendo (Foto: Reprodução/Felipe Demartini)Switch vai permitir download de jogos dos antigos consoles da Nintendo (Foto: Reprodução/Felipe Demartini)

      Jogue online, de graça

      A demora no lançamento dos sistemas online do Switch, entretanto, vai significar que, neste primeiro momento, os early adopters poderão jogar os modos multiplayer dos games de graça. De acordo com a Nintendo, trata-se de uma fase de testes, que deve durar até a chegada dos serviços, trazendo mais funções ao console.

      Multiplayer online do Switch será gratuito nos primeiros meses (Foto: Divulgação/Nintendo)Multiplayer online do Switch será gratuito nos primeiros meses (Foto: Divulgação/Nintendo)

      Leve a diversão para qualquer lugar

      Além do novo Zelda, a grande novidade do Nintendo Switch é a possibilidade de levar os jogos com a gente, compartilhando as experiências caseiras e móveis. Claro, isso já era possível em aparelhos como o PS4 unido ao Vita, ou usando um PC conectado ao NVIDIA Shield. Essa é a primeira vez que a conversão entre portátil e console de mesa existe em um único sistema.

      Está jogando Bomberman e precisa sair de casa? Simplesmente retire o Switch de sua doca e continue aproveitando a experiência no caminho. Chegou naquela parte interessante de Zelda e quer assistir às cutscenes em uma tela maior? Conecte o console e veja tudo na televisão. De acordo com a Nintendo, a mudança de formato acontece de forma rápida, com mudanças visuais e de performance, mas nenhuma perda de status ou necessidade de reinicialização.

      Switch permite jogar com os amigos mesmo em seu modo portátil (Foto: Divulgação/Nintendo)Switch permite jogar com os amigos mesmo em seu "modo" portátil (Foto: Divulgação/Nintendo)

      Contras

      Zelda machine

      Os poucos games disponíveis no lançamento do Nintendo Switch levam o jogador a ter pouco o que jogar além de Breath of the Wild. Restam poucos títulos de destaque, sendo que a maioria deles já está disponível (alguns há anos) em outras plataformas.

      É o caso, por exemplo, de Skylanders: Imaginators, Just Dance 2017 ou I Am Setsuna. De exclusivos, apenas a coletânea de minigames 1-2 Switch, que abusa dos controles de movimento. Games independentes, como World of Goo e Shovel Knight, também já podem ser experimentados em outras plataformas.

      Quem não é fã de RPG ou da franquia Zelda, por exemplo, pode ter bons motivos para esperar. Atrasar a compra do Switch para depois do lançamento, além de garantir que mais títulos interessantes estejam disponíveis para a plataforma, pode ser uma boa ideia para aproveitar o preço mais baixo.

      The Legend of Zelda: Breath of the Wild é o principal game do Nintendo Switch (Foto: Divulgação/Nintendo)The Legend of Zelda: Breath of the Wild é o principal game do Nintendo Switch (Foto: Divulgação/Nintendo)

      Valores altos

      A exclusividade tem seu preço, e a velocidade, também. Quem quiser ter o Nintendo Switch no Brasil o mais rápido possível terá que pagar caro. Os valores, no mercado informal, variam de R$ 2.499 até R$ 3.299, de acordo com a agilidade na entrega. E muitos vendedores, mesmo assim, estão reportando unidades esgotadas.

      Em uma pesquisa rápida, foi possível encontrar lojistas prometendo enviar o Switch aos compradores até 5 de março. Quem não quiser pagar tão caro também tem opções, mas pode ter de esperar até o dia 20 para que o console seja enviado. Pacotes com ou sem The Legend of Zelda: Breath of the Wild também geram variações nos valores.

      Nos Estados Unidos, o Switch tem seu preço oficial fixado em US$ 299, o que, em uma conversão direta, resulta em cerca de R$ 930, sem contarem os impostos. Dificilmente alguém conseguirá pagar menos de R$ 1.000 no videogame por aqui, mas a tendência, levando em conta que o novo aparelho da Nintendo tem valor semelhante ao de seus concorrentes nos EUA, é que ele, em algum momento, estacione na casa dos R$ 1.600.

      No Brasil, Switch varia de R$ 2.500 a R$ 3.200 no lançamento (Foto: Divulgação/Nintendo)No Brasil, Switch varia de R$ 2.500 a R$ 3.200 no lançamento (Foto: Divulgação/Nintendo)

      Falta de suporte e garantia

      A Nintendo não tem mais representação no Brasil desde janeiro de 2015. Isso significa que os games e consoles da empresa não possuem mais distribuição por aqui, o que também leva à já citada ausência de data oficial para lançamento. O mesmo vale para a política de preços, que é inexistente, deixando os jogadores nas mãos de importadores.

      Além disso, em um fator que pode assustar muita gente, a ausência da Nintendo no país faz com que ela não dê garantia para os consoles. Mesmo que o Switch seja comprado por aqui, por ser um aparelho importado, a responsável por ele será a “Big N” do país de fabricação, e em caso de problemas, é para lá que o aparelho deverá ser enviado para assistência técnica.

      Com a Nintendo fora do país, Switch não tem data oficial para chegar ao Brasil (Foto: Divulgação/Nintendo)Com a Nintendo fora do país, Switch não tem data oficial para chegar ao Brasil (Foto: Divulgação/Nintendo)

      Lojas nacionais costumam dar uma garantia de três meses para produtos eletrônicos, mas a falta de estrutura pode acabar dificultando a vida de quem enfrentar problemas. Os early adopters também podem acabar lidando com defeitos de fabricação inesperados, e podem se ver sem opção caso suas unidades apresentem alguma irregularidade.

      Além disso, a ausência de distribuição oficial faz com que os games de consoles Nintendo sejam mais caros e difíceis de se encontrar, sempre chegando ao país com dias ou até semanas de atraso em relação ao lançamento norte-americano. Como um console não é nada sem jogos, essa também é uma questão que precisa ser levada em conta, pois o investimento pode acabar sendo alto mesmo depois da chegada do Switch.

      Sem clássicos por enquanto

      A biblioteca de clássicos das plataformas passadas via Virtual Console é um dos grandes fatores para quem compra um console da Nintendo. Entretanto, nada disso estará disponível no lançamento, já que a empresa pretende lançar seu marketplace de clássicos junto com sua arquitetura online. Portanto, se você está tão interessados nos jogos antigos quanto nos novos, pode ser uma boa ideia esperar.

      Virtual Console chega junto com a arquitetura online do Switch, nos próximos meses (Foto: Divulgação/Nintendo)Virtual Console chega junto com a arquitetura online do Switch, nos próximos meses (Foto: Divulgação/Nintendo)

      A Nintendo já confirmou que o Virtual Console não estará disponível no lançamento do Switch e não deu uma previsão de quando isso irá acontecer, afirmando apenas que a plataforma deve chegar nos próximos meses. Enquanto isso não acontecer, os jogadores estarão restritos aos games “novos” da plataforma.

      Qual é o melhor jogo já anunciado para o Nintendo Switch? Deixe sua opinião em nosso Fórum!

      Seja o primeiro a comentar

      Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

      recentes

      populares

      • Léo Barcellos
        2017-03-04T11:56:27  

        O problema dá Nintendo que ela vive estagnada em lançar Marios, Zeldas e Pokemons. Um console não vive só de exclusivos. Por seguir seu "estilo próprio" tá aí os resultados.

        recentes

        populares

        • Léo Barcellos
          2017-03-04T11:56:27  

          o que vc escreveu não faz nenhum sentido, o rapaz falou que a nintendo vive dos seus jogos, o que é verdade, pois ela ficou a margem do mercado multiplataforma, aí você respondeu que não citando 3 jogos de empresas que ignoraram a Nintendo nos últimos 10 anos e uma outra que não existe mais a 20 anos, e depois eu que tenho que aprender a ler, no caso é você que precisa escrever direito.

        recentes

        populares

        • Léo Barcellos
          2017-03-04T11:56:27  

          Ao pé da letra o João Vega esta certo Cássio Santos, porém eu entendi o que você quis dizer em reviver clássicos ... mas a real é que a Nintendo joga com o que tem mesmo ... todos os seus "clássicos da era Snes" não são necessariamente dela ... então é um mercado bem pequeno

      • Vinicius Gonçalves
        2017-04-19T11:50:15

        Nintendo Switch não justifica a aquisição ontem, hoje e amanhã ... apenas uma pessoa que faça questão de jogar este novo Zelda ... a verdade é que a Nintendo tenta conquistar um mercado muito específico ...

      • Mauricio
        2017-03-07T17:52:02  

        O Nintendo Switch chegou e promete colocar a empresa japonesa de novo no mesmo nível de mercado de Sony e Microsoft. Ri muito desse trecho kkkkkkkkkkkk

        recentes

        populares

        • Mauricio
          2017-03-07T17:52:02  

          A nintendo veio forte desta vez mais com poucos jogos e preço tão alto fica difícil

      • João Prestes
        2017-03-07T11:35:33

        Nintendo fez parte da minha vida por muito tempo mas morreu pra mim junto com o lindo game cube! pra mim foi o vg mais bacana da Nintendo depois dele só mancada.....

      • Ranulfo Rosa
        2017-03-04T15:55:46  

        se vc for ver jogos exclusivos, adeus Sony e Microsoft

        recentes

        populares

        • Ranulfo Rosa
          2017-03-04T15:55:46  

          Não sei quem te enganou... Tá aí o WiU que não deixa eu mentir.

        recentes

        populares

        • Ranulfo Rosa
          2017-03-04T15:55:46  

          NINGEM VIVE SÓ DE EXCLUSIVOS,VC É BURRINHO

      • Christian
        2017-03-04T12:49:23  

        3 conto pra jogar um ou dois jogos de destaque num tablet glorificado. Acho exagero...

        recentes

        populares

        • Christian
          2017-03-04T12:49:23  

          Pois eh Levita. Nada a ver mesmo. O q mata eh o fanatismo.

        recentes

        populares

        • Christian
          2017-03-04T12:49:23  

          Isso que estou dizendo, se fosse um console da sony ou microsoft os fã boys estariam loucos. Não reconhecem quando alguma coisa legal é feita por outras empresas. Acho que bons jogos virão por ai.

      • Mike Rodrigues
        2017-03-04T11:41:58  

        Boa matéria.Mas só uma observação A Nintendo não está abaixo da Sony e Microsoft.E não busca estar acima ou abaixo e sim seguir o seu próprio mercado.As 3 são ótimas empresas.

        recentes

        populares

        • Mike Rodrigues
          2017-03-04T11:41:58  

          "entrega exatamente o que seu público quer". Sabemos que não é beeeem por aí.

        recentes

        populares

        • Mike Rodrigues
          2017-03-04T11:41:58  

          Tenho os dois (PS4 e X One), aproveito o melhor dos dois que são os exclusivos, não comprarei o esse console da Nintendo por pensar que os exclusivos vão ser Mario, Zelda e Pokémons. Não que não goste, cresci jogando esses jogos mas hoje estou mais hardcore. Posso estar enganado mas dificilmente esse console rodará um Resident7 ou um BF da vida, vai continuar aquela historinha de joguinho casual. Tô fora.

      • Beto Jamaica
        2017-03-05T11:11:45

        Eu vi o gameplay do zelda e achei altamente monótono, nem a voz dos personagens eles colocaram, poucos elementos ativos no cenário, só o barulho do vento, vc se sente sozinho, tem que ser muito fã da franquia para encarar esse jogo até o fim. OBs.: eu sempre gostei da Nintendo, o último console que tive foi um Wii, me diverti , mas depois percebi que só jogaria marios e cia, mais nada. Vendi e fui pra Sony.

      • Lucas Savage
        2017-03-05T11:00:02

        prefiro ir assistir o pele

      • Emerson
        2017-03-05T10:16:57

        tinha que fazer o zelda igual o grafico do Zelda Wii U -Technical Demo E3 2011 esse sim iria bombar,agora faz um zelda com grafico de grafite ficou uma bosta de grafico

      • Carlos Will
        2017-03-04T14:55:50  

        kkkkk, mais uma bomba

        recentes

        populares

        • Carlos Will
          2017-03-04T14:55:50  

          Concordo... Mais um Titanic.

      • Marcelo Assis
        2017-03-04T16:58:23  

        Soh faltou citar que vai u ter tbm Ultra Street Fighter 2.

        recentes

        populares

        • Marcelo Assis
          2017-03-04T16:58:23  

          vc um cara inteligente ne kkkkk tem fita do super nintendo que compra o barraco que vc mora e ainda sobra rsrsrs

        recentes

        populares

        • Marcelo Assis
          2017-03-04T16:58:23  

          vai no portal da transparencia do DF e põe esse nome que está aí pra vc ver o salário do favelado, nem se sua mãe fazer programa o ano inteiro da o que eu tiro no mês...

      • Mais Tolo
        2017-03-05T03:05:17

        qual a diferença do zelda do wiiU para o do switch????

      • Raúl Gomes
        2017-03-04T16:44:49  

        Estou de férias aqui em Dubai, e hj, fui ao Dubai Mall e vi o console em loja de eletrônicos. Ele está custando cerca de 1.800 EAD, convertendo pra reais da mais ou menos RS 1.650. Esse preço dos EUA é só lá, todos os mercados tem suas taxas e lucros. Pena que não jogo mais games.

        recentes

        populares

        • Raúl Gomes
          2017-03-04T16:44:49  

          pare d roubar wifi do seu vizinho e pague a sua conta la na lan house que vc ficou devendo su caloteiro mentiroso

        recentes

        populares

        • Raúl Gomes
          2017-03-04T16:44:49  

          Outra coisa curiosa que eu vi é que aqui, se vc compra um notebook da Microsoft vc ganha um Xbox one. Vem tudo na mesma caixa. Tudo sai por 5000 ead.

      • Henrique
        2017-03-05T01:30:49

        Online pago é um NÃO bem grande para qualquer console, na minha opinião

      • Thiago Maia
        2017-03-04T13:01:42  

        Vi o Edu jogando o Zelda e achei meio bestinha!

        recentes

        populares

        • Thiago Maia
          2017-03-04T13:01:42  

          só por assistir um coitado igual ao "Edu" já não merece credibilidade.

        recentes

        populares

        • Thiago Maia
          2017-03-04T13:01:42  

          Eu achei bem monótono.

      • Eduardo Machado
        2017-03-04T20:53:47

        muito da hora ne ainda vou comprar o meu ,mas afinal de contas alguem sabe o numero da camisa do Drogba no curintias ,valeu

      • Roberto Filho
        2017-03-04T19:25:45  

        Galera queria saber se o videogame ele é bivolt?

        recentes

        populares

        • Roberto Filho
          2017-03-04T19:25:45  

          pare com as drogas

      • Paulo Canosa
        2017-03-04T16:48:50

        E no Brasil oooohhh. Vai comprar arroz e feijão.

      • Anderson Santos
        2017-03-04T11:48:38  

        Um tablet melhorado apenas isso .

        recentes

        populares

        • Anderson Santos
          2017-03-04T11:48:38  

          1 tablet e várias possibilidades de quebrar.

      • Fagner Carvalho
        2017-03-04T16:34:56

        Esse ai é o tablet Shield da Nvidia que a Nintendo viu futuro.

      • Alencar Laignier
        2017-03-04T15:53:02

        Fumo kkkkkkkkkkkk.

      • Célio Azevedo
        2017-03-04T15:47:07

        Vale sim. Genial!

      • Raphael Pah
        2017-03-04T14:04:37  

        so tem zelda

        recentes

        populares

        • Raphael Pah
          2017-03-04T14:04:37  

          vidente???

      • Gato Fogueteiro
        2017-03-04T14:14:55

        Nossa! Os caras da Nintendo lançando um novo sistema pela metade. Só a Nintendo mesmo. Fiasco. Amo a Nintendo, marcou minha infância, mas os caras se apequenaram!