Jogos de aventura

NOTA tt
8.0

Review Burger Time: World Tour

Certos clássicos precisam ser relembrados, às vezes, até mesmo para saber se aqueles óculos rosados da nostalgia não o fazem parecer melhores do que realmente eram na época. Na minha infância, um dos jogos que mais me divertiam era BurgerTime...

Pedro Giglio
por
em

Nome: Burger Time: World Tour
Gênero: Aventura
Distribuidora: Konami / Monkey Paw Games
Plataformas: PC, PlayStation Network, WiiWare, Xbox Live Arcade

Burger Time: World Tour (Foto: Divulgação)Burger Time: World Tour (Foto: Divulgação)

Certos clássicos precisam ser relembrados, às vezes, até mesmo para saber se aqueles óculos rosados da nostalgia não o fazem parecer melhores do que realmente eram na época. Na minha infância, um dos jogos que mais me divertiam era BurgerTime. Lançado em 1982 pela Data East, este tinha um pouco daquele clima surreal dos jogos da época: um cozinheiro que precisava montar hambúrgueres gigantes enquanto fugia de ingredientes ambulantes e raivosos. 

Vinte e nove anos depois do original, a Konami assume o timão e o revisita em BurgerTime: World Tour. Primeira produção da Monkey Paw Games, a nova aventura mantém a premissa original e a aprimora para as atuais gerações, levando o cozinheiro Peter Pepper (no caso do Xbox 360, a versão testada, também é possível usar o próprio Avatar do jogador) a enfrentar mestres-cucas rivais mundo afora, indo de Nova York a Tóquio, passando por Paris e pela Cidade do México, preparando sandubas que remetem às culinárias locais.

Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)

Para quem viveu sob uma rocha ou não pegou a época do original - ou mesmo das sequências - a mecânica conhecida continua: caminhe sobre os ingredientes dos sanduíches nas platafomas para empurrá-las em direção ao prato (a Vigilância Sanitária teria um dia cheio). Os ingredientes vivos - ovos, cenouras e picles, só para começar - tentam de tudo para atrapalhá-lo. Para resolver o problema, basta tonteá-los com pimenta e derrubá-los junto com enormes rodelas de tomate ou mesmo bater neles com uma escumadeira.

Felizmente, houve uma incrementada geral no game, tanto na mecânica de jogo, quanto na apresentação visual. Em vez de ter apenas o pimenteiro - perfeito para atordoar os inimigos e derrubá-los junto com a metade da broa -, itens novos também dão variedade ao jogo, como a escumadeira e o foguete... este, perfeito para fases com grandes áreas verticais para explorar e poucas plataformas.

Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)

O que nos leva a outro elemento bacana do jogo: o design de fases deixou de ser apenas plataformas e escadas. Assoalhos que quebram, esteiras rolantes, trampolins etc - sem apelar para o “3D pelo 3D”. Embora o visual do jogo seja tridimensional, as fases 2D são dispostas em torno de uma coluna, o que funcionou bem para  a experiência como um todo. Como se isso não fosse o suficiente, ainda há modo multiplayer, para até quatro jogadores, seja por tela dividida, ou online.

A apresentação visual do jogo é boa, mesmo que as intermissões animadas sejam meio feiosas - os modelos de personagem do jogo em si não parecem tão bacanas , quando vistos bem de perto. A trilha sonora, esperadamente, é uma reinvenção do tema original - com direito a alguns fraseados imitando os timbres da época, além do jingle clássico de morte do personagem. Este você vai ouvir um bocado quando jogar.

Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)Burgertime: World Tour (Foto: Divulgação)

 

Conclusão

BurgerTime: World Tour é uma boa pedida para fãs de jogos arcade. Se você curtia o original, prepare-se para abrir um sorriso na hora de revisitar a fórmula e ver como a nova versão mantém o que havia de legal na antiga e a adapta bem à realidade dos jogos vendidos por download hoje em dia. Embora possa soar estranho para quem não conhece, montar hambúrgueres gigantes enquanto foge e luta contra ingredientes vivos e revoltados continua divertido. Embora as intermissões não pareçam tão bacanas quanto o jogo em ação, é um bom passatempo, tanto para jogar solo, ou com os amigos.

 

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Gráficos
7
Jogabilidade
8
Diversão
8
Som
7

Prós

  • - Fórmula original melhorada
  • - Adaptação ao jogos atuais
  • - Apresentação visual simpática
  • - Multiplayer para até quatro

Contras

  • - Cutscenes das visões de perto
  • - Esquecer que o pepino pula
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jessica Oliveira
    2012-12-17T11:14:32

    Algum site ou lugar que tem pra vender esse jogo? No maketplace (Xbox) diz que n é disponível pra região...