Celular

NOTA tt
6.8

Review Motorola MotoGo

O celular MotoGO tem funções bem comuns e custa em média R$ 329. O modelo é equipado com recursos como teclado QWERTY e conexão à Internet por Wi-Fi e 3G. Estão incluídos apps como Facebook, Twitter, YouTube e Gmail.

Marlon Câmara
por
em

O Motorola MotoGO oferece as principais funções de um smartphone, em um aparelho bem mais barato e simples. Na verdade, é até complicado dizer que o modelo não é um telefone inteligente, já que ele conta com conexões Wi-Fi e 3G, possui câmera com alguns recursos e disponibiliza um pacote com diversos aplicativos interessantes. Mas será que é isso tudo mesmo? Conheça mais sobre o MotoGO neste review do TechTudo.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Motorola MotoGo tem design de um celular comum mas vem equipado com funcionalidades inteligentes (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)


Design  

O layout talvez seja o ponto onde o MotoGO mais se aproxime de um celular comum. Apesar de ser leve, pesando 100 g, compacto e ter um design semelhante ao do BlackBerry, ninguém diz que o aparelho possui tantos recursos só olhando para ele. O corpo do dispositivo da Motorola é feito em plástico branco e prateado, traz uma pequena tela de 2,2 polegadas e um teclado QWERTY físico.

Além disso, a pegada do aparelho não é muito boa. Mesmo sendo pequeno em altura, ele é bem largo e um pouco "gordinho", gerando um pouco de desconforto durante o uso. O MotoGO também não é muito resistente, e sua tampa traseira solta com qualquer queda no chão, podendo até mesmo quebrar devido ao seu material fraco.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Motorola MotoGo vem equipado com teclado QWERTY físico (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

O teclado físico do modelo, por outro lado, é muito confortável e tem uma divisão bem prática: ele se assemelha bastante aos teclados de computador - com botões de "Alt", "Caps Lock" e "Enter" -, mas os principais símbolos e acentos têm atalhos nas próprias teclas alfabéticas.

Funcionalidades e Desempenho  

O grande diferencial do MotoGO é ter suporte a conexões Wi-Fi e 3G, recursos básicos nos smartphones atuais, mas dificilmente encontrados em celulares comuns. Ambas as funções funcionam muito bem, com bom desempenho. Além disso, o aparelho traz a conexão Bluetooth para troca de arquivos com outros dispositivos próximos.

Na questão de atrativos, o modelo também surpreende: sua interface é parecida com a do Android, e o aparelho já traz diversos apps de fábrica, como Facebook, Orkut, TwitterGoogle Maps, GmailYouTube, e até a barra de buscas do Google, entre outros. Os programas, porém, são todos baseados em Java, e não possuem nem de longe o mesmo desempenho das versões para Android ou iOS.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Motorola MotoGo disponibiliza apps interessantes para o usuário como Facebook, Twitter, Gmail e Youtube (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Inclusive, os softwares demoram bastante para abrir e para carregar, além de terem interfaces muito simples e algumas vezes pouco funcionais - como o Facebook, por exemplo, que não parece otimizado para uma tela pequena e mostra os textos e as fotos da rede social bem pequenos.

Mas as funcionalidades do MotoGO não param por aí: ele ainda possui o navegador de internet Opera, rádio FM, reprodutor de mp3, editor de fotos, gravador de som, compositor de melodias e ainda roda jogos em Java - apesar de não incluir nenhum de fábrica. Ou seja, em matéria de recursos, ele é uma perfeita mistura entre um celular comum e um moderno smartphone.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)O celular Motorola MotoGo vem com armazenamento interno fraco, de 50 MB, mas que pode ser expandido até 32 GB (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Graças à simplicidade na estrutura dos aplicativos e funções - mesmo sendo tantos -, o desempenho geral do aparelho é perfeito, e não mostra qualquer sinal de lentidão ou travamento. Claro que isso se deve também ao fato de o sistema não deixar que dois apps sejam abertos simultaneamente - é uma tarefa por vez e olhe lá.

O modelo conta com somente 50 MB de memória interna, mas já vem com um cartão de 2 GB incluso - expansíveis com um microSD de até 32 GB. Ou seja, o suficiente para baixar diversas músicas, jogos e imagens sem grandes problemas.

Um ponto a se ressaltar é a qualidade das ligações realizadas com o MotoGO. Talvez pelo fato do fone ser muito grande, o som das chamadas é baixo, e em situações mais barulhentas - como na rua ou no ônibus - é muito difícil ouvir qualquer coisa durante as ligações. Já na questão da captação do microfone não foi percebido nenhum problema.

Câmera  

A câmera de 2 megapixels do Motorola merece destaque. Não pela qualidade das fotos - que são muito simples e servem para, no máximo, serem postadas nas redes sociais -, mas pelos efeitos e recursos que ela traz, algo raro em se encontrar em um aparelho barato como este.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Câmera de 2 megapixels, que conta com diversos efeitos como imagens em sépia e negativo, equipa o Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Entre as funções disponíveis pelo aplicativo da câmera do MotoGO estão efeitos interessantes como preto e branco, sépia amarela, azul e verde, negativo, luz fluorescente, entre vários outros. Além disso, o celular possibilita controlar a abertura da máquina para regular a luz, dar zoom de até oito vezes e tirar múltiplas fotos com um único disparo.

Por fim, o modelo grava vídeos sem muita qualidade, mas com a resolução mínima para ser postado no YouTube e compartilhado com os amigos.

Bateria  

A bateria não é um ponto forte do modelo. Caso o usuário faça uso frequente da internet, dos aplicativos e de ligações e mensagens, a energia do aparelho não chega nem a um dia de autonomia. Ele melhora bastante, porém, caso não se utilize os recursos ligados à Internet. Só com chamadas e SMSs o celular aguenta cerca de dois dias sem precisar recarregar, tranquilamente.

Motorola MotoGo (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Motorola MotoGo é um aparelho com bom custo-benefício (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)


Custo-benefício  

O Motorola MotoGO custa em média R$ 329 e, dada a quantidade de funções que traz, é um modelo com um excelente custo-benefício. A única ressalva que deve ser feita é que o aparelho não é exatamente um smartphone - ele não tem nem um sistema operacional definido - e não conta com uma tela touch . Pelo mesmo valor, ou por só um pouco mais, é possível encontrar celulares Android que fazem as mesmas coisas que o MotoGO de forma bem superior.

No entanto, se você não faz questão nenhuma de ter um Android ou de seu aplicativos, ou se gosta muito de ter um teclado físico, este modelo é uma ótima opção. As conexões à internet Wi-Fi e 3G e os vários aplicativos já instalados dão uma bagagem enorme ao aparelho, que com certeza não vai desagradar nenhum usuário que comprá-lo sem esperar um smartphone propriamente dito.

Ficha técnica

Tela
2,2 polegadas
Armazenamento50 MB (expansível até 32 GB)
Câmera2 megapixels
ConectividadeWi-Fi; 3G; Bluetooth
Dimensões104 x 63,9 x 13 mm
Peso
100 g
Bateria 910 mAh
Sincronia com o PC
 Sim
Apps de redes sociais
Sim
FabricanteMotorola



Nota TechTudo

NOTA tt
6.8
Design
6
Desempenho
7
Tela
7
Câmera
5
Custo-benefí­cio
9

Prós

  • Conexões Wi-Fi, 3G e Bluetooth;
  • Aplicativos variados;
  • Teclado QWERTY.

Contras

  • Corpo com material fraco;
  • Bateria ruim;
  • Volume baixo nas ligações.
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares