Jogos de RPG

NOTA tt
5.0

Review Conquest of Champions

Um game com um visual fraco, mas que combina gêneros diferentes de maneira satisfatória e oferece instigantes partidas online. Veja a análise completa de Conquest of Champions.

Daniel Ribeiro
por
em

Conquest of Champions é um dos mais novos títulos gratuitos disponibilizados pela plataforma Steam. Combinando a dinâmica e a jogabilidade de jogos de estratégia por turnos com uma estrutura de carde game, e uma temática medieval fantástica, o jogador poderá escolher até dois heróis de três classes diferentes e enfrentar os combates das missões de treinamento do game ou outros jogadores em partidas online.

Copa do Mundo Fifa 2014: aprenda a personalizar a dificuldade do game

Em Conquest of Champions o jogador irá encontrar uma interessante combinação de estratégia e card game (Foto: Divulgação/ Kihon Inc.)Em Conquest of Champions o jogador irá encontrar uma interessante combinação de estratégia e card game (Foto: Divulgação/ Kihon Inc.)

A cada turno o jogador receberá cartas de recursos, armas, equipamentos, totens, feitiços ou unidades que estão em seu deck, podendo utilizá-las de acordo com seus pontos de ação e com a quantidade de minerais coletados.

Com um cenário apresentando como se fosse um tabuleiro, os jogadores poderão dispor suas unidades pelo mapa e movê-las, ordenar ataques e equipá-las com seus itens. O vencedor da partida será aquele que eliminar o herói do adversário e destruir os dois santuários (“Shrine”) inimigos primeiro.

Enredo e partidas

Conquest of Champions colocará o jogador em um universo fantástico onde três classes estão em guerra: os anões guerreiros e construtores do clã Stonehold, os Elfos e seres da floresta conhecidos como Briarwood e os demônios e mortos-vivos chamados de Embercult.

O jogador poderá escolher entre três classes diferentes, cada uma com dois heróis especiais (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)O jogador poderá escolher entre três classes diferentes, cada uma com dois heróis especiais (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Todas as facções terão dois heróis e diversas cartas de feitiço e unidades específicas, deixando os combatentes livres para administrar a disposição de suas tropas e coletar os recurso específico de sua classe, que poderá ser de cor verde (Briarwood), amarela (Stonehold) ou roxa (Embercult).

Apesar do game possuir uma riqueza na separação e distinção de cada grupo em conflito, não há enredo ou embasamento para a sua história, limitando o jogador a algumas explicações nos textos informativos de certas cartas.

Oferecendo uma variedade de mais de 100 cartas, em Conquest of Champions o jogador terá baralhos com belas lustrações (Foto: Reprodução/Daniel RibeiroOferecendo uma variedade de mais de 100 cartas, em Conquest of Champions o jogador terá baralhos com belas lustrações (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro

Essa característica de Conquest of Champions somada com as poucas opções de partidas para um jogador, que se limitam ao tutorial e aos treinos contra cada herói, reforçam a intenção dos desenvolvedores em deixar os jogadores focados na modalidade de combates online.

Ao longo de suas partidas, o game irá proporcionar créditos, que poderão ser gastos na compra de novos decks, e pontos de experiência, que desbloqueiam novas cartas quando o jogador aumenta de nível. Além disso, há bonificações especiais para aqueles que vencerem as partidas, como grandes quantias de créditos, pontos de experiências extras e cartas especiais.

Ao final dos combates o participante vencedor receberá bonificações em pontos de experiência, créditos e cartas (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Ao final dos combates o participante vencedor receberá bonificações em pontos de experiência, créditos e cartas (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)


Visual e efeitos sonoros

Com uma interface pouco intuitiva e nada prática, as partidas de Conquest of Champions podem deixar os novatos bastante perdidos e frustrar os jogadores mais experientes com a falta de objetividade e os quadros informativos que cobrem os mostradores.

Além disso, apesar de o game contar com excelentes ilustrações em suas cartas, o visual de suas partidas é muito pouco trabalhado, exibindo animações, cenários e modelos gráficos poucos trabalhados e extremamente rudimentares.

As partidas de Conquest of Champions apresentam gráficos fracos e efeitos sonoros repetitivos e monótonos (Foto: Divulgação/ Kihon Inc.)As partidas de Conquest of Champions apresentam gráficos fracos e efeitos sonoros repetitivos e monótonos (Foto: Divulgação/ Kihon Inc.)

O conjunto musical e os efeitos sonoros do jogo também são grosseiros e atrasados, podendo influenciar negativamente a experiência do jogador durante as partidas com uma trilha sonora monótona e combates com sons toscos e repetitivos.

Controles e dinâmica

As partidas iniciais de Conquest of Champions são um exemplo de como a mecânica do game se desenvolve, apresentando-se em quadros informativos e setas todos os comandos de sua interface e o funcionamento de sua dinâmica.

Assim que o jogador iniciar Conquest of Champions, uma apresentação cheia de caixas de textos e setas irá lhe ensinar a dinâmica do game (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Assim que o jogador iniciar Conquest of Champions, uma apresentação cheia de caixas de textos e setas irá lhe ensinar a dinâmica do game (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

O jogo também possui um bom conjunto de tutoriais interativos, porém com muitas informações em caixa de texto, fazendo com que os jogadores aprendam como funciona toda a sistemática dos combates e o desenvolvimento das partidas ao longo dos turnos.

No entanto, Conquest of Champions deveria ter mais explicações sobre as ferramentas de fusão e transformação de suas cartas, que, apesar de serem excelentes recursos de personalização do deck, possuem comandos confusos e explicações pouco objetivas.

Com boas opções para personalizar o deck, o jogador poderá transformar e fundir suas cartas para melhorá-las (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)Com boas opções para personalizar o deck, o jogador poderá transformar e fundir suas cartas para melhorá-las (Foto: Reprodução/Daniel Ribeiro)

Oferecendo duas modalidades de partida online, o game permite que os jogadores se enfrentem em combates rápidos, com turnos de poucos minutos, ou duelos mais extensos, nos quais os participantes têm horas para fazer seus movimentos.

Essa segunda opção compensa a lentidão na dinâmica dos combates de Conquest of Champions, pois uma vez que o processamento das animações do turno adversário é bastante demorado, o jogador poderá participar de vários duelos simultaneamente e conferir os resultados de uma só vez.

Mais voltado para os combates online, Conquest of Champions não possui um eficiente sistema para equilibrar o nível dos jogadores que se enfrentam (Foto: Divulgação/Kihon Inc.)Mais voltado para os combates online, Conquest of Champions não possui um eficiente sistema para equilibrar o nível dos jogadores que se enfrentam (Foto: Divulgação/Kihon Inc.)

Apesar de possuir essa variedade de partidas, os combates online do jogo podem ser bastante desequilibrados. Uma vez que não há como distinguir o nível de evolução das cartas dos adversários antes do combate, é possível que o jogador encontre adversários com decks extremamente fortes.

Conclusão

Conquest of Champions é um game que combina muito bem a dinâmica de jogos de estratégia e card game, focando mais nas modalidades de partidas online. Com um visual fraco e um conjunto sonoro ruim, uma jogabilidade simples e várias opções para personalizar seus decks e aprimorar suas cartas, os jogadores poderão se enfrentar em partidas de curta duração ou em vários combates onde os turnos demoram horas para terminar. No entanto, o game não possui uma mecânica eficiente para separar adversários com diferentes níveis de experiência do perfil de jogador e de suas cartas.


Quais os melhores jogos de estratégia e RPG?
Comente no Fórum do TechTudo!


Nota TechTudo

NOTA tt
5.0
Gráficos
4
Jogabilidade
6
Diversão
6
Som
4

Prós

  • - Cartas com boas ilustrações
  • - Jogabilidade simples
  • - Combinação de gêneros interessante
  • - Várias opções para melhorar o deck
  • - Diferentes modalidades de partida

Contras

  • - Gráficos fracos
  • - Musicas e sons monótonos
  • - Ausência de história
  • - Mecânica lenta e repetitiva
  • - Falta de equilíbrio nas partidas online
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares