Jogos de esporte

NOTA tt
9.0

Review Fifa 19

Game aposta em mudanças pontuais, Champions League, divertidos modos de jogo e novidades no Ultimate Team

Diego Borges
por
em

Fifa 19 é o novo título da mais famosa franquia de futebol do mundo. Com versões para Xbox One, Xbox 360, PS4, PS3, Nintendo Switch e PC, o game aposta na inclusão da Champions League, mudanças pontuais na jogabilidade, além de melhorias nos seus principais modos: Ultimate Team e A Jornada. Confira o review completo.

Quer comprar o Fifa 19 com o melhor preço da Internet? Veja no Compare TechTudo!

Lapidando a jogabilidade 

O quesito jogabilidade é sempre o mais polêmico de ser abordado. Desde o Fifa 15, coube à EA apenas lapidar uma mecânica que, mesmo ainda tendo seus problemas, considero consolidada e uma referência no gênero. Particularmente, acho o antigo game um dos mais revolucionários nesse ponto, e a diferença dele para o atual não é tão gritante assim. 


Em comparação ao Fifa 18, posso dizer que pouquíssima coisa mudou. Agora o sistema de controle da bola está menos automático, o que faz com que tanto o domínio quanto a movimentação da mesma seja menos previsível do que antes. Em outras palavras, um passe forte requer que o recebedor tenha um bom domínio, do contrário, a bola escapará facilmente. 

O sistema de chute também traz "melhorias". Para elevar o nível de realismo, foi implementada uma mecânica em que você precisa dar um segundo toque no botão para ter uma precisão maior no arremate. Basicamente a proposta é você acionar uma vez o chute para enviar o comando ao jogador, e apertar novamente quando achar o momento ideal do contato dele com a bola. Embora seja uma proposta muito boa, foram poucos o momentos onde foi possível realizar o movimento da maneira ideal. Mas não se preocupe, pois é possível desativar essa opção nas configurações de controle. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Fifa 19 traz melhorias pontuais na jogabilidade (Foto: Reprodução / TechTudo)

Em relação aos comandos, agora é possível levantar a bola manualmente. Pressionando o botão R3 (no PS4), o jogador dá uma cavadinha e ergue a redonda, o que facilita passes mais profundos e cruzamentos. Além, é claro, de dribles e embaixadinhas para provocar o seu adversário. Por mais que pareça bobagem, achei genial esse novo comando, e me ajuda bastante principalmente com as jogadas aéreas. 

Para meu desespero, e de muitos outros jogadores, o controverso sistema de defesa manual volta praticamente intacto. Ainda é preciso acertar o tempo em que você pressiona o botão de roubada e o seu jogador responder em campo dando um "bote" no oponente. Continuo achando a mecânica bem falha, com um delay enorme entre esse pressionar e a execução do seu atleta. Porém, confesso que senti a defesa mais responsável no jogo, deixando menos espaços e marcando mais em cima, o que facilita esse sistema apesar de seus problemas.

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Fifa 19 traz sistema de chutes inovador (Foto: Reprodução / TechTudo)

Assim como a finalização calibrada, é possível remover essa tipo de mecânica de defesa. Mas, para infelicidade de muita gente, alguns modos obrigam o jogador a utilizá-la, como o Squad Battles do Ultimate Team. O jeito foi ficar em posição fetal e chorar debaixo do chuveiro… 

Também achei interessante a diminuição de opções rápidas na tela para tornar seu time mais ofensivo ou defensivo. Agora ou você deixa o time um pouco mais avançado ou põe todos para a frente em um "oba-oba" sem respeitar formação ou algo do tipo. E para completar, essas configurações podem ser personalizadas para táticas diferenciadas. Ou seja, você pode criar uma armação louca totalmente avançada para momentos de desespero e acioná-la quando quiser. 

Pouca evolução nos gráficos

Se a jogabilidade mudou pouco, o visual de Fifa 19 mudou menos ainda. É difícil até mesmo olhar para a tela e não se confundir com qual game está sendo exibido. O mesmo vale para jogadores e elementos que complementam a ambientação. 

FIFA 19 x FIFA 18 (Foto: Reprodução/Murilo Tunholi)Comparação de gráficos entre Fifa 19 e Fifa 18 (Foto: Reprodução/Murilo Tunholi)

Assim que o jogo inicia pela primeira vez, é obrigatório jogar uma partida que simula uma disputa pela Champions League. As cenas de animação ajudam a levar o jogador para dentro da partida e recriar o clima único que a competição proporciona. E com a bola rolando, realmente achei a partida com mais "cara" de Liga dos Campeões, principalmente pelo sistema de iluminação, que torna os campos mais claros e um tudo um pouco mais nítido. 

Porém, em partidas comuns, que não fazem ligação com a competição, achei tudo muito igual ao Fifa 18. Até mesmo os jogadores que geralmente recebem um upgrade a cada versão, trazem poucas melhorias em relação game anterior. Se não bastasse, os menus se mantém basicamente os mesmo, mudando apenas o sistema de cor e a localização de algumas opções. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Menu principal de FIFA 19 é praticamente o mesmo de Fifa 18 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Isso é consequência do mesmo problema que afeta a jogabilidade: a necessidade de lançar um game anualmente. Fifa já se tornou um título consolidado, que pode ser dar ao luxo de não ter grandes revoluções para sobreviver. Sendo assim, por que não uma versão definitiva com atualizações pontuais ou até mesmo um sistema de assinatura mensal/anual? 

Partidas sem regras e "battle royale"

Uma das principais novidades de FIFA 19 diz respeito às partida rápidas, popularmente conhecidas como Amistosos. Agora, é possível disputá-las com elementos a mais, como regras alteradas e pontuações diferentes para determinados tipos de gols. São elas:

De fora vale 2Como o próprio nome já diz, caso você faça um gol de fora da área, ele tem o valor dobrado ao que são marcados dentro dela.  
Sobrevivência Cada gol marcado, um jogador do seu time é removido aleatoriamente. Cada equipe pode perder até quatro atletas, ou seja, caso você marque novamente quando já tiver alcançado esse limite, nada acontece.
Cabeceios e voleiosOs gols só são contabilizados caso sejam feitos através de cabeceios, voleios ou bicicletas.
Quem fizer ganhaDe forma parecida com a antiga prorrogação Bola de Ouro, o primeiro a marcar na partida vence.
Vale tudoNesse modo as partidas não possuem faltas e impedimentos. Dessa forma, os carrinhos violentos e as banheiras estão liberadas. 

De longe, foram as melhores adições que FIFA 19 recebeu, principalmente quando essas partidas são disputadas entre conhecidos. Foram muitos os risos nos confrontos sem regras, que automaticamente limitaram os amigos dribladores que se acham o Ronaldinho Gaúcho dos gramados virtuais. 

Ultimate Team com ranqueamento e novidades que agradam

O principal modo de FIFA também foi poupado em relação a grandes mudanças na nova versão. Assim que iniciei o Ultimate Team pela primeira vez, a sensação era a de estar começando novamente com um time em Fifa 18, pois até o tutorial de iniciação é basicamente o mesmo. 

FIFa (Foto: Reprodução / TechTudo)Menus do modo Ultimate Team também são quase idênticos ao de Fifa 18 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Tudo está lá nos mesmo lugares. Desde a primeira tela com os Desafios Iniciais, Diários e Semanais, até a última aba, na qual é possível ver seu ranking em comparação aos seus amigos e também os itens que seu clube possui. 

Particularmente não achei um grande problema. Vale lembrar que a versão do Ultimate Team de Fifa 18 foi uma das mais revolucionárias e a que mais me agradou graças a elementos como Squad Battles, que se mantém idêntico a quando foi lançado. 

As novidades começam pelo modo Division Rivals. Ele cria uma espécie de ranking único, de forma parecida com jogos como League of Legends e Counter-Strike, onde você precisa se posicionar encarando adversário do mesmo nível que o seu. Para isso, o próprio jogo avalia seu rendimento nas primeiras partidas e, posteriormente, lhe posiciona no nível mais adequado.

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Division Rivals de Fifa 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Outra novidade que me agradou muito foi o Escolha do Jogador. É uma espécie de carta onde você escolhe entre cinco opções de jogadores para agregar ao seu time. Funciona bem parecido de quando você começa a montar seu time no Draft, só que dessa vez o atleta fica com você. 

E por fim, os menus de organização dos itens dos pacotes agora contam com uma apresentação melhor. Ao invés de serem posicionados verticalmente, eles contam com uma arrumação na horizontal e que traz mais agilidade na hora de vender, descartar ou armazenar uma carta.

Champions League está de volta

Depois de anos sendo licenciada no rival, PES, a UEFA Champions League voltou à franquia da EA em Fifa 19. A novidade foi o grande carro chefe do game em suas campanhas promocionais, ligando quase todos os seus trailers de divulgação ao clima da maior competição de clubes do mundo. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)FIFA 19 traz a Champions League de forma oficial (Foto: Reprodução / TechTudo)

A presença do campeonato de forma oficial agrega bastante em diversos elementos. A começar pela própria competição, que mostra que não é apenas mais um torneio licenciado, mas um show a parte. A EA conseguiu criar uma ambientação única com diversas animações antes e depois das partidas, além de seus painéis padronizados iguais aos das transmissões originais, e até mesmo o clima ao entorno do campo, com uma torcida mais inflamada que o normal. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Fifa 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

E essa ambientação também é inserida em outros modos. É possível até mesmo jogar um amistoso como se fosse a grande final da competição, com direito a hino sendo executado antes da partida e festa da entrega da taça no final. E o torneio também é inserido nos modos: Carreira, Ultimate Team e A Jornada. Este por último é o grande cenário de fundo para a conclusão da história de Alex Hunter. 

A Jornada traz novos protagonistas

Claro que o popular modo implementado em Fifa 17 não poderia ficar de fora. Agora, você não controla apenas Alex Hunter, mas também sua irmã, Kim Hunter, e o jogador Danny Williams. À medida com que você avança na história, cada um dos caminhos segue um rumo diferente, deixando o modo ainda mais diversificado e com uma história menos limitada. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Alex Hunter está de volta em FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

A jogabilidade também muda bastante para cada personagem. Alex Hunter agora é um astro do futebol e a sua chegada ao Real Madrid faz com que o jogador busque se consolidar como um dos maiores de todos os tempos. Isso inclui a conquista da Champions League, torneio que você disputa no controle do craque. 

Com Kim, a jogabilidade é a mesma utilizada para as jogadoras das seleções femininas. Há uma limitação tanto da própria personagem como das companheiras de equipe, o que acabam tornando tudo mais difícil do que nas outras histórias.

Já com Williams, a sensação é de que ele será o próximo protagonista do modo caso ele seja implementado também em Fifa 20 (se existir um). Sua história se assemelha muito com a de Alex nos outros jogos, mostrando um personagem que busca um lugar ao sol em meio a tantos outros jogadores. Curiosamente, em alguns momentos, você optará por controlar Hunter ou Danny em confrontos diretos. Optei por sempre usar o novato, até para saber como seria a reação do seu adversário diante do sucesso alheio. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Kim Hunter é uma das protagonistas de A Jornada (Foto: Reprodução / TechTudo)

Apesar de não ser mais uma grande novidade, A Jornada serve para quebrar um pouco a mesmice dos outro modos. A história, embora manjada e previsível, ainda agrada bastante e chega a ser interessante jogar outras vezes para moldar posturas diferentes dos outros protagonistas, ou ver o desenrolar do enredo em perspectivas opostas. Mas, ao mesmo tempo, A Jornada precisa se renovar bastante para não ser deixado de lado em futuras versões do game.

Modo Manager / Carreira mais simples

O modo mais antigo e duradouro de Fifa permanece em sua nova versão. Para quem não conhece, o Carreira permite que você se torne um Manager/Treinador ou um jogador em busca da fama. 

Como Manager, tudo ficou mais simples do que antes. Agora, para contratar um jogador não há tantas burocracias de contratos, tudo é praticamente preenchido de uma forma automática. Com o modesto time da Sampdoria, consegui ter uma equipe boa o suficiente para disputar a UEFA Champions League. Mas acabei caindo no mata-mata. Destaque para o emblema da competição que fica na camisa do seu time. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Tela principal do Modo Manager está mais simples em FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Também achei bem legal as animações durante as negociações. O seu personagem tem uma conversa em particular com o agente do jogador que você pretende adquirir ou vender, e junto a ele é possível organizar valores e condições do contrato. A maneira com que isso ocorre ajuda a não limitar o modo apenas à navegação de Menu e partidas. Para completar, durante as partidas, Tiago Leifert e Caio Ribeiro dão spoillers sobre as negociações, antecipando a ida de um jogador para seu time, ou anunciando uma saída. 

Já o Modo Carreira como Jogador, mantém basicamente o mesmo sistema adotado no Manager. a exceção é que todos os Menus são voltados para o seu jogador, com seus objetivos na temporada, estatísticas das competições disputadas, propostas etc.

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Modo Carreira de FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Com a bola rolando, a primeira coisa que fiz foi mudar a câmera para a visão dentro do campo que privilegia meu jogador. Embora em não controle todo o meu time, meus companheiros continuam muito subordinados. independente de quem e aonde esteja com a bola, caso eu acione o pedido de passe, a bola vai em minha direção, mesmo pior posicionado do que outro adversário. Esse é um problema persistente de outras versões e que poderia contar com uma configuração para desativar isso. 

De resto, achei o modo bem honesto. Mesmo jogando com um atleta já existente, minha vida não foi fácil, e por muitas vezes tive que ir para o banco na segunda etapa da partida. Recebi boas propostas, e após minha primeira temporada e bons resultados, troquei a Sampdoria pelo Liverpool, mostrando que o trabalho rende frutos. 

O fantasma do licenciamento ataca novamente

Poderia ser o nome de um filme B, mas é um drama que nós, brasileiros jogadores de Fifa, vivemos a cada nova versão. Para quem não sabe, o Campeonato Brasileiro é inserido de uma forma genérica, onde apenas 15 clubes da série A participam, ficando de fora Flamengo, Corinthians, Vasco da Gama, São Paulo e Palmeiras, justamente os clubes com parcerias exclusivas com o rival PES. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Formosandrinho é um dos craques genéricos de FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Até então, todos já sabiam que isso iria acontecer. Pois além dessa exclusividade com a Konami, há também uma briga judicial antiga da EA com diversos jogadores e seus representantes envolvendo questões de licenciamento em versões passada. Sendo assim, todos os times brasileiros contam com elencos genéricos.

Só que este ano, a tragédia se intensifica com a nossa Seleção Brasileira. Por uma falta de acordo com a CFB, o Brasil é composto de atletas genéricos, contando apenas com Neymar de uma forma oficial no elenco. E para completar, as nossas meninas também estão fora do jogo devido ao mesmo problema. Ou seja, Marta, a melhor jogadora de futebol feminino em 2018 segundo a Fifa, não está no jogo. 

FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)Meninas da seleção brasileira foram deixadas de lado em FIFA 19 (Foto: Reprodução / TechTudo)

Em relação aos times brasileiros, infelizmente, não consigo ver uma luz no fim desse túnel. Me arrisco a dizer que pelo menos nos próximos dois anos ainda teremos que nos contentar com elencos genéricos. Mas deixar de fora uma seleção de prestígio como a nossa é uma tremenda bola fora. E com as nossas meninas é uma covardia ainda maior, é triste ver um dos poucos espaços que elas possuem sendo descartado por conta de uma burocracia ridícula.

Conclusão

Fifa 19 consolida a franquia como uma referência entre os games de esporte. Com uma jogabilidade que agrada, a presença da Champions League, e mudanças em seus modos que ampliam a diversão, o título mantém o posto de melhor jogo de futebol da atualidade.

Entretanto, o novo game aciona um alerta para que a EA reveja seu modelo de lançamentos anuais, já que cada vez menos há justificativas para que seus jogadores invistam em uma nova versão sem tantas novidades de um título que foi lançado a menos de um ano atrás.


Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
8
Jogabilidade
9
Diversão
10
Som
9

Prós

  • - Novo modo com regras alternativas
  • - Ultimate Team com ranking
  • - Presença da Champions League
  • - Bola mais solta
  • - Novos protagonistas no modo A Jornada

Contras

  • - Gráficos não evoluíram muito
  • - Jogabilidade sem grandes mudanças
  • - Seleções brasileiras genéricas
  • - Sem jogadores do Brasileirão
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Jose Ricardo
    2018-10-26T16:37:49

    fifa 19 ficou uma porcaria!!!!!! Facil de fazer gols no modo online, enconstou na bola ja era, cabeçada facil tb e tem muuuito bug....vc ta jogando derrepente da uma pane e vira uma correira. ainda bem que testei antes, p nao gastar atoa

  • Robson Silveira
    2018-10-19T16:53:12

    eu só jogo o modo carreira e o jornada, o modo carreira nao mudou nada, é muito triste isso, a EA me decepcionou

  • Daniel Silva
    2018-09-29T21:33:00

    mano, 90% das "novidades" ai já tinham no 18, é o mesmo jogo praticamente

  • Matheus Silva
    2018-09-25T20:24:05  

    f...se o brasileirão e a seleção feminina, ninguém liga...

    recentes

    populares

    • Matheus Silva
      2018-09-25T20:24:05  

      O foco da EA e o Ultimate Team. Não ter time brasileiro não faz muita diferença neste caso.

    recentes

    populares

    • Matheus Silva
      2018-09-25T20:24:05  

      Pelo menos , os escudos e uniformes dos times brasileiros .

  • Lúcia Henrichs
    2018-09-29T17:39:36

    Corrigiram o bug do juiz com a msm cor de camisa? Inacreditável como algumas coisas persistem por anos

  • Levy Fidelix
    2018-09-26T11:54:54  

    Pior FIFA de todos os tempos, bugs bizarros, gráficos do FIFA 16 ainda, oque realmente mudou foi fora de campo as animações pq o game play ta uma bosta

    recentes

    populares

    • Levy Fidelix
      2018-09-26T11:54:54  

      Só comprar um ps1 e jogar Winning Eleven, acaba o choro, la o grafico eh melhor. Sai dai mlk

  • Augusto Ribeiro
    2018-09-26T10:32:53

    Até no mundo dos games o nosso país manda mal. Pq diabos os clubes brasileiros não se licenciam com tds os jogos, digo, Fifa e PES. Mta burrice. Qto mais exposição, mais divulgação e grana no bolso pra eles.

  • Renato Sousa
    2018-09-26T13:01:43

    só não comentou sobre o pro clubs que não falou mais está bom, a defesa melhorou muito demais agora o carreira não mudou nada

  • Sandro
    2018-09-26T12:20:01

    Por isto prefiro PES!

  • Kevin Araujo
    2018-09-26T11:16:32

    Pro Clubs foi retirado do jogo ?

  • Rodrigo Moreira
    2018-09-26T10:59:59

    no fifa 2018 já tinha a opção de controlar a Kim e o Danny no modo Alex Hunter

  • Allan Rodrigues
    2018-09-25T19:55:33  

    Tá achando ruim o jogo? Vai jogar PES então e para de reclamar.

    recentes

    populares

    • Allan Rodrigues
      2018-09-25T19:55:33  

      Pes é melhor mesmo

  • Victor Neves
    2018-09-26T10:13:02

    PES bem melhor !!! A começar pela cobrança de falta que é bizarra nesse fifa, e que fatalidade n ter a seleção brasileira !

  • Michel Silva
    2018-09-26T09:56:37

    o cara me termina o video jogando com o botatogo lamentavel kkkkkkkkkkkk

  • Helio Brandao
    2018-09-26T09:45:58

    Eu não rasgo dinheiro, compro FIFA de 2 em 2 anos, e as vezes a sensação é que as mudanças foram poucas.

  • Rafael Vieira
    2018-09-26T09:17:58

    Só esqueceu de comentar sobre o melhor modo do jogo o Proclubs.

  • Marcio Bandeira
    2018-09-26T06:36:36

    resumindo: sao 400 reais para comprar o mesmo jogo do ano passado que voce pagou 400 pra comprar o do ano retrasado. quero saber quando vao comecar a desengessar o FUT com aquelas ligacoes vermelhas entre jogadores que NUNCA vao ter entrosamento, por exemplo.

  • Agostinho Neto
    2018-09-26T05:51:52

    Modo batle roayle totalmente desnecessário. A jornada nunca joguei. Única melhoria foi o rankeamento no UT. Quanto aos times que não estão licenciados, por mim não tinha. Times BRs ninguém joga mesmo.

  • Vitor Paraguassu
    2018-09-25T23:42:33

    e em relação ao proclubs? Mudou algo?

  • Luiz Hernandes
    2018-09-25T23:32:18

    Eu tenho o Fifa 15 e o 18 prefiro mil vez o 15,ele e mais rápido p jogo melhor mesmo,agora o 18 e uma lerdeza de mais.

  • Johnny Brandão
    2018-09-25T12:54:37

    Na verdade se alguém achar que não vale a pena é só não comprar, porque diferente do PES que abandona o suporte para seus títulos antigos , vc consegue jogar online ainda até no FIFA 13.

  • Comentador Franco
    2018-09-25T22:42:07

    Como o jogo ganha 9 com tantos problemas? Não vejo mais motivos pra comprar jogo de futebol há 2 anos, só lançam meros patches todo ano.

  • Ivann Lukas
    2018-09-25T21:02:26

    Melhor esperar pelo Fifa 2020.

  • Tales Issa
    2018-09-25T20:12:40

    "omo Manager, tudo ficou mais simples do que antes. Agora, para contratar um jogador não há tantas burocracias de contratos, tudo é praticamente preenchido de uma forma automática." Não tinha o que escrever e inventou isso? Está a MESMA COISA do 18. Mesmas falas, mesmas reações.... A única coisa que está diferente é na hora de trocar de jogadores, eles oferecem mais posições para efetuar a troca. Vou mandar a real pros outros: Modo carreira do FIFA 19 está quase a mesma coisa do FIFA18. Únicas diferenças: Tem mais animações e a Champions/Euro League agora são licenciadas

  • Mks Suspensao
    2018-09-25T18:51:13

    Ivarov; Valeny, Jaric, Stemer; Dodo, Youga, Espimas, Ximelez e Miranda; Ordaz e Castolo - Melhor time da história!