Jogos de RPG

NOTA tt
9.0

Review Darkest Dungeon

Darkest Dungeon tornou-se rapidamente um dos maiores destaques do Steam Early acces, serviço de playtest da Valve. O que será que esse RPG simples apresentou para conquistar o público?

Felipe Velloso
por
em

Darkest Dungeon é um dos maiores fenômenos do Steam Early acces, o serviço de playtest da Valve que disponibiliza aos jogadores games que não estão completamente prontos. Apesar da qualidade inacabada, o jogo se tornou o maior destaque de vendas de fevereiro na plataforma, conquistando o primeiro lugar do Steam por várias semanas a fio.

Saiba tudo sobre BlackGuards, outro RPG de temática sombria

Darkest Dungeon parece saído de um desenho de Mignola (Foto: Divulgação)Darkest Dungeon parece ter saído de um desenho de Mignola. (Foto: Divulgação)

O gamer vivenciará um título sombrio, com temas controversos, aliado a uma jogabilidade viciante e muita dificuldade. O jogo também possui um excelente estilo artístico, e a flexibilidade de poder ser rodado em praticamente qualquer computador, graças aos belos sprites animados em duas dimensões.

A história

Apesar de ser um RPG, a história é a parte mais irrelevante. Você precisa retornar para as lendárias terras da sua família, onde seu pai jogou uma maldição assustadora. O lugar precisa ser limpo de todo o mal antes que você possa resgatar a sua herança e tesouros.

Lutando na vila amaldiçoada (Foto: Divulgação)O jogador deve lutar na vila amaldiçoada. (Foto: Divulgação)

Para fazer isso, você deve contratar e organizar uma trupe de aventureiros que realizarão  o "trabalho sujo" e provavelmente vão morrer no processo. Essa é uma das características mais marcantes de Darkest Dungeon, a absoluta falta de misericórdia. Nele, os aventureiros vão morrer. Mas não é só isso, já que, no game, toda morte será permanente e final. Você precisará contratar e treinar um novo aventureiro toda vez que alguém do grupo morrer.

A jogabilidade

O principal destaque é a jogabilidade. Além de ser um RPG sidescroller muito divertido, o jogo apresenta uma série de novidades.

As terras da sua família e a cidade que as cercam (Foto: Divulgação)Essas são as terras da sua família e a cidade ao redor. (Foto: Divulgação)

O título se divide em dois momentos: a cidade e as masmorras (dungeons). Na cidade, você recruta heróis, compra itens, se cura e faz outras coisas relacionadas ao gerenciamento do grupo. Já nas masmorras, acontece toda a ação e exploração.

Além disso, nas masmorras, a navegação é relativamente linear, com algumas surpresas. Normalmente intensos, difíceis e divertido, o combate é feito por turnos. A grande inovação fica por conta da condição psicológica dos aventureiros, que tem seus nervos colocados a prova durante cada aventura. O desgaste emocional é uma violência tão grande quanto os ferimentos físicos.

Os combates são rápidos e viciantes (Foto: Divulgação)Os combates são rápidos e viciantes. (Foto: Divulgação)

Ao passar por situações delicadas, todos os personagens ganham pontos de stress. O médico, que viu todos os companheiros morrerem, se torna um eterno pessimista (e passa a dar mais pontos de stress para os aventureiros que o acompanharem). O guerreiro que quase morreu se torna um alcoólatra e precisa ficar bêbado antes de entrar nas masmorras (o que o torna bem mais apto a cometer erros). Além disso, a ladra que viu seus amigos destruídos por mortos vivos, desenvolveu uma fobia contra esse tipo de criatura e agora é incapaz de encará-las.

Essas condições podem ser amenizadas na cidade, indo a igreja, se curando etc. Porém, elas nunca vão embora por completo. Os heróis são humanos interessantes, que cometem falhas.

A apresentação

Darkest Dungeon é um jogo belíssimo - especialmente por usar somente sprites de duas dimensões. É como ver um game derivado diretamente da arte de grandes nomes deste gênero, como Mike Mignola, o criador de Hellboy e BPRD. Os traços são sempre sombrios, sujos e decadentes.

O design de personagens é impecável (Foto: Divulgação)O design dos personagens é impecável. (Foto: Divulgação)

O design dos personagens também é excelente. As dez classes jogáveis são todas muito icônicas e interessantes, mas o grande destaque fica por conta do leproso e do médico da peste. No lado adversário, a criatividade não foi poupada, principalmente em relação às criaturas demoníacas, que são, em geral, muito criativas e diferentes.

A música também é de alta qualidade, além de equilibrar bem os momentos de tensão. Os efeitos sonoros são igualmente bem feitos e mantém o alto padrão empregado no jogo inteiro.

Conclusão

Inovador e diferente, Darkest Dungeon é de longe o melhor jogo lançado no ano até agora. Mesmo os jogadores pouco familiarizados com o gênero deveriam experimentar esta aventura desafiadora e viciante.

Qual é o seu jogo de terror favorito? Opine no Fórum do TechTudo!

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
9
Jogabilidade
9
Diversão
9
Som
9

Prós

  • - Sistema de estresse absolutamente revolucionário
  • - Gráficos e desenhos com estilo na medida certa
  • - Jogabilidade rápida e viciante

Contras

  • - O jogo possui apenas 3 tipos de masmorras
  • - Darkest Dungeon poderia explorar mais sua história
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares