Armazenamentos

NOTA tt
9.0

Review Kingston SSDNow V Series 128GB SSD

Aproveitando que os preços dos SSDs estão caindo bastante e dispositivos na faixa de 128 GB já estão consideravelmente acessíveis, a equipe do TechTudo testou alguns desses aparelhos como o Kingston SSDNow V Series 128GB.

Gustavo Ats
por
em

Comparado com um disco rígido tradicional, um Solid State Drive (SSD) pode facilmente acelerar o desempenho, eliminar o ruído, e ser uma solução mais robusta para a rotina diária. Não é de admirar que os SSDs são uma das tecnologias de computador mais esperados desta década.

Aproveitando que os preços dos SSDs estão caindo bastante e dispositivos na faixa de 128 GB já estão consideravelmente acessíveis, a equipe do TechTudo testou alguns desses aparelhos como o Kingston SSDNow V Series 128GB.

Esse modelo da Kingston tem um bom diferencial da maioria dos modelos: um software que facilita bastante a migração entre um HDD e um SSD. Útil para quem não tem tempo ou tem preguiça de migrar o sistema e falaremos dele mais pra frente.

Kingston SSDNow (Foto: Divulgação)Kingston SSDNow  (Foto: Divulgação)

Desempenho

Bem mais importante do que o design geral de um "paralelepípedo" que vai ficar escondido dentro de um computador é o seu desempenho, certo?

Então, fizemos os testes num computador Core 2 Duo E4300 (é, bem artiguinho) com 2GB de RAM, Windows Seven Professional X64 e utilizamos alguns benchmarks.

Segundo o HD Tach 3, a velocidade de leitura do HD é de 125 Mb/s e de escrita de 45 Mb/s, além de ter uma velocidade de acesso aos dados de 0,1ms. Para efeitos de comparação, um HDD Samsung de 1TB teve velocidade de escrita de 66 Mb/s, de leitura de 75 Mb/s e velocidade de acesso 22 ms.

Sim, o HDD Samsung ainda consegue gravar os dados um pouco mais rápido do que o SSD, mas a velocidade de leitura e tempo de acesso do SSD são bem melhores e isso dá uma melhorada considerável no sistema.

Falando no sistema, o uso do SSD reduziu em 65% o tempo de boot do Windows Seven e em até 75 % a abertura de programas como o Microsoft Office e o Photoshop.

A temperatura do SSD foi monitorada com um termômetro infravermelho. Não houve uma alteração significativa no SSD, mas o HDD aqueceu bastante.

Em testes num notebook (Samsung Q320) houve um aumento de 23% na duração da bateria e o desempenho geral do note teve uma melhora de até 50% (considerando velocidade e estabilidade).

A facilidade de instalação também é ótima. Quando você coloca o SSD num desktop, pode usar um programa que vem junto com o SSD para migrar os dados, o Acronis True Image HD, que tem uma interface bem parecida com a do Windows XP. Testamos a clonagem do HD que foi feita com êxito. Claro que seu HD tem que ter menos dados do que o SSD comporta.

Nos nossos testes, usamos o HD Samsung de 1TB com 64GB usados na partição do sistema (250GB total) A cópia foi feita de forma bastante rápida e fácil.

Para testar a inteligência do programa, pegamos um outro HD, de 320GB Western Digital com apenas 12 GB livres e mandamos o computador fazer a clonagem dos dados. Como era de se esperar, ele não conseguiu e mostrou uma mensagem de erro.

Custo-benefício

O software incluso é o Acronis True Image HD, avaliado por si só em 40 dólares (mais ou menos R$ 65,00) e o SSD custa em média R$ 700,00 no Brasil. Nos Estados Unidos, o mesmo drive custa US$ 256,00, o que equivale a R$ 422,00.

Se você comparar com um HD, o valor é meio alto, mas o benefício vem com o aumento do desempenho geral do computador

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Design
9
Funcionalidades
10
Desempenho
9
Custo-benefício
8

Prós

  • * Ótimo desempenho.
  • * Baixo consumo de energia.
  • * Sem ruído.
  • * Software para clonagem incluído.

Contras

  • * Caro.
  • * Pouco espaço de armazenamento.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares