Celular

NOTA tt
8.8

Review Galaxy X

O Android 4.0 ICS rodando em sua melhor compilação "limpa" faz do Galaxy X o melhor smartphone Android do mercado. O novo Nexus é o mais rápido e tem um motor adaptado para seu corpo.

Rodrigo Bastos
por
em

O Galaxy X, conhecido como Galaxy Nexus lá fora, chega para manter a "classe e o prestígio" dos smartphones com a chancela do Google. Terceiro filho da família, depois dos irmãos mais velhos Nexus One e Nexus S, ele chega com a melhor experiência de uso do Android, dessa vez, trazendo a nova versão 4.0 Ice Cream Sandwich. Confira o review do Galaxy X feito pelo TechTudo.

Galaxy X, também conhecido como Galaxy Nexus (Foto: Allan Melo/TechTudo)Galaxy X, também conhecido como Galaxy Nexus (Foto: Allan Melo/TechTudo)


Não sabemos se a versão "abrasileirada" ("Galaxy X", confirmado pela Samsung Brasil), terá alterações tanto no software como no hardware. Mas pelas fotos do modelo exibido no site da Samsung e as descrições do modelo em páginas de sites americanos apuradas pela equipe do TechTudo, tudo indica que será idêntico. Só o nome teria mudado por questões de registro de marcas no Brasil, já que uma empresa chamada "Nexus Telecomunicações" teria registrado o nome "Nexus" antes, o que faz com ela tenha direito do uso desse nome em todo território nacional. A versão usada para os testes do Review é o modelo vendido nos Estados Unidos em modo desbloqueado, com 16 GB de memória interna.

Design

O Galaxy X é um smartphone leve e bonito. Apesar disso, o Galaxy S2, Galaxy Note, o Motorola Razr e o Sony Xperia S que vêm por aí brigam forte nesses quesitos. A grande vantagem do "nexus boy" são as suas bordas finas, que emolduram sua tela HD curvilínea.

A parte frontal é limpa por completo, sem botões físicos na parte de baixo, o que faz com o que o Nexus tenha uma tela maior do que a do Galaxy S2. Nos cantos superiores, não temos a "etiqueta" da empresa que fabrica o aparelho - como de costume. A marca da Samsung e do Google vêm atrás, acompanhadas do hyper skin, a superfície de plástico que aumenta o grip, também presente no Galaxy S2 e no Galaxy Note (ambos da Samsung).

O Nexus só possui botões físicos de ligar/bloqueio da tela e de volumes - os outros botões físicos se tornaram virtuais. Ao pressionar a linha final inferior da tela aparecem da esquerda para direta os três botões virtuais: Voltar, Home, e o de Janelas/Apps abertos.

O botão "menu/configurações" faz falta para quem já estava acostumado com outros modelos Android. Esse botão só é passível de ser acessado criando um atalho em uma das telas iniciais do aparelho, nem mesmo na janela de notificações você terá acesso a ele. A barra de "acesso rápido" para ligar e desligar funções como Wi-Fi, GPS, sincronização também sumiu dessa janela.

Software/Desempenho

O Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) do Galaxy X oferece um desempenho incrível. Isso acontece porque os modelos da família Nexus sempre trazerem o "Android puro" (é o sistema operacional limpo sem nenhuma alteração feita pelas empresas parceiras do Google.

O desempenho das conectividades do aparelho é muito bom, o GPS e a navegação na web ganham nota dez. Ambos são rápidos e com uma resposta muito boa. Não tivemos problemas com incompatibilidades na navegação em sites mais pesados com flash e vídeos. No quesito GPS, o sinal só foi perdido algumas poucas vezes em ambientes fechados, mas podemos garantir que foi um dos GPS de smartphones mais rápidos que já testamos.

Galaxy Nexus, ou Galaxy X, aqui no Brasil (Foto: Nick Ellis/TechTudo)Galaxy Nexus, ou Galaxy X, aqui no Brasil (Foto: Nick Ellis/TechTudo)


As interações e compartilhamentos com aplicativos do Google ficaram ainda mais completos, com foco voltado para sua rede social própria: o Google+. É possível fazer ligações com vídeo utilizando o "hangout" com até nove amigos. Não testamos o NFC, já que ainda não encontramos alguém que também tenha o recurso para poder testar a transferência de arquivos por proximidade.

Câmera

A câmera do aparelho é muito boa, apesar de ter apenas 5 megapixels, ao contrário de alguns concorrentes do momento, que já possuem câmeras com 8 megapixels. A função panorâmica chega como um diferencial, compensando a falta de fotos em modo widescreen na função normal da câmera. As ferramentas para efeitos "ao vivo" nos vídeos com captura HD (720p) e FullHD (1080p) são bem legais também.

O autofoco, mesmo na função vídeo, funciona muito bem, juntamente com o Flash LED nas fotos e captura de vídeos à noite. Na câmera frontal de 1.3 megapixels, o reconhecimento facial também faz bem o seu trabalho. Nesse caso em específico, o reconhecimento facial pode ser habilitado também para desbloqueio da tela ao ligar a tela, caso o usuário queira "tirar uma onda" na mesa de bar com os amigos. O modo, porém, consome mais bateria ao ter que ligar o sensor da câmera frontal toda vez que o dono precisar usar o aparelho. Habilitando esta função, o aparelho só entra na tela inicial se reconhecer o rosto de seu dono. Esta função ganhou o nome de "Face Unlock".

Bateria

A bateria de 1.750 mAh aguenta bem o tranco, suportando quase o dia todo, com 19 horas de duração em um dia normal de um usuário "heavy" que abre muitos e-mails, abre algumas vezes o Facebook, o Twitter, o Foursquare e ainda navega pela web ao longo do dia. No dia que rola ouvir músicas no Google Music ou as músicas salvas na memória interna, a bateria não "pede água" antes das 12 horas de uso extremo.

Custo-benefício

Que o Galaxy X vai chegar bem salgado ao mercado brasileiro, todos nós já podemos imaginar. Porém, ter o aparelho com melhor desempenho e design não é um sonho distante para todos os fãs e usuários do sistema Android. Quem já possui novos aparelhos com processadores dual-core não precisa se descabelar, pois todas as funções do novo sistema operacional serão realizadas com essa atualização em seus aparelhos.

Ficha técnica

 Tela 4,65 polegadas (1280 x 720 pixels)
 Armazenamento16 ou 32 GB
 RAM1 GB
 Câmeras 5 e 1,3 megapixels
 Bateria1.750 mAh
 Processador 1,2 GHz dual-core
 Sistema Operacional Android 4.0
Sensores  Acelerômetro, Gyro, Bússola, Sensor de proximidade, Barômetro  

Nota TechTudo

NOTA tt
8.8
Design
10
Desempenho
10
Tela
9
Câmera
7
Custo-benefí­cio
8

Prós

  • Corpo fino e curvado;
  • Tela Super AMOLED HD;
  • Hyper Skin aumenta o grip;
  • NFC;
  • Reconhecimento facial.

Contras

  • Caro;
  • Sem slot para cartões;
  • Câmera defasada;
  • Sem Rádio FM;
  • Sem teclado Swype.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares