Jogos de ação

NOTA tt
6.8

Review Deception IV: Blood Ties

Deception IV: Blood Ties traz conceitos divertidos mas tantas bizarrices que podem acabar afastando os jogadores mais sérios. Confira a análise do estranho game para PlayStation 3 e PS Vita.

Dário Coutinho
por
em

Deception IV: Blood Ties é o quarto jogo da estranha série de games de estratégia sobre calabouços e armadilhas. Iniciada no Playstation One, essa série de jogos andou meio sumida na sexta geração, só aparecendo na sétima, para Playstation 3 e PS Vita. Em Deception IV: Blood Ties, o jogador deve proteger jovens diabinhas que lutam apenas usando armadilhas para torturar seus inimigos até a morte.

Outlast: vídeos mostram os momentos mais nojentos e bizarros do novo DLC

Humilhações, tortura e sadismo são elementos importantes em Deception IV: Blood Ties (Foto: Divulgação)Humilhações, tortura e sadismo são elementos "importantes" em Deception IV: Blood Ties (Foto: Divulgação)


História Demoníaca

Em Deception IV: Blood Ties, o jogador controla Laegrinna, a filha de demônio. Com a ajuda de suas amigas, que também são diabinhas, ela está em busca dos versos sagrados que aprisionaram seu pai a mais de três mil anos. Os versos foram divididos em 12 fragmentos e estão escondidos no mundo dos humanos.

A história do game é bem simples e o seu desenvolvimento também. Ao longo dos capítulos, Laegrinna e suas companheiras vão passar por vários calabouços, procurando os 12 fragmentos e eliminando os inimigos. O tom sádico do jogo reflete diretamente na sua história, apostando em várias críticas ao fervor religioso.

Jogabilidade inusitada e maléfica

Quem não conhece a série Deception, irá estranhar a jogabilidade. O game mistura ação e estratégia, impedindo a heroína de atacar diretamente os inimigos. Ao invés disso, o jogador terá que plantar armadilhas no cenário e fazer os personagens caírem nelas. As vítimas em potencial são soldados e outros personagens que se aproximam dos locais onde Laegrinna e suas amigas demoníacas estão.

Surgindo em ondas, as vítimas sempre aparecem com uma breve introdução. Todos os personagens são diferentes entre si. Por exemplo, alguns inimigos usarão armaduras ou serão mais rápidos, tornando a morte deles mais complicada, mas não menos prazerosa.

Cada bruxa que acompanha Laegrinna irá fornecer instrumentos sádicos para torturar a matar os seus inimigos. Caelea é mestra em fornecer armadilhas elaboradas onde os inimigos são jogados de um lado para outro. Veruza prefere armadilhas sádicas, enquanto a pequena Lilia prefere humilhar as pessoas com cascas de banana e abóboras em suas cabeças.

Deception IV tem comandos simples (Foto: Divulgação)Deception IV tem comandos simples (Foto: Divulgação)

Os comandos do jogo são bastante simples. As armadilhas disponíveis, ficam em uma barra no canto esquerdo da tela. O jogador alterna entre as armadilhas através dos botões “L2″ e “R2″ no controle do PlayStation 3. Os instrumentos de tortura são demarcadas por uma flor negra com alguns números. Cada número representa a sequência das armadilhas.

O jogo consiste em fazer a protagonista desfilar na frente dos inimigos de modo a atraí-los para as armadilhas. Quando eles passarem pelas armadilhas basta acioná-las com “X”. É um procedimento simples, pois a parte cerebral de Deception IV: Blood Ties é justamente na hora de arquitetar o conjunto de armadilhas. Pressionando “O” o jogador abre um layout onde é possível posicionar e girar cada armadilha.

Essas armadilhas são dos mais variados tipos e vão desde instrumentos de tortura medievais até coisas absurdas como braços e pernas gigantes. Além das armadilhas que o jogador pode customizar à vontade, há mecanismos nos cenários que podem ser usados como armadilhas. Serras gigantes, dirigíveis repletos de lâminas e outras coisas estão à disposição para causar dor e medo.

Sádico até demais

Jogos onde você tortura pessoas não são comuns, e pela dinâmica do “processo”, Deception IV: Blood Ties vai um pouco além da conta do que muita gente acha aceitável em um jogo. Em alguns momentos, não será difícil achar algumas cenas bizarras ou até mesmo eróticas com um tom sadomasoquista.

Bons gráficos, mas missões repetitivas (Foto: Divulgação)Bons gráficos, mas missões repetitivas (Foto: Divulgação)

Quem pegou o jogo na prateleira pensando em personagens de anime fofinhas irá se chocar com algumas cenas que reproduzem tortura na Idade Média. Madames de ferro, guilhotinas e Cavalos espanhóis, são apenas algumas das coisas que fazem o jogo justificar sua classificação indicativa para maiores de 16 anos.

De fato, o jogo não exibe conteúdo visceral. Mas os gemidos das personagens femininas, aliados ao fato delas ficarem apenas com roupa íntima, fará qualquer parente perguntar que tipo de jogo estranho você está jogando.

Muitas fases iguais e baixa evolução

Em Deception IV: Blood Ties, o jogador vai evoluindo suas armadilhas, além de aprender outras técnicas pelo caminho. Porém, o jogo é muito repetitivo. São apenas nove capítulos, mas o jogador precisará só de oito horas para chegar a um dos finais do game.

Deception IV: Blood Ties (Foto: Divulgação) (Foto: Deception IV: Blood Ties (Foto: Divulgação))Deception IV: Blood Ties (Foto: Divulgação)


O áudio não ameniza a sensação de repetição, apresentando poucas músicas e sons repetitivos, principalmente ao realizar muitos combos. Sem mencionar os gemidos femininos que sugerem até que você está jogando outro tipo de jogo.

Conclusão

Como jogo de estratégia, Deception IV: Blood Ties é um título interessante devido a sua unicidade. Mas como RPG, o game escorrega em uma série de clichês. Seu conteúdo de gosto duvidoso, com conotações eróticas, também pesa contra o game, tornando-o um título no estilo “ame ou odeie”.


Já aconteceu algo estranho, assustador e inexplicável enquanto você jogava?
Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
6.8
Gráficos
8
Jogabilidade
6
Diversão
7
Som
6

Prós

  • - Conceito divertido
  • - Fácil de jogar
  • - Muitas armadilhas

Contras

  • - Fases repetitivas
  • - Clichês
  • - Bizarrices podem afastar jogadores
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucas Araújo
    2014-05-30T15:52:34

    Eu realmente acho que as bizarrices do jogo não deveriam ser avaliadas negativamente. É o estilo do jogo, é à isso mesmo que o jogo se propõe, se tirar isso, o jogo perde sua identidade. Não é porque o editor da matéria achou ruim isso que é algo negativo.