Armazenamentos

NOTA tt
8.3

Review LaCie CloudBox

HD externo promete salvar todos os arquivos do computador do usuário sem usar fios. Será que vale a pena? Confira o teste do TechTudo.

Elson de Souza
por
em

O CloudBox é um HD externo da LaCie que promete oferecer flexibilidade e diversas funções aos usuários via Wi-Fi. Disponível em versões que variam entre 1 e 4 TB, o equipamento é uma boa pedida para quem não quer ficar presos a cabos USB dos discos convencionais e nem quer apostar todas as suas fichas na nuvem. No entanto, será que vale a pena comprar um CloudBox? O TechTudo testou o equipamento e traz os pontos fortes e fracos do aparelho.

Design

O CloudBox é um dispositivo feito para não chamar muita atenção na sala de estar do usuário. Com um design bem quadradão, o aparelho traz um corpo branco e sem nenhuma escritura aparente ou desenho que indiquem o que ele se trata. Na parte frontal, há apenas uma faixa luminosa que indica quando o aparelho está em atividade, enquanto a parte traseira traz apenas a conexão de rede, o cabo de energia e um botão para desligar.

LaCie Cloudbox (Foto: Elson de Souza/TechTudo)LaCie Cloudbox é um HD de mesa (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Quem gosta de dispositivos pequenos, porém, deve se decepcionar. O CloudBox tem um tamanho considerável: são 11,7 centímetros de largura, 4,5 cm de altura e profundidade de 19,3 de profundidade, lembrando bem uma caixa de celular das maiores. Sendo assim, o aparelho é feito para ficar preso na sua sala de estar ou quarto, sendo pouco indicado para viagens. O seu peso é de 950g.

Instalação

O processo de instalação do CloudBox é surpreendentemente simples. Para começar, o HD deve ser conectado em uma das portas de rede do seu modem Wi-Fi através do cabo que o acompanha. Feito isso, tudo o que o usuário precisa fazer é aguardar que o dispositivo reconheça a rede a que foi conectado e pare de piscar o seu LED frontal.

LaCie Cloudbox (Foto: Elson Souza/TechTudo)LaCie Cloudbox se conecta ao modem Wi-Fi (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Para que o Windows reconheça o HD externo, no entanto, o usuário precisa habilitar que o sistema faça busca por outros computadores na rede até que o HD seja exibido. A última etapa exige apenas o acesso ao software do dispositivo para um usuário administrador. Pronto!

Outro ponto bastante positivo no equipamento da LaCie é que ele chega equipado com conjunto de tomadas encaixáveis para diversos padrões internacionais, incluindo o brasileiro. Ou seja, uma dor de cabeça a menos caso o usuário pretenda viajar para outros países junto com o HD. A reinstalação, aliás, exige apenas a conexão do aparelho com uma nova rede.

Software e Funcionalidades

Ao contrário de muitos equipamentos, o CloudBox não exige a instalação de nenhum programa para que o usuário possa acessá-lo: tudo pode ser feito a partir do navegador. Nele, é possível editar as configurações gerais do dispositivo, verificar o status da rede, conferir informações sobre o armazenamento do aparelho e receber suporte.

O Lacie CloudBox conta com Dashboard onde usuário pode administrar o aparelho (Foto: Reprodução/Elson de Souza) (Foto: O Lacie CloudBox conta com Dashboard onde usuário pode administrar o aparelho (Foto: Reprodução/Elson de Souza))O Lacie CloudBox conta com Dashboard onde usuário pode administrar o aparelho (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

O HD externo da LaCie trabalha ainda com um sistema que permite que cada usuário tenha seus arquivos pessoais armazenados separadamente e protegido por senhas, tanto no navegador como Windows Explorer. Há também as pastas compartilhadas, como a Familiar, que dá acesso livre aos arquivos armazenados nela.

Para os amantes de fotos, há ainda uma grata surpresa. O CloudBox possui um editor de fotos gratuito batizado de Pixlr. Com ele, é possível editar as fotos com ferramentas completas e bastante similares às encontradas no Adobe Photoshop. Além disso, é possível abrir ou salvar fotos tanto fora como dentro do HD externo.

Lacie conta com editor Pixlr embutido no explorador de arquivos do HD (Foto: Reprodução/Elson de Souza) (Foto: Lacie conta com editor Pixlr embutido no explorador de arquivos do HD (Foto: Reprodução/Elson de Souza))Lacie conta com editor Pixlr embutido no explorador de arquivos do HD (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Outras funcionalidades interessantes incluem ainda a transferência de arquivos via torrent diretamente para o HD e backup de segurança do CloudBox para outros dispositivos. O dispositivo trabalha ainda com um modo de economia de energia que desliga o disco rígido após algum tempo de inatividade.

Por fim, o CloudBox pode ser usado tanto para as ferramentas de backup do Windows como a do Mac OS, o Time Machine. Com isso, o HD externo sem fio pode ser uma ótima opção para quem deseja proteger seus arquivos, mas não quer ser obrigado a conectar seu cabo USB cada vez que queira fazer uma cópia do sistema.

Desempenho

Uma dos dos grandes receios ao comprar um HD externo sem fio é, sem dúvidas, a velocidade de transferência do aparelho. De fato, a ausência de conexões com fio fazem com que a transmissão seja consideravelmente mais lenta do que via USB, especialmente durante a transferência de arquivos muito grandes.

CloudBox tem taxa de transferência bem abaixo do que HD USB (Foto: Reprodução/Elson de Souza) (Foto: CloudBox tem taxa de transferência bem abaixo do que HD USB (Foto: Reprodução/Elson de Souza))CloudBox tem taxa de transferência bem abaixo do que HD USB (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Durante testes do TechTudo, foram transferidos dois arquivos de vídeos com 1,11 GB no total. O CloudBox alcançou uma velocidade média de 5,6 Mbps e fez toda a transferência em cerca de três minutos e meio. Já um HD convencional com USB 3.0 gastou muito abaixo do rival: menos de um minuto, com uma velocidade de 21,5 Mbps. Em um teste mais pesado, com cerca de 600 GB de dados, o tempo de espera estimado chegou a 12 horas.

Embora a  velocidade do CloudBox esteja um pouco longe dos 7,5 Mbps prometidos pela fabricante, é preciso considerar os múltiplos fatores que podem influenciar na mesma. A começar pelo modem Wi-Fi e a qualidade do sinal que chega ao seu computador, bem como possíveis barreiras físicas.

Smartphones e tablets: suporte insuficiente

Um ponto negativo que chamou a atenção no aparelho da LaCie é a ausência de um bom suporte para smartphones e tablets. O CloudBox possui apenas um aplicativo compatível com o iOS, mas que não é atualizado desde 2012. Quem quiser acessar o seu dispositivo através de telefones, pode o fazer pelo navegador. No entanto, essa está longe de ser uma boa solução em um mundo dominado pelos gadgets.

LaCie Cloudbox (Foto: Elson de Souza/TechTudo)LaCie Cloudbox só é compatível com iOS (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Conclusão

Vendido no Brasil com preço inicial de R$ 764 (1TB), o LaCie CloudBox é um produto com muitos pontos positivos e algumas falhas para o que se propõe. No que diz respeito à velocidade, o HD externo oferece uma qualidade satisfatória para a maior parte do tempo. O streaming através do dispositivo é fluido, as fotos são abertas com agilidades e arquivos pequenos ou médios não demoram a ser transferidos.

De forma geral, o produto consegue se mostrar uma alternativa agradável para quem não quer ficar preso a cabos USB e nem quer apostar todas as suas fichas na conexão à Internet e no armazenamento na nuvem. Mas nem tudo são flores: caso você tenha alguma queda de energia ou defeito no modem, as chances de que seus dados fiquem inacessíveis temporariamente são grandes, já que não há uma porta USB para esses casos.

Por fim, é preciso destacar que ele não é um produto essencial para o consumidor mais básico e com poucos aparelhos. O CloudBox é ideal para pessoas que precisam estocar uma grande quantidade de dados sem depender da nuvem, que querem acessá-los à distância ou simplesmente compartilhá-los com a família ou entre eletrônicos em uma mesma casa. Outro grupo que tende a se beneficiar são os donos de ultrabooks, que trazem discos cada vez mais sacrificados em busca de uma maior portabilidade.

LaCie Cloudbox (Foto: Arte/TechTudo)LaCie Cloudbox (Foto: Arte/TechTudo)

Nota TechTudo

NOTA tt
8.3
Design
9
Funcionalidades
9
Desempenho
8
Custo-benefício
7

Prós

  • Fácil de instalar
  • Bastante flexível
  • Editor de fotos embutidos
  • Velocidade satisfatória

Contras

  • Sem suporte à smartphones e tablets
  • Sem saída USB para emergências
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rogerson Miotto
    2015-09-09T12:22:56

    Ô produção!!!!!! Não seria TB em vez de GB? Alou alou estagiandos, corrijam seus chefes, às vezes eles não enxergam um palmo na frente porque estão 'atucanados'...