Jogos de corrida

NOTA tt
8.5

Review Chaves Kart

Jogo de kart da turma do Chaves surpreende como mais do que um clone do clássico Mario Kart, firmando-se como uma entrada de respeito no gênero, repleta de corridas divertidas e o eterno carisma dos personagens.

Rafael Monteiro
por
em

Chaves Kart é um jogo de corrida com base na clássica franquia Mario Kart utilizando os personagens do desenho animado Chaves, conhecido também pela série com atores reais que está na televisão há décadas. Para um título que poderia apenas ser um clone preguiçosos, Chaves Kart realiza algumas façanhas incríveis no Xbox 360 e PlayStation 3, se tornando uma ótima pedida tanto para crianças quanto adultos. O jogo está totalmente em português, com direito a dublagem.

Chaves Kart: como jogar a corrida de Kart do Chaves

Chaves Kart traz a icônica série para um ótimo jogo de corrida de karts (Foto: youtube.com))Chaves Kart traz a icônica série para um ótimo jogo de corrida de karts (Foto: Divulgação)


Isso, isso, isso

A clássica série Chaves, com atores reais, é especialmente popular no Brasil até hoje, muitas vezes disfarçando o fato de que tem mais de 40 anos de idade. Considerando sua data de criação, era de se esperar que não houvesse jogos baseadas na mesma. Apenas com o lançamento do desenho animado baseado na série, em 2006, começamos a ver jogos de Chaves.

O primeiro título baseado no desenho, Chaves para o Nintendo Wii, era um clone da franquia Mario Party que não agradou muito. Quando Chaves Kart foi anunciado para Xbox 360 e PlayStation 3, ninguém esperava que o jogo fosse mais do que um clone da clássica série Mario Kart da Nintendo, o que permitiu que ele surpreendesse bastante.

O jogo é dividido em três modos principais: Torneios, onde é possível competir para vencer campeonatos e desbloquear mais personagens, Desafios, um modo que desafia os jogadores ao extremo para desbloquear novas pistas, e Corrida Livre, onde é possível escolher diversos modos para jogar sozinho ou em multiplayer.

Torneios colocam os personagens para se enfrentarem em corridas e modos especiais (Foto: Divulgação)Torneios colocam os personagens para se enfrentarem em corridas e modos especiais (Foto: Divulgação)

Os torneios são constituídos por 4 corridas comuns e 1 corrida com um modo especial, como uma corrida contra o tempo onde jogadores pegam relógios para permanecerem na disputa. A ideia de ter modos diferenciados integrados aos próprios torneios cria uma experiência bastante divertida.

Já o modo de desafios traz 40 missões que precisam ser enfrentadas em ordem para desbloquear pistas. Esta parte do jogo surpreende por ter um nível de dificuldade muito alto, aparentemente voltado para jogadores adultos, tornando difícil o acesso de usuários mais novos a todas as pistas.

Em Corrida Livre há 5 modos além de Corrida Normal: Contra o Relógio, Sobrevivência, Resistência, Pique-Bandeira e Moedas, cada qual com características específicas bem divertidas. Há modos que eliminam quem estiver em último a cada 20 segundos, outros onde o objetivo é ganhar pontos ficando em primeiro lugar o máximo de tempo possível, todos bem criativos. A falta de um modo online infelizmente afeta muito o multiplayer.

Pistas que se passam no Brasil, como o Maracanã, dão um gostinho especial a Chaves Kart (Foto: Divulgação)Pistas que se passam no Brasil, como o Maracanã, dão um gostinho especial a Chaves Kart (Foto: Divulgação)

São 20 pistas no total, 10 originais e suas versões espelhadas. As pistas espelhadas, porém, são tão bem trabalhadas que é até difícil perceber a repetição. Estes percursos são cheios de atalhos, caminhos alternativos e perigos naturais. Há tantos objetos que podem atacar o jogador no próprio cenário que Mario Kart ficaria de boca aberta.

Parte das pistas se passa em localidades importantes da série, como a cidade de Tangamandápio ou o hotel de Acapulco, enquanto outras são mais fantasiosas, como o Castelo do 71 e a Casa da Bruxa. A presença de pistas no Brasil, como Maracanã e Sobre o Rio, é um grande bônus para o público nacional que sempre abraçou a série, com lindos percursos que passam pelo famoso estádio de futebol e até o Cristo Redentor.

Ninguém tem paciência comigo

É na jogabilidade que Chaves Kart realmente brilha. Trata-se de corrida de karts com itens espalhados pela pista que podem ser usados para atacar seus adversários, assim como em Mario Kart. Os pilotos usam itens como bolas de boliche, jornais, sanduíches de presunto e piñatas para apimentar as disputas.

Quico usa um turbo para ultrapassar outros competidores (Foto: Divulgação)Quico usa um turbo para ultrapassar outros competidores (Foto: Divulgação)

As corridas e itens no entanto são apenas o início do jogo. Há vários sistemas que adicionam uma grande profundidade à jogabilidade para quem quiser jogar de maneira mais competitiva. Para começar, há derrapagens (drifting) que fornecem turbos em três níveis, semelhante a Sonic & All-Stars Racing Transformed, porém melhor.

Há ainda a chance de pegar o vácuo ficando atrás de outros competidores, bater neles lateralmente usando o analógico direito, para não mencionar o incrível sistema de pulos. É possível pular para atravessar buracos nas pistas, desviar de perigos, itens e até pular em cima dos outros personagens para ganhar impulso.

Todos esses sistemas juntos dão tanta profundidade às corridas que você nunca sente que está sem opções, apenas esperando uma oportunidade, ou que os itens prejudicaram você de forma irreparável. É sempre possível compensar jogando mais agressivamente, atacando seus oponentes para ganhar posições.

Ataque outros personagens para ganhar vantagem nas corridas (Foto: Divulgação)Ataque outros personagens para ganhar vantagem nas corridas (Foto: Divulgação)

Apesar de os conceitos da jogabilidade serem ótimos, o jogo apresenta alguns defeitos técnicos às vezes. É possível ficar preso em alguns objetos, flutuar pelo cenário depois, ver itens travarem, entre outros pequenos bugs. De jeito algum atrapalham a experiência, mas também é pouco provável que você não os encontre pelo menos uma vez.

Que bonita a sua roupa

Os gráficos de Chaves Kart são bastante competentes nos cenários e nos karts, mas os modelos dos personagens sofrem um pouco. É usado um efeito para dar um aspecto de desenho animado a eles, mas as cabeças e rostos estão especialmente estranhos. Vale lembrar que não são partes que ficam aparentes durante as corridas, já que normalmente você está vendo seu personagem de costas.

No setor sonoro há definitivamente altos e baixos. As músicas são até razoáveis, mas não muito boas. Algumas vezes as canções de fundo são calmas demais para todo o caos que está rolando na tela, deixando bastante a desejar. Os efeitos sonoros são adequados, mas onde o jogo realmente brilha é na dublagem.

Enquanto bate nos outros competidores o Senhor Barriga fala sobre cobrança de aluguel (Foto: Divulgação)Enquanto bate nos outros competidores o Senhor Barriga fala sobre cobrança de aluguel (Foto: Divulgação)

Cada piloto possui uma grande quantidade de falas que se baseiam na forma que o personagem age no desenho e alguns dos seus clássicos bordões. Além de frases soltas durante as corridas, a turma do Chaves também tem uma grande quantidade de falas interagindo entre si. Ao acertar Quico, por exemplo, Chaves falará: “Toma essa, bochechudo!”.

Dublagens 'sem querer querendo'

Uma das maiores vantagens de Chaves Kart é o fato de estar dublado em português, contando com algumas vozes conhecidas. Temos a voz do Chaves do desenho animado, feita pelo dublador Tatá Guarnieri, que tem encarnado o personagem após o falecimento de Marcelo Gastaldi, dublador da série com atores reais.

A maior surpresa fica por conta da inesquecível voz de Nelson Machado, o Quico da série com atores reais, pois ele não faz o personagem no desenho, onde Quico é dublado por Sérgio Stern. Nem todos os personagens receberam os mesmos dubladores da série ou do desenho, passando também por alguns nomes da versão musical de Chaves para teatro.

Apesar de uma ótima dublagem com Chaves e Quico, as vozes de outros personagens escorregam (Foto: Divulgação)Apesar de uma ótima dublagem com Chaves e Quico, as vozes de outros personagens escorregam (Foto: Divulgação)

As vozes de Chaves e Quico estão primorosas, adicionando um carisma sem igual ao jogo, porém algumas outras estão sem emoção e desanimam um pouco de jogar com certos personagens.

Um jogo 'divertidissíssimo'

Chaves Kart surpreende ao apresentar um jogo incrivelmente divertido e carismático, com jogabilidade profunda e desafio alto, se provando muito mais do que apenas um clone da série Mario Kart. Existem alguns defeitos como a falta de modo online, mas raramente vemos jogos se dedicarem tanto ao público nacional a ponto de termos fases tão simbólicas sobre o Brasil.


Qual o melhor jogo de corrida atualmente?
Opine no Fórum do TechTudo!


Nota TechTudo

NOTA tt
8.5
Gráficos
7
Jogabilidade
9
Diversão
10
Som
8

Prós

  • - Jogo incrivelmente divertido
  • - Todo o carisma de Chaves
  • - Ótima dublagem em português
  • - Pistas no Brasil
  • - Desafiador até para adultos

Contras

  • - Dublagem tem seus defeitos
  • - Modo Desafio muito difícil
  • - Falta de modo online
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Natã Bacildo
    2014-05-30T11:11:35

    vou jogar no meu PS3

  • Natã Bacildo
    2014-05-30T11:09:58

    isso isso isso isso isso isso