Tablet

NOTA tt
9.0

Review Nexus 10

O Nexus 10 pode ser chamado de "tablet nota 10", pelo seu conjunto de hardware, software e desempenho. Com um valor bem mais barato que o seu concorrente da Apple, o gadget do Google com "Android puro" tem potencial para conquistar o mercado.

Rodrigo Bastos
por
em

O mercado de tablets ganhou um competidor de peso com o novo Nexus 10, fruto da parceria entre o Google e a Samsung. O dispositivo chega para brigar de frente com o iPad da Apple, que continua líder no segmento. O TechTudo elaborou este review com todos os detalhes do poderoso Nexus 10.

O Google aumentou sua família Nexus, que começou com o Nexus 7, passando pelo smartphone Nexus 4 em parceria com a LG e agora o Nexus 10. São 3 gadgets com tamanhos e configurações diferentes para a melhor escolha do usuário.

A escolha  

O iPad, assim como qualquer produto da Apple, é sempre a decisão mais fácil. Afinal, é um produto completo, poderoso, com uma experiência incrível de usabilidade. Mas chegou novembro de 2012 e o Google entrou na briga dos tablets 10 polegadas com força total. O Nexus 10, fabricado pela Samsung parece uma escolha razoável.

Nexus 10 ainda na caixa (Foto: TechTudo / Fabrício Vitorino)Nexus 10 ainda na caixa (Foto: TechTudo / Fabrício Vitorino)


O difícil seria encomendar o gadget: já nas duas primeiras semana de vendas, entre os dias 13 e 27 de novembro, o Nexus 10 estava esgotado. Mas, por um golpe de sorte, conseguimos encomendar o aparelho e ele chegou em uma caixa discreta e elegante, a nosso quarto de hotel. Depois de "logado", estava ali, na nossa frente, todo o ecossistema Android de nossos celulares. Com as senhas e configurações de Wi-Fi e apps. Tudo.

Design  

Nexus 10 (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Carcaça emborrachada do Nexus 10 (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Sua carcaça emborrachada na traseira, de cara, já dá uma melhor "pegada" ao segurar o tablet, se comparado com o iPad. Com um acabamento de plástico, traz ainda bordas arredondadas e uma usabilidade ainda mais confortável na hora de ler ou navegar.

Pesando apenas 603 g, seu corpo mais enxuto, ganha do iPad por 59 g, o que faz dele o tablet de 10 polegadas mais leve e poderoso do mercado. O botão de liga/desliga/bloqueio fica no topo do aparelho. Os outros botões e conexões encontram-se em suas laterais: controle de volume, entrada microUSB, saída microHDMI, entrada para fone de ouvido e seis pequenos conectores na parte inferior, que servirá para um futuro dock.

Software e desempenho  

Nexus 10 (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Nexus 10 chega com o Android 4.2 limpo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

O Android vem limpo com a última versão, 4.2 (Jelly Bean). A barra de aplicativos traz alguns apps do Google, mas podem ser trocados por qualquer outro da opção do usuário. Uma outra grande vantagem da versão Jelly Bean é a utilização de multi usuários, facilitando ainda mais a vida para quem precisa dividir o gadget com seus familiares.

O software se mostra bem mais completo que as versões passadas, só falhando nos codecs do player de vídeo. O Google Now, que funciona muito bem no Nexus 10, é um serviço que, a cada dia que passa, se torna ainda mais útil para usuários de smartphones e tablets, embora ainda não esteja totalmente adaptado ao mercado brasileiro - ainda se confunde com lugares, medidas, distâncias e tudo mais que se possa imaginar.

A barra com botões virtuais traz apenas três funções:

- Botão voltar: leva o usuário para última tela visualizada naquele momento;
- Botão "home": fecha tudo que está aberto na tela, voltando para a tela principal do tablet;
- Botão multitarefa: abre a janela com todos os apps que estão rodando em segundo plano. Para fechar cada um, o usuário só precisa arrastar o aplicativo a ser encerrado.

Com seu processador dual-core 1,7 GHz Cortex-A15 tudo fica simples e rápido: a edição imagens e vídeos com software próprio, a navegação, ao se assistir vídeos ou navegar no Chrome em HD.

Tela e câmera  

Melhor tela entre os tablets do mercado (Foto: Divulgação)Nexus 10 tem melhor tela entre os tablets do mercado (Foto: Divulgação/Samsung)


Sua tela tem a melhor resolução do mercado atualmente (com 300 dpi), ganhando da Retina do iPad e da tela do Kindle Fire HD. Com resolução de 2560 x 1600, os vídeos e fotos parecem saltar do display com a qualidade de imagem e nitidez. O Google também não esqueceu de proteger a tela contra arranhões, colocando o Corning Gorilla Glass 2 no Nexus 10.

As câmeras são de 1,9 megapixels, frontal, e a principal traseira, de 5 megapixels. Ambas tiram excelentes fotos quando se tem boa iluminação no ambiente. A frontal funciona muito bem para as conferências em vídeos pelo Google+ (tutorial de como utilizar o Hangout ).

Uma nova ferramenta da câmera principal, chamada de Photo Sphere, traz a possibilidade de se tirar fotos em 360º. Abaixo, veja um vídeo da nova ferramenta em funcionamento no Nexus 4, mas que funciona igualmente no Nexus 10.

Multimídia e Bateria  

Nexus 10 (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Alto-falantes frontais entregam uma boa qualidade de áudio ao Nexus 10 (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

A parte multimídia peca no player de vídeo, só rodando vídeos em formato .MP4. Os testes de vídeos em .MKV foram jogados para uma TV pelo adaptador microHDMI e diversos tamanhos em HD ou Full HD não rodaram. Os vídeos do loja do Google, a Play Store, rodaram sem problemas e nada de engasgos (mas dependem da conexão da Internet).

A qualidade do som é muito boa, graças aos dois alto-falantes frontais. Um dos melhores desempenhos de áudio já experimentados pelo TechTudo em um tablet. Praticamente dispensa docks em ambientes pequenos e não muito ruidosos.

A duração da bateria é muito boa: o Nexus 10 aguenta ficar longe da tomada por 8 horas em média, sob uso intenso. Mas se for utilizado poucas vezes ao dia, ela pode durar até uma semana com folga. A grande falha é a sua recarga, que traz uma demora excessiva para recuperar toda a energia. 

Conclusão

Os prós, sem dúvida, são a tela incrível, a leveza, o som e a rapidez. Além, é claro, do divertido Photo Sphere e da durabilidade da bateria, que deixa orgulhosos donos de iPad morrendo de inveja. Por outro lado, a "genial" ideia de usar microUSB para recarregar deve ser reconsiderada. A carga é extremamente demorada - se você vai recarregar durante a noite, sem problemas, mas aquela "carguinha extra" ao longo do dia não vai se tão rápida.

A câmera traseira atende bem - afinal, quem usa um tablet para tirar fotos? -, mas ainda perde para a do Asus Transformer, o grande tablet Android rival ao Nexus. A falta de portas de expansão também incomodam e "isolam" o tablet Google. Vale lembrar que elas estão presentes no Transformer, mas o fazem ficar mais pesado, mais grosso e mais monstrengo.

No geral, o Nexus 10 é, sem dúvida, o grande concorrente Android para o iPad. Começando pelo preço - US$ 100 a menos nos Estados Unidos - e terminando pela qualidade e potência do aparelho, sua versatilidade, flexibilidade e fluidez resultam em uma experiência incrível para o usuário. Puxar um Nexus 10, onde quer que se esteja, sempre faz as pessoas virarem os pescoços para espiar, sobretudo se você estiver assistindo a um vídeo.

Agora é esperar pelo Google decidir se vai importar de vez toda a sua nova família Nexus para o Brasil. Já se sabe que o Nexus 7 será trazido pela ASUS , mas ainda falta a confirmação do Nexus 4 e do Nexus 10.

Família Nexus do Google (Foto: TechTudo)Família Nexus do Google (Foto: Arte/TechTudo)

* Colaborou Fabrício Vitorino, de San Diego

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Design
9
Desempenho
10
Tela
9
Câmera
8
Custo-benefí­cio
9

Prós

  • Tela HD;
  • Gorilla Glass 2;
  • Android 4.2 limpo;
  • Carcaça emborrachada.

Contras

  • Carregamento lento;
  • Falta slot para expansão;
  • Sem opção 3G;
  • Poucos apps adaptados HD.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares