Celular

NOTA tt
7.0

Review Motorola Backflip

Eduardo Moreira
por
em

Pode não parecer, mas o Motorola Backflip foi lançado no Brasil em fevereiro de 2010. Ou seja o aparelho não tem nem um ano de vida, mas em virtude de tantos lançamentos Android que vimos no mercado (inclusive da própria Motorola), o Backflip se tornou rapidamente um aparelho que ficou para trás na sua tecnologia, especialmente no que se refere ao seu sistema operacional móvel. Muitos de nós nem nos lembramos da última vez que falamos sobre a versão 1.5 (Cupcake) do Android, e em virtude da política restritiva de atualizações do sistema, uma bela ideia como o Backflip ficou defasada.

Mas ele ainda pode ter o seu charme junto ao público considerado “descolado”, pelo seu ar moderno e diferenciado, não caindo no comum de usar um sistema flip convencional, ou até mesmo um teclado slide. Além disso, ele tem forte apelo com os usuários que se conectam às redes sociais, pela praticidade de seu teclado para digitar. Logo, tem um nicho de mercado em potencial a ser considerado.

Motorola BackflipMotorola Backflip (Foto: Divulgação)

Tela e acessibilidade

Ele conta com tela de 3,1 polegadas, que permite que você veja as informações na tela com muita comodidade e clareza. Alguns usuários chegaram a reclamar que algumas áreas na tela não são reconhecidas quando se tenta usar o toque. Nos testes que realizamos, não conseguimos observar isso, apesar de reconhecermos que há uma certa dificuldade em acessar alguns itens menores da tela (mas não em áreas específicas dela). Lembrando que esta é uma tela capacitiva, logo, seu desempenho é um pouco menor em termos de toque na tela.

Quanto à acessibilidade do aparelho, se levarmos em conta que ele está com a versão Android 1.5, e se pensarmos em comparar com a versão 2.1, por exemplo, vamos notar diferenças gritantes de recursos e melhorias, e aí vamos dizer que ele se tornou um aparelho primário neste aspecto.

Se levarmos em conta que quem vai usar este aparelho é alguém que nunca teve contato com o sistema Android na vida, podemos dizer que sua acessibilidade é boa (dentro daquilo que oferece), contando com o Motoblur, que permite que o usuário agrupe todos os dados de um contato (números de telefones, endereço e contas de e-mail e redes sociais) em um único item de contato. Porém, o que teoricamente foi feito para facilitar a vida do usuário, pode é complicar ainda mais, pois dependendo da frequência com que os dados são atualizados (vale sempre lembrar que é um aparelho que funciona o tempo todo online), eles ficarão todos misturados na tela do smartphone.

Motorola BackflipMotorola Backflip (Foto: Divulgação)

Internet

O Backflip vai bem no que se refere à conectividade. Você pode acessar a internet através das redes GPRS/EDGE e 3G, além de contar com suporte à redes WiFi. O navegador Webkit HTML, nativo nos sistemas Android, é tão competente quanto nas versões superiores do sistema do Google, oferecendo uma navegação prática, objetiva e descomplicada. A comodidade de navegação é maior, se você utilizar o Backtrack, que é o pequeno touchpad que fica nas costas do aparelho, que tem uma funcionalidade que lembra mesmo o uso de um mouse. É necessário um pouco de treino para você “se entender” com o recurso, mas uma vez que você compreende como ele funciona, a sua vida se torna muito facilitada.

Quanto à parte de aplicativos, dependendo da operadora que você estiver usando, você pode fazer o download de novos aplicativos para o aparelho através de lojas próprias da respectiva operadora, além da própria loja de aplicativos da Motorola, a Shop4Apps. Porém, fica o aviso que, como o Backflip conta com Android 1.5, suas opções de novos programas podem ser bem limitadas.

Câmera

Sua câmera é de 5 MP, com flash LED e foco automático. É uma câmera que, hoje, podemos chamar de regular. Seu recurso de foco automático ajuda bastante na hora de você fotografar aqueles momentos onde você não tem tempo para pegar a câmera digital, ou aquelas imagens que você quer enviar rapidamente para as redes sociais. Porém, ao longo do ano de 2010, outros smartphones com câmeras muito melhores apareceram no mercado, reduzindo assim o status da câmera do Backflip.

O mesmo podemos dizer da sua câmera de vídeo, que captura a 24 FPS, que é boa para situações inusitadas, que precisam ser gravadas na hora. Porém, resulta em vídeos bons o suficiente para serem disponibilizados no YouTube.

Outros recursos

O grande diferencial do Motorola Backflip é, sem dúvida, o seu design, que é diferente de tudo o que temos no mercado. Diferente dos demais aparelhos flip do mercado, ele fecha para trás, e não para frente, como estamos habituados. Isso causa uma estranheza no começo, mas é um dos itens que torna a sua aparência moderna. Quando fechado, o seu teclado fica pelo lado de fora, mas com as teclas apagadas e desligadas, totalmente bloqueada.

Outro detalhe a ser observado é que a câmera do aparelho fica localizada no próprio teclado, por isso, quando o aparelho está fechado, ele libera o acesso à câmera, permitindo que o usuário tire fotos através do seu disparador.

O aparelho tem um bom tamanho para se levar no bolso, e com um teclado muito confortável, tornando o ato de digitar e-mails mais longos e mensagens em redes sociais algo muito agradável. Para quem prefere um teclado físico do que o teclado virtual, esta é uma excelente pedida, mesmo porquê o teclado virtual do Backflip é relativamente pequeno quando exibido na tela, com teclas mais apertadas, e isso pode significar uma série de erros de digitação para quem tem dedos muito grandes.

Outro detalhe, dessa vez negativo, é o seu LED de standby em tom verde que fica na lateral do aparelho. Além de ser chamativo, ele circunda a porta mini USB, o que pode resultar em alguns danos no futuro, com a frequência de uso de você retirar e colocar o conector mini USB no aparelho.O preço sugerido do produto: R$ 1.299,00.

Para mais informações sobre o Motorola Backflip, acesse a página oficial do produto no site da Motorola.

Ficha técnica

Tela 3,1 polegadas
Resolução de tela 320 x 480 HVGA
Sistema Operacional Andoid 1.5 Cupcake
Rede GPRS/EDGE, 3G, A-GPS
Armazenamento 8 GB de armazenamento interno, além de slot para cartões microSD de até 32 GB
Câmera 5 MP, com foco automático
Flash sim, LED
Conectividade USB, Bluetooth 2.0 e WiFi
Sincroniza com o PC sim
Dimensões 53 x 108 x 15,3 mm
Peso 133g
Autonomia de bateria até 6 horas de modo de conversação, e até 315 horas em modo standby
Itens inclusos celular Motorola Backflip, bateria, manual do usuário, carregador de bateria, cabo USB, fone de ouvido estéreo, carregador veicular e softwares de instalação para PC

Nota TechTudo

NOTA tt
7.0
Design
9
Desempenho
7
Custo-benefí­cio
6

Prós

  • * Design diferenciado.
  • * Teclado confortável.
  • * Backtrack para navegação.

Contras

  • * Sistema Android muito defasado.
  • * Preço elevado.
  • * Lentidão ao rodar aplicativos.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares