Publicidade

Por Fernando Motta; Por TechTudo


O E78 da Freecell é um aparelho de celular que foi recentemente homologado pela Anatel e, com isso, vem sendo vendido em grandes lojas, na Internet e fora dela. Mas não se deixe enganar por isso: o aparelho passa longe da qualidade conhecida por todos e encontrada em grandes marcas atualmente no mercado, como Motorola, Nokia, Samsung ou LG.

Em primeiro lugar na listagem dos problemas encontrados, vem a duração da carga bateria, que mesmo com pouco uso em chamadas de voz, dura em média 2 dias. Em seguida, temos diversos outros tipos de problema, como por exemplo, o português mal traduzido dos menus e do manual, onde “Diversão” se tornou “Divertimento” e “Lista telefónica” vem exatamente assim, com o acento circunflexo no lugar do agudo. Isso sem conta na tentativa de enganar o comprador, anunciando uma câmera de 3 mega pixel que na realidade é VGA (640 x 480).

freecell E78 (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Armazenamento

A memória interna é muito pequena, de apenas 300 KBytes, sendo necessário o usuário adquirir um cartão SD separado, que não acompanha o aparelho. Ele aceita cartões do tipo MicroSD de até 2 GBytes.

Câmera

O aparelho possui 2 câmeras, uma frontal e uma traseira. O anunciado no produto é que a capacidade delas é de 3 mega pixel na câmera traseira e 2 na frontal, mas isso não é comprovado na prática. Elas não suportam resolução maior que 640 x 480 (padrão VGA) quando é acessado o menu que seleciona a qualidade da foto. Ou seja: a qualidade que é anunciada é falsa.

Multimídia

Com uma memória interna de apenas 300 KBytes, é impossível ao usuário poder apreciar uma música MP3 tocada no E78 sem que seja necessário adquirir um cartão de memória, pois o aparelho não vem com nenhum. E se o fizer, não terá muito suporte, pois o player de música é bastante fraco, não oferecendo recursos como equalizador, visualizador de capas da tag ID3 ou outros encontrados na grande maioria dos aparelhos.

A parte boa vem do sintonizador de TV analógica (não há suporte para TV digital). Mas não espere encontrar qualidade no sintonizador de TV, pois o espaço da tela é muito mal aproveitado, já que as imagens são exibidas na horizontal, o som fica chiando e a imagem com chuviscos.

Design e acessibilidade

O E78 não chega a ser feio. Tem um design limpo com o corpo preto e detalhes em prata. Porém, as teclas são muito pequenas e próximas, ficando difícil digitar os números. Enviar um SMS então se torna uma tarefa árdua. A tela tem 2 polegadas (240×320) e é razoavelmente grande, mas que de pouco adianta já que os recursos do aparelho não aproveitam bem esse espaço. Um ponto bastante fraco do design do aparelho é o peso. Com 100 gramas, ele pesa tanto quanto um smartphone. E falando em smartphone, a sua bateria dura tão pouco quanto à de um. Mas lembre-se: o Freecell E78 não é um smartphone.

Ficha técnica

Tabela

Tela 2 polegadas
Resolução de tela 240 x 320 pixels
Sistema operacional próprio
Rede GSM
Armazenamento 300 KBytes de memória interna, expansível até 2 GBytes via cartão MicroSD
Câmera 3 mega pixel (anunciado) 640 X 480 (real)
Flash sim
Conectividade Bluetooth, USB
Sincroniza com PC não
Dimensões 10,8 x 4,6 x 1,3cm
Peso 100 g
Autonomia de bateria 4 horas em conversação, 36 horas em stand-by Itens inclusos: cabo USB, fone de ouvido, manual
3

Design
4
Desempenho
3
Custo-benefício
3

Prós

  • * Entrada para dois chips.
  • * TV analógica.
  • * Memória expansível.
  • * 2 câmeras (traseira e frontal).
  • * Funciona como webcam para PC.

Contras

  • * Português mal traduzido.
  • * Bateria de pouca duração.
  • * Design simples.
  • * Pouca memória interna.

Mais do TechTudo