Por Lucas Soares


O Avell B.On é um modelo de notebook disponível no Brasil com foco em produtividade. O dispositivo conta com processador Core i7 de 11ª geração da Intel, 16 GB de memória RAM e bateria de 14 horas, segundo a fabricante.

Outro destaque vai para a tela sensível ao toque que pode ser girada em até 180 graus. É possível encontrar o aparelho com preços a partir de R$ 7.773 no site oficial da Avell. O TechTudo testou o laptop da marca brasileira e trouxe as principais características do produto.

Avell B.On tem tela touch e tem foco em produtividade — Foto: Divulgação/Avell

Design

Um dos primeiros aspectos que muitos usuários observam quanto compram um produto é o design, e o Avell B.On tem alguns pontos que chamam a atenção. O primeiro deles é o peso de 1,68 kg e a espessura de 1,5 cm, que tornam o notebook ideal para levar na mochila sem sentir muito o peso nas costas. O teclado retroiluminado também está presente e pode ser ajustado para aumentar e diminuir a intensidade.

No entanto, a leveza e a espessura do produto sacrificaram as opções de conectividade do modelo. São 2 entradas USB 3.2, uma única P2 para colocar fone de ouvido ou microfone, uma HDMI 2.0 e duas USB-C com Thunderbolt 4, que permitem um carregamento mais rápido da bateria. Para as conexões sem fio, é possível encontrar Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.1.

A falta de uma entrada para cartão microSD e de mais opções USB podem fazer a diferença na experiência do usuário. Por isso, antes de adquirir o laptop, é importante pensar em qual é o seu uso e se essas opções a mais fariam grande diferença no seu dia a dia.

Um ponto que merece elogio é o sistema de resfriamento do Avell B.On. O produto dificilmente esquenta muito, além de ser muito silencioso. Isso acontece graças aos ventiladores duplos presentes no aparelho, que ajudam o ar a circula no notebook, evitando que ele alcance temperaturas elevadas.

Avell B.On tem espessura e medidas reduzidas, o que ajuda no transporte do notebook — Foto: Reprodução/Lucas Soares

Tela

A tela do dispositivo tem 15,6 polegadas e resolução Full HD. Além disso, ela é multitouch e pode ser girada em até 180 graus, tornando possível utilizar o produto deitado em alguma superfície. Vale ressaltar que o display tem frequência de 60 Hz, abaixo do ideal para jogos competitivos como o CS:GO. Se essa é a sua intenção, vale conferir outros modelos da marca, como o A70 Liv.

No dia a dia, a tela mostrou um desempenho satisfatório, com um bom equilíbrio de cores ao assistir a séries na Netflix. É possível utilizar o laptop sem problemas em ambientes muito iluminados, já que o notebook tem um brilho intenso quando colocado em 100%. Em alguns momentos durante os testes, o laptop ficou com o display piscando. Não foi possível identificar a origem do problema — no entanto, após alguns segundos, o visor voltava a funcionar normalmente.

Avell B.On permite girar a tela em até 180 graus, o que pode facilitar em tarefas de edição e navegação em sites — Foto: Reprodução/Avell

Desempenho

O notebook tem configurações robustas. O processador é um Core i7 de 11ª geração da Intel, são 16 GB de memória RAM, além de 500 GB em SSD. A placa gráfica é a Intel Irix Xe, que promete um excelente desempenho integrada à CPU. Com esses números, o notebook conseguiu rodar sem qualquer dificuldade aplicativos básicos como o editor de textos Word, o Spotify, o navegador Chrome e aplicativos de videochamada como Zoom e Google Meet.

Embora esse não seja o foco do laptop, foi possível rodar jogos como World of Warships, Splitgate e Skydome sem qualquer travamento ou lentidão. Uma experiência interessante foi testar o game de cartas Hearthstone utilizando as facilidades que só a tela touch pode oferecer.

Entre os aspectos negativos, está o aparecimento, em algumas ocasiões, da tela azul da morte do Windows. Foi necessário reiniciar o notebook para utilizar as suas funções normalmente. Outro problema foi que, nas primeiras inicializações, o Avell B.On estava sem áudio. Reiniciando os drivers de placa de som nas configurações do sistema, o contratempo foi resolvido.

Avell B.On é capaz de rodar jogos como World of Warships — Foto: Reprodução/Lucas Soares

Bateria

O Avell B.On tem como grande característica a bateria de longa duração, com promessa de até 14 horas fora da tomada. Durante os nossos testes, foi possível utilizar o notebook por até sete horas em atividades leves como, por exemplo, navegar em páginas do Chrome, realizar chamadas no Zoom e fazer download de jogos na Steam.

Já durante o uso alternado entre jogos e Photoshop, o produto alcançou três horas. Vale lembrar que nessas duas situações o brilho da tela estava em 100% com teclado retroiluminado desligado. Para chegar à carga total, foi necessário um pouco mais de duas horas. O desempenho é bem satisfatório e, realizando alguns ajustes, é possível melhorar ainda mais a autonomia da bateria.

Durante nossos testes, a bateria do Avell B.On durou sete horas em atividades leves — Foto: Reprodução/Lucas Soares

Preço e concorrentes

Na versão com 16 GB de RAM, 500 GB de armazenamento em SSD e processador Core i7, é possível encontrar o Avell B.On com preços a partir de R$ 7.773 no site oficial da marca. Por lá, a empresa oferece opções de melhorias em aspectos como o espaço disponível e a versão do Windows 10 instalada.

Entre os concorrentes nessa faixa de preço, é possível encontrar o Ideapad Flex 5i, da Lenovo, por R$ 6.299 na Amazon. O produto é um modelo 2 em 1, que permite utilizar o dispositivo também como tablet. O processador é um Intel Core i7 de 11ª geração com 256 GB de armazenamento em SSD e 8 GB de memória RAM.

Outro notebook que é concorrente direto do modelo da Avell é o LG Gram. O laptop da sul-coreana é ainda mais leve que o da marca brasileira — o dispositivo pesa 1,13 kg contra 1,68 kg do B.On — e tela de 16 polegadas Full HD. O processador também é um Intel Core i7 de 11ª geração e o armazenamento é de 256 GB em SSD. É possível encontrar o notebook por R$ 8.505 na Amazon.

Conclusão

A Avell é uma empresa que produz notebooks com um foco maior no mercado gamer. O B.On é a aposta da marca em um segmento diferente, como atividades do home office, de produtividade e edição. Durante os nossos testes, a experiência com o produto foi interessante, tendo como grandes destaques o sistema de resfriamento com ventiladores duplos, além da tela touch de alta precisão.

Os problemas com o aparelho atrapalharam o uso do laptop em diversos momentos, sendo necessárias futuras correções nos modelos da linha. No mais, se o usuário ficar receoso em adquirir o notebook, a marca oferece outras opções parecidas que, mesmo com o foco em jogos, devem atender às demandas da maioria dos usuários de um PC portátil.

8

Notebook é leve, poderoso, mas problemas pontuais atrapalham

Tela touch, sistema de resfriamento e bateria são destaques do laptop. No entanto, erros durante o uso complicam a experiência.
Design
9
Imagem e som
8
Desempenho
7
Bateria
8
Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo