E-reader

NOTA tt
6.0

Review iRiver Story

O iRiver Story é uma opção para quem quer um leitor de livros eletrônicos frente aos poucos modelos disponíveis no mercado. Apesar dos preços dos livros digitais ainda serem bastante elevados e de ainda existirem poucas editoras que queiram apostar no formato digital...

Eduardo Moreira
por
em

O iRiver Story é uma opção para quem quer um leitor de livros eletrônicos frente aos poucos modelos disponíveis no mercado. Apesar dos preços dos livros digitais ainda serem bastante elevados e de ainda existirem poucas editoras que queiram apostar no formato digital de publicação, esse produto atendende basicamente a demanda dos usuários brasileiros.

Tela e Acessibilidade

O iRiver Story possui tela de 6 polegadas com a tecnologia E-Ink. Muitos preferem esse tipo de tela, pois não causam tanto cansaço quanto uma tela em LCD com retro-iluminação.

De fato, a leitura no e-reader é muito prazerosa. É possível ler um livro por horas sem sentir nenhum tipo de cansaço visual. Além disso, as telas de E-Ink são bem mais baratas, e isso reflete no preço do produto. O tamanho da tela oferece uma boa visualização das informações exibidas, e os recursos de zoom e contraste podem tornar a experiência ainda melhor.

iriver_story-1_1iRiver Story (Foto: Divulgação)

O produto possui um simples sistema de menus para acesso aos seus recursos. Os itens são exibidos em lista, e podem ser selecionados através das setas do seu teclado físico. Em alguns itens, você tem um pequeno menu de opções adicionais. Tudo muito simples, fazendo com que usuários leigos não tenham dificuldades em manusear o produto.

O ponto de observação é que a performance do sistema não se apresenta tão ágil quanto se deseja. Há um certa lentidão entre as mudanças das páginas dos livros abertos e das telas do sistema. Ainda assim, para um produto onde a principal função é a leitura de livros (e, por consequência, só vamos mudar de página de vez em quando), essa lentidão não deve ser um grande problema para a maioria dos usuários.

Funcionalidades

O iRiver Story é capaz de ler até 16 formatos diferentes de arquivos, o que tornando-o compatível com os formatos de texto, áudio e imagem mais populares do mercado. Para a maioria dos usuários, os formatos suportados são mais do que suficientes.

Sua autonomia de bateria é boa: você pode ler por até 4 horas por dia, durante uma semana, sem precisar recorrer a uma tomada, ou ir até o limite de 9 mil páginas viradas.

Além de ser um leitor de livros eletrônicos, o aparelho é um player de MP3, com autonomia de bateria de até 24 horas contínuas de música. Ou seja: você pode ouvir músicas enquanto lê o seu livro.

O modelo ainda vem com um gravador de voz, que pode ser útil em algumas situações específicas, como entrevistas e palestras; além dos modos memorando, que permite anotações através do teclado QWERTY, e agenda, para organizar as suas atividades pessoais e profissionais diretamente no e-reader. 

iriver_story-1_2iRiver Story (Foto: Divulgação)

O grande problema aqui é o seu teclado QWERTY físico, que apesar de ser melhor que os teclados virtuais, acaba tendo uma resposta lenta de digitação por consequência da lentidão do seu sistema. Digitar no iRiver Story não é uma das experiências mais prazerosas, mas também é possível relevar essa característica, já que o ponto principal do produto é ser um leitor de livros eletrônicos, e não uma ferramenta de produção de textos.

Sua exibição de imagens também é limitada, já que estamos falando de um produto com uma tela E-Ink. Logo, essa função só está presente para a exibição básica de revistas em quadrinhos e livros com imagens.

Armazenamento e Conectividade

O modelo enviado para testes possui capacidade de armazenamento de 2 GB, com slot para cartões de memória de até 32 GB (em SDHC), o que é um excelente espaço de armazenamento de livros e documentos - que, por natureza, são arquivos de tamanho muito pequeno.

Talvez o maior problema do produto seja a ausência de conectividade com a web. Apesar da existência de uma versão do iRiver Story que possui acesso à internet via Wi-Fi, esse recurso não estava presente no modelo analisado, e nas lojas virtuais que consultamos a única opção disponível era justamente a do modelo sem conexão. Em tempos onde a internet é ferramenta essencial para a busca de conteúdo, esse pode ser o principal motivo para que usuários mais exigentes se afastem do modelo. Para os usuários mais simples, ou que estão começando a investir em e-books, o fato de ter que adicionar os arquivos do computador no cartão de memória não deve causar grandes incômodos.

Custo-benefício

O iRiver Story possui uma boa relação custo-benefício, já que as demais opções de e-readers do mercado brasileiro são de modelos “alternativos”, com menos funcionalidades e uma performance inferior. A média de preço do modelo é de R$ 699,00, e com o seu formato elegante e custo baixo, pode ser uma interessante opção de compra para uma boa parcela de usuários.

Ficha técnica:

Tela:  6 polegadas  
Tipo de tela: E-Ink  
Resolução: 600 x 800 pixels  
Dimensões: 127 x 203,5 x 9,4 mm  
Peso: 284 gramas  
Memoria interna: 2 GB (até 1.500 livros)  
Capacidade de expansão de memória: Até 32 GB  
Conectividade: USB 2.0
Autonomia de bateria: Até 9 mil páginas viradas, até 24 horas de reprodução de música ou até 5 horas de gravação de áudio  
Teclado: QWERTY físico  
Itens inclusos: Cabo usb, guia de consulta rápida e garantia  

Nota TechTudo

NOTA tt
6.0
Design
7
Desempenho
6
Custo-benefício
7

Prós

  • * Peso ideal para transporte;
  • * Recursos adicionais;
  • * Alta compatibilidade.

Contras

  • * Lentidão do sistema;
  • * Pouca assistência técnica;
  • * Teclado pouco sensível.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares