Jogos de ação

NOTA tt
7.0

Review Call of Duty: Strike Team

Com uma proposta diferente, Strike Team oferece estratégia e FPS em um só pacote. Contudo, o game traz uma campanha enfadonha e sem modo multiplayer online.

Dário Coutinho
por
em

Call of Duty: Strike Team  é o terceiro jogo de Call of Duty a ser lançado para iOS. Depois de Call of Duty World at War Zombies e Black Ops Zombies, Strike Team tenta agradar jogadores casuais e hardcores. É um dos jogos mais diferentes da franquia, mas será que ir tão longe nas “raízes” da série é uma boa ideia?

Call of Duty: Strike Team (Foto: Reprodução / Dario Coutinho) (Foto: Call of Duty: Strike Team (Foto: Reprodução / Dario Coutinho))Call of Duty: Strike Team (Foto: Divulgação)

Jogabilidade inovadora

Não há como negar que Call of Duty: Strike Team traz inovação. No game, jogadores podem utilizar dois tipos de “visão”, uma em primeira pessoa e outra com visualização a partir do alto. Neste modo com visão aérea, é possível controlar os soldados tocando e arrastando para posicioná-los em locais estratégicos.

O confronto é automático e o jogador escolhe se será utilizada arma de fogo ou arma branca. Caso, deseje tomar conta do confronto, isso também é possível, bastando apenas um toque no botão virtual para mudar para a visão em primeira pessoa.

Parece algo simples, mas o grande destaque de Call of Duty: Strike Team é a possibilidade de alternar a qualquer momento entre os dois modos. Isso deixa o jogo muito mais dinâmico, inclusive na parte estratégica, que geralmente é em turnos nos principais jogos do estilo na App Store. Graças à facilidade com que utilizamos comandos de arrastar objetos nos smartphones e tablets, comandar os soldados utilizando essa jogabilidade chega a ser mais divertida do que utilizar o modo em primeira pessoa.

Gráficos Medianos

Graficamente, Call of Duty: Strike Team não oferece uma qualidade que acompanha os jogos atuais para iPhone e iPad.  O game tem gráficos medianos, com visual que parece com o de jogos lançados em 2011. Essa impressão é forçada ao comparar o jogo com o popular Modern Combat 4: Zero Hour, jogo lançado pela Gameloft a quase um ano. Strike Team perde para o concorrente em qualquer aspecto visual.

Tiroteio em Call of Duty: Strike Team não empolga (Foto: Divulgação)Tiroteio em Call of Duty: Strike Team não empolga (Foto: Divulgação)

Apesar da qualidade gráfica não ser surpreendente, Call of Duty: Strike Team possui requisitos técnicos altos. O jogo não roda no iPhone 4 e iPod Touch de 4ª geração. A limitação pode ter sido causada pela transição entre os modos FPS e estratégia. Essa mudança é instantânea e nos modelos antigos poderia ficar prejudicada.

Sem Multiplayer Online

Algumas das características mais marcantes dos atuais jogos de Call of Duty são os seus modos multiplayer online. Neles, usuários gastam muitas horas jogando sem parar. Com isso, não deixa de ser frustrante perceber que este é o terceiro Call of Duty para iOS sem qualquer possibilidade de jogabilidade online.

Infelizmente Call of Duty: Strike Team não possui nenhum modo online. O game conta com apenas dois modos básicos, campanha e sobrevivência. A interface para acessar os modos é confusa e pode acontecer do jogador selecionar o modo sobrevivência sem querer e quando menos perceber, está em uma fase sem fim.

Campanha chata

Call of Duty: Strike Team  traz uma das melhores ideias já vista em jogos de tiro para iOS. A junção de estratégia e FPS em um só jogo, sem restrições, permitindo ao jogador escolher como quer interagir com o jogo é algo inovador. Porém, os desafios que se apresentam tendem a minar essa boa impressão inicial. O tiroteio é um dos principais problemas do jogo. Os comandos funcionam perfeitamente, mas o combate é mecânico, limitado e repetitivo.

Jogo permite alternar entre visão aérea e em primeira pessoa (Foto: Divulgação)Jogo permite alternar entre visão aérea e em primeira pessoa (Foto: Divulgação)

No modo “estratégia”, com a visão a partir do alto do cenário, o game lembra Metal Gear Solid para PlayStation One, pois o jogador tende a ser mais furtivo. Porém, as fases são muito extensas e a frustração de ser descoberto exige a repetição exaustiva de muitos desses estágios. Novamente, o problema está em como o jogo ficou “mecânico” e, consequentemente, entediante.

Conclusão

A comparação com Modern Combat 4, da Gameloft, é inevitável. E nesse processo, com ambos os jogos custando quase o mesmo preço, Call of Duty deixa muito a desejar. A jogabilidade, apesar de interessante, frustra o jogador mais do que agrada, além de não entregar um tiroteio intenso e divertido. Com diversas opções de jogos de tiro na App Store, várias gratuitas, fica difícil recomendar Call of Duty: Strike Team.


Quais os melhores jogos para iOS? Comente no nosso fórum.

Nota TechTudo

NOTA tt
7.0
Gráficos
7
Jogabilidade
6
Diversão
5
Som
7

Prós

  • - Proposta inovadora
  • - Jogabilidade acessível
  • - Ações furtivas

Contras

  • - Missões enfadonhas
  • - Sem modo multiplayer
  • - Preço elevado
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Hu3 Br
    2013-09-28T11:33:37

    A série CoD já deixou a desejar há ANOS tanto o PC, quanto no Console e agora falha no Celular tbm...É a vida....