Por Elson de Souza; Por TechTudo


O BlackBerry Q10 é um smartphone com tela touchscreen de 3,1 polegadas e que traz de volta os teclados físicos QWERTY. Equipado com o novo sistema operacional BB 10, o aparelho promete ser boa escolha para uso corporativo e também pessoal. No entanto, será que o aparelho da BlackBerry é uma boa opção frente aos concorrentes? Confira o teste completo do TechTudo.

BlackBerry Q10 traz tela touchscreen, teclado QWERTY físico e novo sistema (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Design

O primeiro contato com o BlackBerry Q10 deixa claro que ele é um smartphone com um acabamento quase impecável. Seu tamanho proporciona um encaixe confortável às mãos do usuário e a tela de 3,1 polegadas tem alcance fácil com os dedos, o que facilita a utilização com apenas uma mão proposta pelo sistema.

BlackBerry Q10 tem encaixe confortável às mãos e bom acabamento (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Com um design mais retrô, o aparelho traz ainda um teclado físico QWERTY teclas macias e curvaturas que facilitam a digitação. Os botões de navegação dos antigos aparelhos da marca foram substituídos pelos toques na tela e os controles de volume, bloqueio e comandos de voz foram deslocados para as laterais. No geral, o Q10 é um aparelho ideal para quem não consegue abandonar a digitação em teclados físicos, mas quer experimentar o "mundo das telas touchscreen".

BlackBerry Q10 tem tampa caseira que pode se soltar facilmente (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

A única crítica à construção do Q10 é o encaixe de sua tampa traseira, que destrava ao ser puxada para baixo. Como é muito simples fazer o movimento, é possível que a parte se solte ao ser puxada com mais força do bolso ou até mesmo durante o uso.

Tela

Embora pequeno para os padrões atuais, o Q10 traz um display Super AMOLED de 3,1 polegadas com resolução HD (720p) e densidade de 328 ppi, levemente superior aos 326 ppi do iPhone 5 e sua tela de 4 polegadas. No entanto, o formato quadrado (proporção 1:1) do display promete incomodar, já que muitos aplicativos apresentam imagens distorcidas.

Q10 tem tela quadrada que faz com que alguns apps fiquem distorcidos (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Sistema operacional

O Q10 traz o novo sistema BlackBerry 10, completamente redesenhado e com a proposta de oferecer uma nova experiência para entretenimento, além das ferramentas corporativas. Para isso, o sistema traz aplicativos como o Story Maker para criação e edição de vídeos e uma central de jogos, embora não tenha muitos títulos disponíveis.

Q10 traz novo BlackBerry 10 com design renovado (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

O BB 10 tem navegação bastante fluída e baseada em gestos, mas pouco intuitiva. Para minimizar um aplicativo, deve-se arrastar o dedo da parte inferior da tela para a superior. Para ter acesso as configurações de um app, é necessário fazer o movimento contrário no superior da tela. Já o BlackBerry Hub é acessado a arrastando o dedo do canto inferior para o direito.

BlackBerry Q10 miniza apps com gestos, mas tela pequena atrapalha (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Como o Q10 tem uma tela pequena, um problema incômodo é a constante minimização de aplicativos que dependam de rolagem vertical. Não foram raras as vezes que o Facebook foi fechado enquanto se conferia o feed de notícias, pois a área de toque fica muito reduzida graças à navegação do BB 10.

Q10 traz o novo BlackBerry Hub, que agrupa notificações de apps sociais (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

O novo sistema traz ainda o BlackBerry Hub, uma central de notificações para aplicativos sociais como o BBM, SMS, WhatsApp, Facebook, entre outros. A função é interessante e promete agilizar a vida do usuário, mas pode ficar confusa com o excesso de notificações.

BlackBerry World, a loja de aplicativos do BB 10 (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Como todo o sistema novo, o BB 10 tem poucos aplicativos conhecidos disponíveis na loja BlackBerry World (menos até que o Windows Phone). Para amenizar isso, o sistema oferece uma opção de portabilidade de apps do Android. No entanto, o processo depende de um computador para ser realizado e tem passos pouco intuitivos para um usuário comum.

Desempenho

A dobradinha entre o sistema BB 10 e o Q10 é ótima: o sistema roda liso e sem travamentos. Além disso, o aparelho tem autonomia de 12 horas com moderado e de 24 horas em stand-by. O smartphone traz ainda 16 GB de armazenamento interno, com 4,7 GB ocupados pelo sistema.

BB10 traz atalhos atalhos para as configurações na barra superior (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Câmera

Um dos grandes pontos fortes do Q10 é a sua câmera de 8 megapixels recheada de recursos como tecnologia HDR, detecção de melhor rosto, estabilização e modo Intermitência, que tira várias fotos em sequência. O aparelho faz vídeos em até Full HD e traz recursos como estabilização de imagens.

BlackBerry Q10 tem boa câmera, mas Lumia 920 tem cores mais fiéis (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

No geral, o smartphone da BlackBerry gera fotos com boa qualidade, embora alguns tons fiquem saturados. Além disso, é preciso ficar atento ao usar a câmera pela primeira vez, já que o Q10 sai de fábrica com a proporção padrão 1:1, o que resulta em fotos quadradas.

Multimídia

Ao contrário do seu irmão top Z10, o BlackBerry Q10 vem acompanhado por fones de ouvidos auriculares. Os acessórios têm qualidade mediana, deixando a desejar nos graves. Já os alto falantes do aparelho surpreenderam pela boa qualidade de reprodução, mesmo com volumes mais elevados.

BlackBerry Q10 tem fones razoáveis, mas alto falantes com boa qualidade (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

No quesito reprodução de vídeos, a tela novamente promete incomodar. Como a maioria dos clipes e filmes atualmente possuem formato widescreen, o formato quadrado do display impede um melhor aproveitamento das imagens.

Custo-benefício

A BlackBerry ainda não divulgou o preço do Q10 no Brasil, mas o aparelho deve chegar com um valor bem salgado. O modelo desbloqueado pode ser encontrado por cerca de € 600 lá fora, o que leva a crer que ele custará entre R$ 1,8 mil e R$ 2 mil no Brasil. Mesmo com todas as ferramentas da BlackBerry, é difícil acreditar que o Q10 com esse valor seja uma alternativa mais atrativa do que um iPhone ou Windows Phone 8, sistemas pouco ameaçados malwares.

BlackBerry Q10 (Foto: TechTudo) — Foto: TechTudo

8

Design
9
Desempenho
9
Custo-benefício
6

Prós

  • * Belo acabamento;
  • * Bom desempenho;
  • * Bateria com boa autonomia;
  • * Câmera com recursos úteis;

Contras

  • * Tela quadrada;
  • * Aplicativos distorcidos;
  • * Navegação pouco intuitiva;
  • * Poucos aplicativos;

Mais do TechTudo