Jogos de esporte

NOTA tt
6.0

Review Mario Tennis Open

Mario e seus amigos voltam às quadras em Mario Tennis Open para Nintendo 3DS. O jogo mostra o lado esportivo da turma do bigodudo em partidas de tênis por todo o mundo mágico da franquia.

Felipe Vinha
por
em

Review: Mario Tennis Open
Gênero: Esporte
Distribuidora: Nintendo
Plataforma: Nintendo 3DS

Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)

Mario e seus amigos voltam às quadras em Mario Tennis Open para Nintendo 3DS. O jogo mostra o lado esportivo da turma do bigodudo em partidas de tênis por todo o mundo mágico da franquia. Confira:

Mario Nadal?

Não é de hoje que a Nintendo coloca Mario e seus amigos em jogos fora do gênero de aventura. E tão pouco é a primeira vez que o bigodudo encara uma quadra de tênis com seus amigos. Tudo começou em 2001 quando o primeiro título chegou ao Nintendo 64. Na ocasião, diante de poucos títulos consagrados no gênero, por incrível que pareça, o jogo da Nintendo era considerado um dos melhores.

Os anos se passaram, as franquias e os consoles evoluíram, e a Nintendo optou por reviver a franquia no Nintendo 3DS, o seu mais recente console portátil. O jogo não teve o mesmo brilhantismo de quando foi lançado e acabou se tornando um game simples demais e que agrada mais os fãs do personagem do que os amantes do esporte.

Mario Tennis Open (Foto: Divulgação) (Foto: Mario Tennis Open (Foto: Divulgação))Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)

Competições chatas e Special Games divertidos

Mario Tennis Open conta apenas com três modos de jogo: Tournaments, Exhibition e Special Games. Nos torneios, as competições possuem a mesma nomenclatura de Mario Kart, como Mushroom Cup e Flower Cup. Elas são divididas em chaves e podem ser disputadas em dupla, mas a inteligência artificial dos parceiros virtuais deixa a desejar. Aliás, os adversário também não demonstram qualquer desafio, deixando o jogo com uma sensação de infantilidade.

O multiplayer online funciona muito bem e diverte bastante. No entanto, é preciso contar com a boa vontade de seus amigos, uma vez que é bem difícil encontrar adversários que estejam dispostos a encarar um torneio, ou até mesmo uma simples partida.

O que diverte mesmo são os Special Games. Eles são uma série de quatro minigames bem curiosos. No Ring Shot, é preciso rebater a bola na direção das argolas espalhadas no lado de seus adversário na quadra. No Galaxy Rally, você precisa rebater na parte da quadra que tenha piso e ainda tentar acertar uma estrela no caminho. Já no Ink Showdown você vai disputar uma partida em que as famosas plantas carnívoras da franquia farão de tudo para te atrapalhar. Mas o que mais agrada é o modo Super Mario Tenis, em que você joga Super Mario Bros., guiando o personagem com as suas rebatidas.

Mario Tennis Open (Foto: Divulgação) (Foto: Mario Tennis Open (Foto: Divulgação))Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)

Controle decepcionante

Todos sabem que Mario Tennis Open não foi desenvolvido para competir com jogos como Virtua Tenis e Top Spin. O foco da franquia sempre foi mais fantasioso do que tentar alcançar o máximo de realismo no jogo. Mesmo assim, faltou à Nintendo um pouco mais de capricho em relação à jogabilidade.

Isso porque o jogo peca ao apresentar um sistema de rebatida muito artificial. Você simplesmente aperta o botão no momento exato e terá a garantia que dificilmente a bola vai para fora ou ficar na rede. A velocidade do jogo também afeta bastante esse realismo, deixando o jogo muito mais lento que o convencional, mesmo com uma quadra consideravelmente menor.

Vale lembra que Mario Tennis Open conta com um sistema de habilidades que ajudam na hora de pontuar. Enquanto algumas criam um grande efeito e mudam a trajetória da bola, algumas fazem com que ela quique menos e, assim, engane seus adversários.

Mario Tennis Open (Foto: Divulgação) (Foto: Mario Tennis Open (Foto: Divulgação))Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)

Um belo visual para a limitação do console

Ninguém melhor do que a própria Nintendo para utilizar os recursos do console. Isso fica visível a cada jogo da produzido pela empresa japonesa. Mario Tennis Open segue esse padrão e apresenta excelentes gráficos dentro das limitações do 3DS.

Além de cenários coloridos e bem reproduzidos, o jogo apresenta belos efeitos especiais e um impressionante sistema de replay, que mostra em diversos ângulos as suas melhores jogadas. Também chama atenção a forma eficiente que a Nintendo consegue colocar diversos elementos na pequena tela do console, sem incomodar o jogador.

Entretanto, dessa vez o efeito 3D do console não é a melhor opção. Além de prejudicar muito a jogabilidade, a quantidade de elementos na tela citada acima, incomoda a visão com o efeito ligado. Dessa vez o 3D acabou sendo uma bola fora.

Mario Tennis Open (Foto: Divulgação) (Foto: Mario Tennis Open (Foto: Divulgação))Mario Tennis Open (Foto: Divulgação)

Conclusão

Mario Tennis Open é um divertido jogo de tênis de Mario e sua turma. Apesar de contar com minigames divertidos e belos gráficos, o game peca pela jogabilidade falha e por ser bastante limitado. No fim das contas, é um jogo de esporte infantil e voltado para os fãs de Mario e da Nintendo.

Nota TechTudo

NOTA tt
6.0
Gráficos
6
Jogabilidade
6
Diversão
7
Som
7

Prós

  • - O mundo fantástico de Mario
  • - Belos gráficos
  • - Special Games divertidos

Contras

  • - Inteligência artificial fraca
  • - Jogabilidade falha
  • - Bem enjoativo
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Celso Araújo
    2012-06-24T08:43:53

    Bela conclusão :D