Jogos de aventura

NOTA tt
5.3

Review A Aventura Épica de Finn e Jake

A Aventura Épica de Finn e Jake traz todos os personagens mais legais do desenho animado, mas oferece gameplay repetitivo e jogabilidade limitada. Confira a análise completa do game.

Felipe Velloso
por
em

A Aventura Épica de Finn e Jake é o primeiro jogo exclusivo para PC de “A Hora da Aventura” (Adventure Time no original). Porém, é uma pena que ele seja uma versão um pouquinho melhorada de um adventure gratuito disponível no site do Cartoon Network. O jogo lançado no Steam é apenas uma versão em HD de Finn and Jake‘s Epic Quest, que quase não adiciona nenhuma novidade ao original que pode ser jogado através de qualquer browser.

Conheça também Adventure Time: Explore the Dungeon Because I DON’T KNOW!

Finn e Jake não tem sua melhor aventura no PC (Foto: Divulgação)Finn e Jake não tem sua melhor aventura no PC (Foto: Divulgação)

Com bons jogos para o Nintendo DS e o 3DS os fãs da saga são recomendado a permanecerem nos portáteis, ou se aventurarem no site do Cartoon antes de comprar este novo título.

Enredo

A história de Finn and Jake‘s Epic Quest não poderia ser mais simples. O jogo começa praticamente sem nenhuma introdução elaborada. Finn e Jake caem no primeiro mundo (o típico clichê do mundo dos games as Grasslands), e devem progredir até o final dele onde irão encontrar o primeiro chefão.

Em menos de trinta segundos de fala a história do jogo é apresentada. Alguém transformou a terra de Ooo em um videogame, além de sequestrar BMO deixando uma nota de resgate no início da fase.

Ao longo do caminho você encontrará dezenas de personagens clássicos da série de TV, alguns poderão lhe ajudar, como Marceline e os filhos do Jake, outros como o senhor das portas aparecem como adversários formidáveis, além dos sempre presentes coadjuvantes de luxo.

Os chefões sempre são personagens clássicos ligados ao tema daquele mundo. O Ice King, por exemplo, é o chefe do mundo de gelo já o Flame King (pai da namorada de Jake, a Flame Princess) é o responsável pelo mundo de fogo.

O Ice King é um dos chefes mais divertido dos jogo (Foto: Divulgação)O Ice King é um dos chefes mais divertido dos jogo (Foto: Divulgação)

Não há realmente muito em termos de história, até existe uma pequena interação entre os personagens que aparecem na tela, mas nada de muito substancial. O foco é na ação, o que é uma pena, já que Adventure Time detém toda sua força nas cenas de humor nonsense e até sentimentalismo, no geral ausentes do jogo.

Jogabilidade repetitiva

Finn and Jake‘s Epic Quest não é realmente uma Busca Épica como supõe o título, se trata de um jogo razoavelmente medíocre de aventura em três dimensões, feito para todas as idades da maneira errada, isto é, desnecessariamente simples e repetitivo. Você pode trocar entre o Finn e o Jake para bater incessantemente nos inimigos, não existem muitas variações de golpes e os controles com o teclado não são realmente ideais para esse tipo de coisas.

Nenhum adventure estaria completo sem uma fase com lava (Foto: Divulgação)Nenhum adventure estaria completo sem uma fase com lava (Foto: Divulgação)

As fases são um pouco preguiçosas em concepção, todas aquelas do mesmo mundo são sempre muito similares, além de no geral serem ilhas flutuantes com poucos objetos passíveis de interação.

Tirando os inimigos e a eventual chave ou baú, todos os cenários acabam parecendo meio vazios e o jogo se beneficiaria de uma boa edição que reduzisse o número de fases para pelo menos pela metade, para diminuir um pouco o grau de repetição empregada pelos desenvolvedores.

Além de andar e bater, você coleciona itens que lhe dão movimentos especiais, além de contar com a ajuda de outros personagens clássicos da série, como voar na Lady Rainicorn. O jogo também tenta implementar alguns elementos de RPG, fazendo você subir de nível e aprender coisas, mas a verdade é que raramente você as utiliza, não solucionando o problema da repetição do jogo.

Outros personagens aparecem para lhe ajudar (Foto: Divulgação)Outros personagens aparecem para lhe ajudar (Foto: Divulgação)


Apresentação

Visualmente, a versão para Steam é somente um pouco melhor do que a versão disponível no site do Cartoon. Além de mais bonito e da presença de pequenas animações na hora dos diálogos os jogos ainda são muito similares. O visual 3D nunca consegue fazer jus a beleza do mundo de Ooo e dos personagens que estão entre os desenhos mais bem animados desta geração.

Para os fãs, a melhor parte do jogo será ver seu personagem preferido no mundo do jogo, e a verdade é que esta é a única coisa que Parabéns Finn and Jake‘s Epic Quest tem a oferecer, já que a jogabilidade é bastante rasa. As músicas também são um ponto bacana, a referência é sempre os grandes clássicos do NES e do SNES em chiptunes bastante cativantes.

Conclusão

Se você é muito fã de Hora da Aventura é possível se divertir com Finn and Jake‘s Epic Quest, de maneira bastante moderada para evitar a grande repetição que a jogabilidade deste título. Os personagens são bons, algumas falas são engraçadas, mas elas são incapazes de sustentar um jogo sozinho. Não fãs passem bem longe do que é apenas um adventure medíocre.


Qual é o melhor jogo baseado em um desenho animado?
Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
5.3
Gráficos
5
Jogabilidade
4
Diversão
4
Som
8

Prós

  • - Quase todos os personagens mais legais aparecem
  • - O visual é fiel ao desenho

Contras

  • - O jogo é muito repetitivo
  • - Quase não existe uma história
  • - A jogabilidade é extremamente simplória e limitada
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares