Jogos de ação

NOTA tt
10

Review Bloodborne

O medo de morrer atiça a curiosidade e incentiva o jogador a explorar o desconhecido... Veja a análise completa de um dos títulos mais aguardados do ano!

Victor Alcaíde Teixeira
por
em

Bloodborne é o mais novo game desenvolvido pela From Software, a empresa por trás da punitiva série Souls. Lançado exclusivamente para o PlayStation 4, o título mantém o nível de dificuldade elevado que consagrou as obras de Hidetaka Miyazaki, além de introduzir uma jogabilidade mais dinâmica e exigente. Confira as nossas impressões:

Bloodborne terá mais de 40 horas de duração no modo campanha


Quando a morte lhe cai bem

Afinal, para que serve um jogo de videogame? Não, não é preciso refletir muito para que a palavra “divertir” venha à tona. Na época em que o mercado estava saturado de títulos descerebrados, eis que o produtor Hidetaka Myazaki apresentou ao mundo Demon’s Souls, um atípico RPG exclusivo de PlayStation 3.

Review: Bloodborne (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Bloodborne mantém o alto nível de dificuldade (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

O sucesso estrondoso da obra lançada em 2009 não foi por nada. Demon’s Souls tornou-se um clássico instantâneo. O tempo passou, os dois episódios de Dark Souls foram lançados, e a série cultivou uma legião ainda maior de fãs masoquistas.

A morte é, sem dúvida, a marca registrada da From Software. Se por um lado grande parte dos títulos encara a morte como algo natural, um simples deslize, uma mera falta de atenção durante a jogatina, por outro, a série Souls transformou o ato de morrer em uma disciplina que obrigatoriamente deve ser estudada.

Hoje, temos nas mãos Bloodborne. A ausência de exclusivos de peso na biblioteca do console mais recente da Sony contribuiu para sobrecarregar o game com um hype mastodôntico, praticamente imensurável. Será que Bloodborne é, de fato, o system seller que todos esperavam?

Bloodborne é mais um título punitivo da From Software (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Bloodborne é mais um título punitivo da From Software (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)


Morrendo e aprendendo

Depois de morrermos dezenas de vezes, o abate seguinte já estava desenhado na tela. De um lado, um porco colossal permanecia estático, grunhindo, fitando o caçador e se preparando mentalmente para atacá-lo. Do outro, lobisomens quadrúpedes e seres fantasmagóricos gigantes protegiam um enorme portão em uma região aberta envolta por construções rústicas e catedrais góticas. O caçador, com um imenso machado revestido com frases proféticas, brandiu o armamento de forma indolente. É claro: morremos de novo.

Bloodborne literalmente arremessa o indefeso caçador na cidade de Yharnam, uma versão mórbida e deturpada da Era Vitoriana, que parece ter sido influenciada pela Peste Negra. Sem saber o que fazer, tudo o que o jogador tem à disposição são breves orientações gravadas no chão do Sonho do Caçador, que servem para explicar como os comandos mais simples funcionam na prática.

Não há sequer um tutorial explicando conceitos básicos. Inclusive, você precisará se virar nos trinta para descobrir qual é o próximo destino do personagem, visto que não existem mapas para orientá-lo.

Descubra o seu próprio caminho (Foto: Reprodução/Victor Teixeira) (Foto: Descubra o seu próprio caminho (Foto: Reprodução/Victor Teixeira))Descubra o seu próprio caminho (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)


O local seguro do personagem é conhecido como Sonho do Caçador. Lá, é possível presenciar enigmáticos monólogos, realizar melhorias com ecos de sangue, fortificar armas, gerenciar, comprar e vender itens etc. A localidade é cercada por lápides e altares, que transportam o jogador para outros distritos e dungeons de Yharnam.

Bloodborne é um jogo de ação em terceira pessoa com elementos de RPG, que foi influenciado pela mesma fonte de Dark Souls. Contudo, os fãs experientes da série Souls precisarão deixar os escudos de lado, já que aqui a melhor alternativa é se esquivar. O game apresenta o combate mais rápido e dinâmico já criado pela From Software, transparecendo até uma certa influência do gênero Hack n’ Slash.

Em Bloodborne, o caçador deve munir-se de armas de fogo - que são muito úteis em diversos boss, já que conseguem interceptar ataques - e um armamento de ataque corpo a corpo. O número de armas presentes no arsenal não é grande, mas todas são bem variadas, possuindo características e transformações únicas.

Personalize o seu caçador com armas e acessórios (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Personalize o seu caçador com armas e acessórios (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Além do mais, utilizando o botão L1, o jogador consegue transformar a arma em outro item mortal. No caso do armamento escolhido durante os testes, optamos por um bastão que, através do botão de transformação, foi transmutado para um chicote bastante eficaz.

A mecânica de batalha é extremamente violenta, fluida e precisa, deixando até a jogabilidade de Dark Souls na saudade. Na verdade, o sofrimento de não conseguir passar por um boss, por exemplo, é amenizado pelo combate viciante, responsivo e recompensador.

Paciência também é uma virtude em Bloodborne. Porém, ficar na defensiva normalmente custa caro. Por possuir um gameplay veloz, o título exige que o protagonista se movimente a todo momento para não levar a pior. Atuar na ofensiva pode, inclusive, restabelecer os pontos de vida. Uma vez que você leva dano, há um curto período de tempo (a barra de vida fica laranja) para contra-atacar o inimigo. Sendo assim, a quantidade de HP drenada poderá ser recuperada.

Enquanto muitos títulos induzem o jogador a “farmar” através de um processo entediante, Bloodborne faz o nível de dificuldade elevado ser a maior motivação para repetir a mesma ação inúmeras vezes. Não existem áreas seguras em Yharnam e, por isso, a sensação de desconforto é amplificada a cada mísero centímetro descoberto, o que acaba sempre renovando a experiência. O medo de morrer atiça a curiosidade e incentiva o jogador a explorar o desconhecido.

O medo de morrer incentiva o jogador a explorar o desconhecido (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)O medo de morrer incentiva o jogador a explorar o desconhecido (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

No decorrer da macabra jornada, o caçador vai acumulando ecos de sangue para melhorar equipamentos e aprimorar certos atributos, como vitalidade, perícia etc. Depois de morrer, todos os ecos são perdidos e, para recuperá-los, é necessário revisitar o local da morte. Os seus pontos podem estar no chão ou ainda guardados com a aberração que conseguiu destroçá-lo.

Manter-se cauteloso não é uma necessidade, mas sim uma obrigação. Afinal, morrer com frequência certamente fará o jogador empacar na trama, uma vez que ele não conseguirá recuperar os ecos para tornar o caçador mais forte. Não se engane: Bloodborne pode fazê-lo andar em círculos por inúmeras horas. A sensação de estar estacionado fica explícita ao enfrentar um ardiloso inimigo, que consegue aniquilá-lo com apenas um golpe.

Punitivo e prazeroso

Se até aqui Bloodborne aparenta ser um jogo difícil, saiba que ele realmente é. Talvez não tanto quanto Demon’s Souls ou o primeiro Dark Souls, mas ainda assim é um game que pune de todas as maneiras os adeptos à covardia.

Bloodborne é extremamente recompensador. É difícil descrever uma custosa vitória diante de um boss que tomou mais de cinco horas do seu precioso tempo. Uma das sensações mais agonizantes do game é, sem dúvida, quando um monstro assume uma nova forma em um embate praticamente dado por vencido. Perdemos as contas de quantas vezes morremos para a segunda variação dos chefões, que nos surpreenderam com movimentos aterrorizantes.

Prepare-se mentalmente para épicas batalhas (Foto: Reprodução/Victor Teixeira) (Foto: Prepare-se mentalmente para épicas batalhas (Foto: Reprodução/Victor Teixeira))Prepare-se mentalmente para épicas batalhas (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)


História para quê? O conto de Bloodborne, que é intencionalmente mal contado, é um mero coadjuvante em meio aos confrontos épicos contra exímias aberrações.Tudo que se sabe é que a cidade de Yharnam foi afetada por uma misteriosa praga, capaz de metamorfosear boa parte da população. Humanos viraram bestas que desfilam deformidades, e bestas tornaram-se aberrações indômitas. Poucos caçadores sobreviveram.

Cooperativo entre até 3 jogadores

Cansou de morrer no modo offline? Então, chame os amigos ou jogadores aleatórios para ajudá-lo em um determinado trecho da campanha. Pediu para sair em uma dungeon gerada randomicamente? Não tem problema! Os seus parceiros de batalha poderão distrair os inimigos, enquanto você cumpre determinado objetivo, como ativar uma alavanca.

Durante os testes, os servidores estavam indisponíveis. Portanto, não foi possível analisar a estabilidade do modo cooperativo. Especialmente no NG+, que é habilitado após o término do modo história, a ajuda de outros jogadores deve ser indispensável.

Bloodborne possibilita partida cooperativa entre até três jogadores  (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Bloodborne possibilita partida cooperativa entre até três jogadores (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)


O macabro também é belo

Bloodborne é um dos jogos mais belos do console mais recente da Sony. Isso é facilmente compreendido, já que ele foi criado para uma única plataforma, explorando apenas o hardware do PlayStation 4. Tudo é lindo e digno de ser ressaltado. Além disso, é preciso destacar os impressionantes efeitos de iluminação, capazes de gerar ambientes góticos exuberantes, com corpos em decomposição refletindo a luz da Lua.

O trabalho de arte é macabro e consegue embelezar a podridão do universo assolado pela misteriosa epidemia. Na parte sonora, o game da From Software é quase um jogo de horror, com gemidos, grunhidos e barulhos indescritíveis, que transcendem os limites do sinistro. Além disso, o game está disponível no Brasil totalmente em português.

Conclusão

Bloodborne proporciona uma experiência hardcore assustadoramente imersiva. Com um sistema de combate perfeito e a típica dificuldade elevada da série Souls, a nova franquia da From Software comprova o que todos nós já sabíamos: a fórmula de punir o jogador com os próprios erros continua dando certo.

Qual o chefão mais difícil de Dark Souls? Comente no Fórum do TechTudo!

Nota TechTudo

NOTA tt
10
Gráficos
10
Jogabilidade
10
Diversão
10
Som
10

Prós

  • Atmosfera aterrorizante
  • Jogabilidade fluida e veloz
  • Efeitos sonoros macabros
  • Combates épicos
  • Punitivo e recompensador
  • Ambientes imersivos
  • Coop entre até três jogadores

Contras

  • Não há
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Felipe
    2019-01-01T00:19:47

    Concordo totalmente, estou no meio do jogo, ele é tudo isso é mais um pouco. Jogo mto top.

  • Flávio Costa
    2018-04-04T17:50:44

    Um dos melhores jogos de PS4. Se você gosta da série "souls" e de sua dificuldade desafiadora, vai fundo! Eu só não concordo tanto no quesito gráfico, poderia sim ter um visual melhor. Porém isso é um detalhe ínfimo, perto da grandiosidade dessa obra-prima.

  • Onçaem Caldas
    2015-03-26T20:52:03  

    10 MINUTOS DE GAME E NAO VI NADA DE MAIS ALEM DE MONSTRO SO MAL DESENHADO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ESSES CONSOLISTAS KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    recentes

    populares

    • Onçaem Caldas
      2015-03-26T20:52:03  

      Pra zerar , precisa de umas 100 horas, vc jogou 10 minutos ? ta de brincadeira

  • Maykro Garro
    2017-05-11T21:05:57  

    Jogo espetacular , jogabilidade , armas , personagem, graficos, monstros, local, chefões , jogo de verdade , jogabilidade e desafios espetaculares nota 10

    recentes

    populares

    • Maykro Garro
      2017-05-11T21:05:57  

      BOM DEMAIS !!!! SEM CONTAR QUE É UM DOS MAIS DIFICEIS QUE JA JOGUEI

  • Maykro Garro
    2017-05-11T21:03:16

    10

  • Renato Carlos
    2015-03-26T14:48:36  

    Na boa, pra se dar uma nota 10 em todos os quesitos o bagulho tem que ser muito mas muiiiiiito bom mesmo. to achando que o caboclo que fez essa matéria se empolgou demais no jogo e viajou na maionese

    recentes

    populares

    • Renato Carlos
      2015-03-26T14:48:36  

      Oswaldo, Impossível agradar a gregos e troianos :)

    recentes

    populares

    • Renato Carlos
      2015-03-26T14:48:36  

      Victor e Renato, eu estou jogando o Bloodborne e até a parte que estou posso afirmar que o jogo é 10/10 em tudo , os gráficos apavoram em tantos detalhes em coisas que não fariam diferença (dobradiça da catedral) . A jogabilidade , as Quests paralelas que muita gente nem conhece, roupas e armas ... Gostei tanto do jogo que vou Platinar, e o fato de você poder jogar com amigos ou apenas ajudar alguma pessoa aleatória é fora de serio ! baita jogo mesmo !

  • Vitor Figueiredo
    2015-04-10T10:37:57

    comprei um ps4 o jogo tinha acabado de lançar , me joguei e foi o primeiro jogo que comprei ... valeu cada centavo , nao me arrependo e ate hoje só tenho esse jogo e ó vou comprar outro qunado terminar esse , muito viciante e desafiador .

  • Paulo Santiago
    2015-03-26T11:37:50  

    O visual é realmente de cair o queixo. O problema é que esse jogo é uma cópia de Dark Souls... Os sons, a jogabilidade, a ambientação e até mesmo a história remetem ao jogo da Bandai e mesmo com esses gráficos, não consegue chegar perto dele, sendo até cansativo e monótono em alguns momentos. Vai ser difícil criar uma identidade assim... Pra quem já jogou o Demon e os dois Dark Souls, Bloodborne é um aperitivo pra passar o tempo enquanto não fazem o próximo. Pra quem nunca jogou e tem um PS4, é um exclusivo legal e com gráficos belíssimos pra fazer inveja a um fã do Xone. Mas eu me decepcionei

    recentes

    populares

    • Paulo Santiago
      2015-03-26T11:37:50  

      Paulo Santiago estou até começando a duvidar da sua sinceridade, pós a ambientação de Bloodborne é totalmente diferente, são épocas diferentes, por isso não tinha nem como ter armaduras e escudos, compare as cidades, em DS é apenas vilas de 5 barracos no fim do mundo, o jogo ta mais sombrio, história é bem diferente, os gráficos e jogabilidades estão melhores você queria mais o que? quer um jogo mais diferente que isso? então vai jogar Pou no celular. Engraçado que a Serie DS não se popularizou como deveria por serem bons e multiplataforma, mas com Bloodborne as coisas parece que vai mudar.

    recentes

    populares

    • Paulo Santiago
      2015-03-26T11:37:50  

      Flavio Fujita eu tenho meus motivos pra ficar desapontado e já falei quais foram aqui, se você não concorda, como a maioria não concorda, e maioria que eu digo é o mundo todo, eu não posso fazer nada. Eu me decepcionei. O jogo não é ruim, longe disso, mas tem a cara cuspida e escarrada de Dark Souls aceite você ou não. Os fãs de DS gostaram, mas eu apesar de gostar bastante do Dark Souls não sou fã, então pode ficar tranquilo que eu sou a minoria. E francamente não me importo com isso. Desculpa se eu gosto de originalidade...

  • Darlan Bombazar
    2015-03-26T16:00:31  

    a mesma qualidade grafica do GOW2 do ps2, não evoluiu nada comprado com graficos antigos.

    recentes

    populares

    • Darlan Bombazar
      2015-03-26T16:00:31  

      Marcus Silva to falando de graficos mesmo, to falando da beleza das imagen s do jogo que ta a mesmo de GOW2

    recentes

    populares

    • Darlan Bombazar
      2015-03-26T16:00:31  

      mas comparar com god of war 2 é brincadeira né amigo. Compare com god of war ascension, aí sim. Mas essas comparações são desnecessárias, bloodborne pra mim tem sua identidade única.

  • Juninho Rodrigues
    2015-03-30T12:09:43

    ja vi o BRKsEDU joga no youtube parece bom

  • João Henrique
    2015-03-26T12:19:36  

    fica aqui registrado o meu CHUPA fanboys do xbox

    recentes

    populares

    • João Henrique
      2015-03-26T12:19:36  

      Pra para com essa discussão chamo o Carlos e o Antonio pra briga pq sou contra a violência... Vou dar porrada nos dois para aprenderem a serem pacíficos... rsrs

    recentes

    populares

    • João Henrique
      2015-03-26T12:19:36  

      Pedro kkkkkkkkkkk pô meu o cara quer dar uma de Moisés da internet com os 10 mandamentos doq pode e n pode ser dito nos comentários. Mas tudo na paz.

  • Snake Plisken
    2015-03-26T14:24:35

    Porque todos os jogos são parecidos? Parece um mistura de devil may cry com god of war! Agora todos os jogos são assim, tô fora! Próximo!

  • Braga
    2015-03-26T23:43:57  

    Excelentes gráficos, a arte está incrível, um som está ótimo também. Mas não vi grandes avanços na jogabilidade. Bater na perna de uma criatura gigante por 10 minutos, e quebrar itens pelo cenário não é nada demais. Eu daria 7 em jogabilidade; Quanto a diversão, isso vai do gosto de cada um, eu daria 9.

    recentes

    populares

    • Braga
      2015-03-26T23:43:57  

      bate na perna? vc jogou? vc nao consegue dar muitos golpes e nem todos Boss são gigantes, esse jogo e um desafio a cada monstro que vc encontra pelo caminho um vacilo vc morre

    recentes

    populares

    • Braga
      2015-03-26T23:43:57  

      Eu joguei a demo, e achei parecido com o Darksiders. Talvez esse jogo seja desafiador pra quem não joga muito.

  • Oswaldo
    2015-03-27T09:21:36

    Parece ser um RE1 querendo ser um GOW

  • Fabio Guastaferro
    2015-03-27T11:10:44

    Me deu vontade de jogar Dark Souls.

  • Carlos Schneider
    2015-03-27T10:45:02

    E vc ai q fala mal do jogo sem ter jogado, baseado em vídeo vende seu game e só assiste gameplay então. É o tal do especialista de gameplays de youtube, nunca jogou tal coisa, só vê os outros jogarem e quer dar opinião.

  • Carlos Junior
    2015-03-27T10:23:56

    Me lembrou Devil May Cry.

  • Pedro
    2015-03-27T09:12:51

    ATENÇÃO! AVISO DE SPOILER! Você vai morrer nesse jogo...

  • Laz Trevas
    2015-03-26T15:05:45  

    Só o preço aqui no Brasil podia ser mais camarada... 180 contos na store é de doer!

    recentes

    populares

    • Laz Trevas
      2015-03-26T15:05:45  

      Cara, agradeça por ter saído por 180 pila, pq os jogos novos (BF Hardline por exemplo) estão chegando a 250. Esse foi fabricado no Brasil. Ah, e você acha esse jogo por 139 no MercadoLivre. Abraços

    recentes

    populares

    • Laz Trevas
      2015-03-26T15:05:45  

      Store? MercadoLivre na cabeça, como disse o Lucas Fragueiro. Comprei a mídia física por 150, chegou de um dia pro outro...

  • Nicolas Basilio
    2015-03-27T08:59:56

    O jogo é realmente estupendo! Tudo o que se esperava da série, inclusive as novidades estão aí! Não entendo o pessoal que fala que não viu inovação na jogabilidade, só podem não ter jogados os outros... somente o fato de não haver escudos no jogo, ja torna a movimentação diferente, o boneco está mais ágil, é muito mais fácil e rápido se esquivar e rolar, o combate aprimorou muito com o uso de armas, podendo dar stunning nos inimigos. De resto, concordo com a matéria, só acho que um 9 estaria de bom tamanho.

  • Estevao Santos
    2015-03-27T08:47:56

    O JOGO E PERFEITO!

  • Daniel Panes
    2015-03-27T07:06:20

    Lembranças do meu 3DS e de toda diversão que meu querido Mario Bros gera !

  • Henrique Guedes
    2015-03-26T11:48:27  

    Realmente o jogo deve ser ótimo, principalmente por se tratar de um exclusivo.. mas receber nota 10 ? Isso não é de mais não ? O jogo tem que ser perfeito pra receber esse tipo de nota

    recentes

    populares

    • Henrique Guedes
      2015-03-26T11:48:27  

      tb acho, forçaram muito com o 10. Não tem nada demais nele

  • Oswaldo
    2015-03-27T01:27:06

    Olha, desculpa mas eu não vi nada demais nesse video.

  • Alexandre Delfino
    2015-03-26T19:50:16

    Enquanto vcs ficam com essa guerrinha xbox vs ps4 eu curto meu emulador de Atari no meu Pentium 4