Jogos de aventura

NOTA tt
9.0

Review Brothers: a Tale of Two Sons

Trama de altíssima qualidade e jogabilidade inovadora são destaque do game para PS3, 360 e PC. Leia nossa análise.

Murilo Molina
por
em

Brothers: a Tale of Two Sons é um jogo de aventura da Starbreeze Studios lançado para Xbox 360, PS3 e PC. Inovador em suas mecânicas e jogabilidade e movido por uma história absolutamente memorável, o game chega como uma das maiores surpresas de 2013. Leia nossa análise completa:

Brothers: A Tale of Two Sons é diferente e incrível (Foto: Divulgação) (Foto: Brothers: A Tale of Two Sons é diferente e incrível (Foto: Divulgação))Brothers: a Tale of Two Sons (Foto: Divulgação)

Irmãos até o fim

Brothers  conta a emocionante história de dois irmãos em uma aventura em busca da cura para uma grave doença de seu pai. A trama é simples e sem grandes reviravoltas, mas usa do forte laço entre os personagens para passar uma mensagem tocante.

Diferente do que se possa imaginar, Brothers não é um jogo cooperativo multiplayer. Os dois irmãos são controlados por um só jogador, que usa as alavancas analógicas para movimentar os personagens de forma independente e simultânea.

Apesar de interessante e engenhosa, a jogabilidade é bastante complicada, especialmente nos momentos iniciais do jogo, quando é difícil realizar até tarefas simples, como andar em linha reta ou fazer pequenas curvas.

Além da movimentação dos personagens usando os analógicos, o jogo tem apenas mais um comando – um botão de ação, posicionado nos gatilhos superiores de cada um dos lados. Com ele, são realizadas todas as funções do jogo, como interagir com outros personagens, cenários e objetos.

Momentos tensos fazem parte do cardápio de fortes emoções de Brothers (Foto: Reprodução)Momentos tensos fazem parte do cardápio de fortes emoções de Brothers (Foto: Reprodução)

Inteligência dupla

A grande sacada de Brothers fica na genialidade das mecânicas inseridas na campanha, que fazem excelente uso dos controles independentes dos personagens, adicionando dinamismo às tarefas.

Os irmãos têm algumas características únicas, como a força do mais velho, que consegue puxar alavancas mais pesadas, e a agilidade do mais novo, que tem facilidade em passar por espaços apertados e subir em locais altos com um empurrão. Todas as particularidades são exploradas das mais variadas formas, transformando a curta campanha em uma experiência incrivelmente variada e recompensadora.

É impossível não sorrir a cada novo desafio, sempre encantadoramente criativos e funcionais, sem nunca perder a pegada do jogo. A maioria consiste em quebra-cabeças, onde é preciso encontrar o papel de cada um dos irmãos na resolução.

Trabalho em equipe é necessário para avançar em Brothers (Foto: Reprodução)Trabalho em equipe é necessário para avançar em Brothers (Foto: Reprodução)

Mudo e belo

Toda a comunicação entre os protagonistas e personagens do jogo é feita em uma língua fictícia, sem nenhum tipo de texto ou voz compreensível. Graças ao forte carisma dos irmãos, entretanto, é possível distinguir com facilidade as mensagens e até a personalidade de cada um deles.

Os gráficos partem para um estilo mais caricato e simples, mas nem por isso deixam de ter o seu charme. Os diversos ambientes, sejam campos nevados, florestas ou calabouços são bem construídos e coloridos em um estilo bonito e bem específico. Infelizmente não se pode dizer o mesmo dos irmãos, que receberam pouquíssimo cuidado na modelagem. Mãos duras, animações modestas e truncadas e rostos praticamente estáticos, sem a menor sincronia labial ou dos olhos.

A campanha principal, único modo do jogo, não dura mais de três horas, o que pode ser considerado curtíssimo, mesmo para um jogo de aproximadamente R$ 30. Mesmo assim, a história consegue ser arrematada de forma natural e “suave”.

Conclusão

Brothers: a Tale of Two Sons chegou de fininho para se tornar uma das melhores opções do ano. Diferenciado em aspectos importantes, como na jogabilidade inovadora e mecânicas inteligentíssimas, o jogo ocupa um espaço especial entre os diversos lançamentos de 2013.


Veja no nosso fórum: Como montar um bom PC gamer gastando R$ 1.000.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
8
Jogabilidade
8
Diversão
10
Som
9

Prós

  • - Jogabilidade inovadora
  • - História comovente
  • - Bela ambientação
  • - Desafios inteligentes

Contras

  • - Visual modesto dos personagens
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Laura Dias
    2015-01-08T12:13:14

    é um jogo muito mais adiante!

  • Zandon Santos
    2014-01-20T16:05:06

    achei espetacular esse jogo, nunca tinha jogado nada parecido!

  • Renato Pereira
    2013-09-23T12:29:50

    Obrigado, Indies! Sempre renovando minha fé nos jogos! Já fiquei novamente com vontade de voltar a fazer jogos...

  • Murilo Carvalho
    2013-09-21T15:41:36

    ótimo jogo, pena que tem poucas horas de jogo. mas dúvido que seja só duas horas como o amigo abaixo falou, mais eu gastei mais algumas hora pra zerar todos troféus, que são bem fáceis (XBOX360) não sei como tá no PS3.

  • Willy Reis
    2013-09-20T22:10:15

    Exelente jogo em menos de 2 horas terminei porem ha muito tempo não havia jogado algo tão bom, o controle do jogo é algo sensacional e inovador realmente, e cuidado se vc entrar na historia do jogo.... o final é arrazador. recomendo a todos.

  • federal
    2013-09-20T20:14:50

    Ótimo jogo

  • Carlos Junior
    2013-09-20T16:39:54

    Muito legal mesmo!!!!!! Nota 10!!!!!!!!

  • Alexandre Sales
    2013-09-20T15:48:05

    Joguei a DEMO com os meus filhos e nós adoramos o jogo!!! Uma parte da DEMO você precisa colocar um Carneiro para andar em uma roda de madeira, para ele baixar a ponte, assim os irmãos conseguirem passar, foi muito legal!!!! Há muitos desafios legais! Realmente um jogo super inteligente!!! Vale a pena!!!!