Jogos de tabuleiro

NOTA tt
7.8

Review Mario Party 10

Famoso jogo de tabuleiro chega ao Wii U com várias novidades, suporte a amiibo e bom uso do Gamepad. Confira a análise.

Thomas Schulze
por
em

Mario Party 10 é a primeira incursão da aclamada franquia multiplayer no Nintendo Wii U. Cheio de novidades e apostando no potencial do gamepad, o jogo da Nintendo permite que até cinco jogadores assumam o controle de Mario e sua turma em divertidas partidas ao redor de tabuleiros bem criativos. Confira o review completo:

Mario Party 10 traz novos modos no Gamepad

Desde 1998, quando apareceu no Nintendo 64 pela primeira vez, a franquia Mario Party virou sinônimo de jogatina multiplayer extremamente divertida. Era ótima pedida para juntar os amigos e passar a tarde inteira em competições em intensos minigames.

Todos andam juntos pelos tabuleiros de Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)Todos andam juntos pelos tabuleiros de Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)

Cada console que a empresa lançou posteriormente ganhou versão da série, sempre aproveitando os recursos dos videogames para criar uma jogabilidade única. É claro que não foi diferente no Wii U, que transformou o joystick em forma de tablet.

E vai rolar a festa

Graças ao poder do Gamepad, Mario Party 10 conta com recursos inéditos que dão uma bela sacudida na fórmula já conhecida do público. É verdade que a jogabilidade básica ainda consiste em rodar por tabuleiros e tentar pegar o máximo possível de estrelas para ser o vencedor, mas há várias novidades.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

A maior delas é o modo Bowser Party, que coloca o jogador em posse do Gamepad na pele do arqui-inimigo dos irmãos Mario. Enquanto outros quatro jogadores ou a CPU lutam para somar estrelas, o jogador no controle do rei dos Koopa fica incumbido de sabotar a jogatina alheia, o que rende muitos risos e caos.

Também há suporte a bonecos no modo amiibo Party. Ao encostar os brinquedos no Gamepad, a tecnologia NFC permite que eles atuem como peças nos tabuleiros. A ideia é bacana, especialmente por cada mascote da linha ter sua própria arena temática, mas ela esbarra em alguns problemas.

Os principais modos de jogo de Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)Os principais modos de jogo de Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)

Ser obrigado a encostar os bonecos no Gamepad no início de cada turno é bem enjoativo, frustrante e confuso , e é lamentável também que todas as fases tenham sido construídas sobre uma mesma estrutura. Isso obriga os jogadores a revisitarem o mesmo molde de tabuleiro quadrado em cada partida, independente do tema da fase.

Corrida maluca

O modo de jogo principal ainda se chama Mario Party e traz os maiores e mais complexos tabuleiros do game. Como em Mario Party 9, os quatro competidores se acomodam em um mesmo veículo, o que faz com que cada arremesso dos dados afete os demais personagens.

Os diferentes dados coletados ao longo do percurso atuam como power ups, e podem multiplicar o resultado obtido no arremesso, limitar as faces dos dados a certos algarismos ou ainda reduzir a sua velocidade de rotação para acertar mais facilmente o número desejado.

Mario Party 10 conta com uma boa variedade de mapas (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)Mario Party 10 conta com uma boa variedade de mapas (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)

Infelizmente, a manipulação dos dados é a única forma de alterar sutilmente o caminho nos tabuleiros do game. Era bem mais divertido quando as fases estavam repletas de atalhos e rotas alternativas, o que dava certa vantagem tática aos jogadores mais experientes. Nesse novo modelo as rodadas ficam bem mais casuais.

Minigames, grande diversão

Os jogos da série Mario Party costumam ser avaliados e lembrados pela qualidade de seus minigames, e ao menos nesse departamento é fácil afirmar que Mario Party 10 figura entre os melhores da franquia.

Mario Party 10 conta com dezenas de ótimos minigames (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)Mario Party 10 conta com dezenas de ótimos minigames (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)

Misturando sorte e adrenalina na medida certa, os jogos estão menos repetitivos e cansativos que os dos games anteriores, usando muito bem os sensores de movimento do Wiimote para causar aquela sensação que existia nos tempos do Wii. É comum precisar virar o controle e sacudir os braços freneticamente para ser o vencedor.

Ao fim da jogatina, ainda é possível visitar o Toad’s Shop para trocar suas Mario Party Coins por extras bem legais, como novos heróis, níveis de dificuldade, itens e músicas para ouvir quando quiser. Há a possibilidade de comprar modelos de personagens, usá-los num pequeno estúdio fotográfico e postar os melhores resultados na rede social Miiverse.

É preciso sorte e talento para vencer em Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)É preciso sorte e talento para vencer em Mario Party 10 (Foto: Thomas Schulze/TechTudo)


Conclusão

Mario Party 10 é uma das melhores opções do mercado para quem quer curtir uma tarde de jogatina em família. Carismático e cheio de minigames instigantes, o game tem tudo para agradar o público mais casual, mas pode irritar quem busca profundidade ou sólida experiência para jogar sozinho. Pelo menos o Gamepad traz frescor à fórmula e ajuda a mascarar seu desgaste.

Mario Party 10 faz valer a compra de um Wii U? Opine no fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
7.8
Gráficos
8
Jogabilidade
7
Diversão
9
Som
7

Prós

  • Usar o Gamepad para jogar como Bowser e zoar os amigos
  • Suporte a amiibo
  • Minigames criativos e divertidos
  • Partidas imprevisíveis e cheias de reviravoltas
  • Incrivelmente divertido quando jogado em grupo

Contras

  • Ausência de rotas alternativas nos tabuleiros
  • Arenas repetitivas no modo amiibo Party
  • Ainda é bem entediante se jogado sozinho
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares