Jogos de aventura

NOTA tt
7.5

Review The Binding of Isaac: Rebirth

Remake do jogo independente The Binding of Isaac para PlayStation 4 e PS Vita traz toda a ação e desafio do jogo original, assim como toda a polêmica envolvendo seu tema religioso e visual violento e escatológico.

Rafael Monteiro
por
em

The Binding of Isaac: Rebirth é o remake para PlayStation 4, PS Vita e PC de um dos jogos independentes de maior sucesso em sua época, conhecido por lidar com um polêmico tema religioso e apresentar um estilo visual ultra violento e escatológico. Além de toda a controvérsia ao redor do título, ele traz um ótimo jogo de ação com alto valor replay, podendo ser rejogado várias vezes.

Confira nosso review completo do The Binding of Isaac original

The Bind of Isaac: Rebirth traz remake do jogo independente para PlayStation 4, PS Vita e PC (Foto: Divulgação)The Bind of Isaac: Rebirth traz remake do jogo independente para PlayStation 4, PS Vita e PC (Foto: Divulgação)

O jogo começa quando a mãe de Isaac, uma religiosa fervorosa, começa a ouvir uma voz divina dizendo que seu filho foi corrompido pelo mal e exigindo que ele seja sacrificado. A história é uma crítica à passagem sobre o sacrifício de Isaque na Bíblia em Gênesis 22.1-18, onde Abraão tem sua fé testada com a ordem de sacrificar seu filho.

Para fugir de sua mãe, Isaac entra no porão de sua casa, o qual se revela um extenso labirinto com vários andares de profundidade, habitado pelas mais estranhas criaturas. Tentando sobreviver ele adentra cada vez mais fundo nesse porão, até ter armas suficientes para enfrentar sua mãe.

Além do sacrifício

Há dois modos de jogos disponíveis. O principal envolve basicamente fugir pelo porão de Isaac através de vários andares, enfrentando inimigos e chefões até chegar ao final. O segundo modo são os Challenges, que desafiam o jogador a completar essa mesma campanha, porém sob certas condições.

Níveis aleatórios de The Binding of Isaac: Rebirth apresentam surpresas em cada canto (Foto: Divulgação)Níveis aleatórios de The Binding of Isaac: Rebirth apresentam surpresas em cada canto (Foto: Divulgação)

Todos os andares do porão são gerados aleatoriamente, construídos com vários tipos de salas. A maioria dessas salas está repleta de monstros e as portas se fecharão assim que você adentrá-las. Só será possível seguir adiante após derrotar todas as criaturas, lembrando bastante o clássico The Legend of Zelda do Nintendo 8 bits.

Além de salas com monstros há também salas com Power-Ups que deixam Isaac mais forte, lojas onde você pode comprar itens úteis e vários outros tipos de locais. Cada vez que você realiza certas tarefas ou termina a campanha, mais coisas surgem no porão, tornando-o mais longo, mais difícil e muito mais interessante.

A jogabilidade é simples e acessível, permitindo se mover tanto no direcional digital quanto no analógico esquerdo, e atirar com os botões de face ou o analógico direito. A direção que você pressiona determina a direção do tiro, ou no caso dos botões, X atira para baixo, O para a direita, e assim por diante.

Os controles de The Binding of Isaac: Rebirth são simples e acessíveis (Foto: Reprodução: Rafael Monteiro)Os controles de The Binding of Isaac: Rebirth são simples e acessíveis (Foto: Reprodução: Rafael Monteiro)

Os tiros iniciais, as lágrimas de Isaac, são bem fracas mas podem ficar mais potentes conforme você joga. Eventualmente o próprio Isaac também poderá ganhar melhorias em seus atributos, melhorando suas chances de sobrevivência. Você pode se tornar mais forte encontrando itens, comprando-os e até mesmo fazendo pactos com as forças do mal.

Como cada partida é gerada aleatoriamente, você nunca sabe se receberá bons itens para vencer sua aventura ou alguns dos piores, prevendo sua derrota. Isso deixa o jogador sempre na ponta da cadeira, tendo que confiar bastante na sua habilidade para suprir um estoque de itens ruins ou para usufruir plenamente de uma inesperada sorte.

Bonitinho, mas escatológico

Graficamente o jogo melhorou bastante em relação ao original, que ainda tinha todo um jeitão de jogo feito em Flash. Rebirth adiciona mais detalhes e efeitos ao jogo, deixando-o mais vistoso. Não impressionará muito no PlayStation 4, mas é um 2D de boa qualidade para o PS Vita.

Dingle ainda consegue ser uma das coisas menos nojentas de The Binding of Isaac: Rebirth (Foto: Divulgação)Dingle ainda consegue ser uma das coisas menos nojentas de The Binding of Isaac: Rebirth (Foto: Divulgação)

Por falar no portátil da Sony, há momentos em que ele não dá conta do recado. Na maior parte do tempo, The Binding of Isaac roda perfeitamente no PS Vita, mas em certas ocasiões, quando há muitos inimigos em tela ou chefes muito grandes, ele fica com uma lentidão desagradável. Normalmente não chega a atrapalhar, mas há locais específicos onde a lentidão é um problema.

O visual do título segue a vibração polêmica de The Binding of Isaac, mostrando desde excesso de violência, com sangue, tripas e fetos, até o escatológico, com fezes, gases, vômitos, entre outros. Não é algo que irá agradar a todos os usuários, até mesmo entre os que possam gostar do resto do jogo.

As músicas são sombrias, passando bem o clima da situação de Isaac e a frieza de seu mórbido porão. Os efeitos sonoros acompanham os gráficos com a intenção de causar desconforto, muitas vezes com grunhidos estridentes.

Polêmico e nojento, The Binding of Isaac: Rebirth não é para todos (Foto: USgamer)Polêmico e nojento, The Binding of Isaac: Rebirth não é para todos (Foto: Divulgação)


Conclusão

The Binding of Isaac: Rebirth faz um bom trabalho em repaginar um clássico dos jogos independentes para a nova geração de consoles, mantendo também toda a polêmica que causou tanto problema em seu lançamento original. Não é um título que agradará a todos, mas que também possui muita qualidade para prender os que gostarem, oferecendo muitos motivos para jogar várias e várias vezes.


Qual o melhor: Xbox Live Gold ou PlayStation Plus?
Comente no Fórum do TechTudo.


Nota TechTudo

NOTA tt
7.5
Gráficos
7
Jogabilidade
8
Diversão
8
Som
7

Prós

  • - Combate simples e acessível
  • - Fases geradas aleatoriamente
  • - Muitos itens para Isaac
  • - Cross-Buy entre PS4 e Vita

Contras

  • - Dificuldade elevada
  • - Tema e visual polêmicos
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Orlando Ribeiro
    2015-01-20T16:17:55

    "Contas - Dificuldade elevada - Tema e visual polêmicos" Quer jogo fácil vai jogar um jogo da Barbie, claro que a revieiw é duvidosa.