Notebook

NOTA tt
8.0

Review HP Pavilion dv6-3090br

Allan Melo
por
em

Notebook com tela sensível ao toque é a nova sensação, isso não há como negar. E se você sonha em ter um desses mas achava que o valor é um grande empecilho, então vale a pena você conhecer o notebook HP Pavilion DV6-3090BR.

O computador já vale pela sua configuração, que inclui o processador AMD Phenom II Quad-Core, 6 GB de RAM, um disco rígido de 1TB e gravador de DVD com leitor de Blu-Ray. Com o touchscreen de 15,6” de LED então, o Pavilion DV6 se torna uma ótima opção de compra, principalmente por conta dos gráficos discretos e do suporte à gestos (multitoques). Entretanto (claro, somos bem exigentes!), o que a gente queria é que ele tivesse uma resolução boa o suficiente para rodar filmes em qualidade Full HD. Mas está valendo.

Design e materiais

O design dos notebooks da série Pavilion geralmente dispensam comentários, mas o visual do DV6-3090BR merece uma atenção especial. Destoando do “tão comum” preto brilhante, este modelo da HP chama muita atenção por sua cor metálica, que ressalta ainda mais as curvas e contornos arredondados característicos dos notes desta série.

Isso, claro, sem contar com as linhas desenhadas em seu case, que dão um toque discretamente charmoso e colorido ao DV6, dependendo do ângulo que ele estiver posicionado. De lado, o notebook revela outra proeza: se manter fino, mesmo com a presença de um drive de DVD/Blu-Ray.

HP Pavilion dv6-3090brHP Pavilion dv6-3090br (Foto: Divulgação)

Ergonomia e manuseio

O teclado é bem distribuído, e além de macio e confortável, vem com alguns botões extras para inicialização rápida de funções e aplicativos básicos, como e-mail, navegador de internet e player de música. Não há o que reclamar deste teclado, e o mesmo vale para o touchpad, que conta com um manuseio bem fluido e suporte a múltiplos toques.

Seu peso de 2,48 kg é aceitável, mas não recomendamos que você o apoie com apenas uma mão, nem que o coloque junto com muitos outros objetos dentro da mochila. A única coisa que nos desagradou na experiência de uso do notebook é culpa da bateria: por conta de sua autonomia de pouco mais de uma hora (mesmo contando com 6 células), o DV6-3090BR praticamente nos obriga a andar sempre com o seu carregador.

Tela

É o grande destaque e a grande decepção do Pavilion DV6-3090BR. Sua tela sensível ao toque é incrível, e a sensação de poder interagir diretamente pelo monitor deixa qualquer conteúdo em Flash ou HTML5 ainda mais interessante. A brincadeira fica ainda mais legal quando se experimenta alguns gestos, como o zoom, controlado pelo movimento de pinça - recurso este que certamente será bem apreciado por quem trabalha com computação gráfica, arquitetura ou design.

Mas mesmo vindo com um leitor de Blu-Ray, processador Quad-Core e 6GB de memória RAM, é decepcionante saber que a resolução não passa de 1366 x 768. E o que isso quer dizer? É bem simples: este “notebook multimídia de alta performance” não é capaz de reproduzir vídeos em HD 1080p! Isso torna o Blu-Ray um mero chamariz para compra, já que você não poderá aproveitar tudo o que ele pode te oferecer em termos de qualidade.

Recursos externos

O Pavilion DV6-3090BR vem com diversas opções conexões externas, tendo como opções físicas o VGA, os 4 USB, além de portas eSATA e HDMI; a grande maioria delas posicionadas na lateral esquerda do notebook. Nas conexões sem fio, é claro, entram na lista os ‘obrigatórios’ Wi-Fi e Bluetooth. Apenas sentimos falta de uma entrada óptica, que seria perfeita para colocar em um pequeno Home Theater.

Depois das portas, merece destaque o leitor biométrico SimplePass com LED que, trabalhando em conjunto com o software da HP, aumentam bastante a segurança de acesso. Um recurso muito interessante é gerenciamento de senhas da internet, bastando apenas colocar o dedo no leitor.

Desempenho

O processador AMD Quad-Core, munido dos 6GB de memória RAM DD3 e do HD de 1TB, fazem um trio perfeito para que o Pavilion DV6-3090BR tenha um ótimo desempenho em trabalhos pesados (como modelagem 3D). O casamento do Dolby Advanced Audio com os altofalantes Altec Lansing dão uma boa sensação de surround. Além disso, ele possui uma ótima resposta na reprodução dos filmes (apesar de não rodar vídeos em Full HD), que ganham ainda mais beleza com os processadores de gráficos discretos, também úteis para jogos e edição de fotos.

Ficha técnica

Tela 15,6” LED
Resolução máxima 1366 x 768
Sistema operacional Windows 7 Professional 64-bit
Processador AMD Phenom II Quad-Core Mobile P920 1,6 Ghz
Memória RAM 6 Gb DDR3
Vídeo Gráficos ATI Mobility Radeon HD 4250
Mídia ótica DVD R/+R/-R/RW com suporte a camada dupla e leitor de Blu-ray
Armazenamento HD SATA de 1 TB com 5.200 rpm
Webcam 2 megapixels
Conectividade 4 USB 2.0 (uma delas compartilhada com a porta eSATA), 1 porta HDMI, 1 VGA (15-pin), 1 RJ-45 (LAN), 1 saída para fones de ouvido, 1 entrada para microfone
Dimensões 37,8 cm (L) x 24,5 cm (C) x 3,08 - 3,6 cm
Peso 2,48 kg
Autonomia de bateria Íon-lítio de 6 células
Itens inclusos Manual, carregador e cabo de força

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Design
9
Funcionalidades
7
Desempenho
9
Custo-benefício
8

Prós

  • * Tela LED sensível ao toque.
  • * HD com 1 Tera de espaço.
  • * Ótima qualidade de som.

Contras

  • * Não tem resolução Full HD.
  • * Bateria dura pouco.
  • * Saída de áudio só para fones.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares