Jogos de esporte

NOTA tt
9.0

Review NBA 2K14

Game de basquete da 2K Sports aposta em novas mecânicas na jogabilidade e agrada aos fãs do gênero.

Thiago Barros
por
em

NBA 2K14 é o mais recente título da principal franquia de basquete do mundo dos games. A 2K Sports não trouxe grandes melhorias nos gráficos, em compensação, adicionou novos modos de jogo, melhorou os aspectos que ainda deixavam um pouco a desejar na jogabilidade e, de modo geral, fez o dever de casa aperfeiçoando o que já era ótimo. Confira:

NBA 2K14 (Foto: Divulgação)NBA 2K14 (Foto: Divulgação)

Gráficos bons, mas iguais ao 2K13

NBA 2K14 é o mais próximo de uma transmissão real de basquete que um jogo para a atual geração de consoles pode chegar. Os gráficos não são tão superiores quanto o do que seu antecessor, até pelo fato de a atual geração já estar saturada, mas manter a qualidade que virou padrão da série é, sim, um ponto positivo. Os menus estão um pouco mais limpos, mas mantêm o estilo urbano e despojado da edição anterior, cujo produtor executivo foi o rapper Jay-Z.

Obviamente, após assitir os vídeos de divulgação de NBA 2K14 para o PS4 e Xbox One, a qualidade do game para PS3, Xbox 360 e PCs parece ruim. No entanto, analisando os gráficos do game com o padrão do atual console, ele é muito bom. Jogadores mais famosos estão bem reproduzidos, com os rostos bem semelhantes à vida real. Os elementos externos, como os reflexos nos pisos de quadras e a movimentação/textura dos uniformes, também agradam.

Existem muitas movimentações diferentes dos atletas no jogo, e todas reproduzem da maneira fiel o que acontece na vida real. Além disso, há ainda uma série de opções de personalização dos jogadores (como tênis e acessórios), uniformes diferenciados para as equipes, como as camisas de Noite Latina e Natal, e tudo é trabalhado aos mínimos detalhes, gerando uma excelente experiência visual.

NBA 2K14 é uma cestaça da 2K Sports (Foto: Divulgação) (Foto: NBA 2K14 é uma cestaça da 2K Sports (Foto: Divulgação))NBA 2K14 é uma cestaça da 2K Sports (Foto: Divulgação)

O in-game é idêntico ao do NBA 2K13 – até o estilo dos clipes pré-jogo, as animações de jogadores e placares são iguais. Mudam só as cores em alguns detalhes (com tons mais azulados) e a maneira como são exibidas as jogadas chamadas, as substituições e seus arremessos nos lances livres. Isso pode frustrar quem esperava algo mais revolucionário. No jogo em si, tudo bem não evoluir, mas os menus seguirem quase iguais é decepcionante.

Toda a criatividade colocada pela 2K no novo modo de jogo não foi colocada nos menus e nos vídeos pré-jogo. Para quem não sabe, tanto na propaganda do game quanto no vídeo introdutório, onde LeBron James fala palavras de incentivo e passam alguns lances da versão virtual do craque ao som de “Hate Me Now”, de Nas e P.Diddy, ficaram de fora. Neste quesito, a empresa parece ter se acomodado. E a única grande mudança não agrada, com o menu inicial só com a opção de amistosos.

Vale destacar ainda a trilha sonora que, como de costume, também é empolgante e tem tudo a ver com o game. Ela foi escolhida por LeBron James, astro da NBA escolhido pra ser a estrela da capa de um jogo pela primeira vez, mesmo já fazendo sucesso há uma década na melhor liga de basquete do mundo. E não deixou nada a desejar em relação à de NBA 2K13, montada por Jay-Z.

NBA2K14 (Foto: Divulgação) (Foto: NBA2K14 (Foto: Divulgação))NBA2K14 (Foto: Divulgação) (Foto: NBA2K14 (Foto: Divulgação))

Jogabilidade torna game ainda mais real

Se os jogos de futebol ainda dividem opiniões quanto à jogabilidade, NBA 2K14 é quase uma unanimidade – assim como Madden NFL 25 no futebol americano. Além de ter seu visual o mais apurado possível, o game também oferece ao usuário uma simulação de basquete bastante agradável e fiel à realidade. E, nesta nova versão, os problemas que usuários apontavam anteriormente foram finalmente corrigidos.

Primeiramente, os tocos estão mais precisos e reais. Agora é possível bloquear até as enterradas, caso você tenha o tempo correto. E isso ajuda bastante na defesa, que não está mais tão simples de ser superada. O posicionamento dos jogadores que não estão sendo controlados está mais inteligente, impedindo aquelas infiltrações e enterradas que irritavam bastante, especialmente em jogos online.

Nem mesmo LeBron está "imparável" como em NBA 2K13. Além disso, a marcação está mais eficiente e os arremessos estão mais precisos. Entretanto, o grande destaque do game é sua nova mecânica de assistências. Agora, usando o analógico esquerdo e o botão para passar, o usuário pode dar passes sem olhar, confundindo a defesa e criando uma série de lances espetaculares. Mas é difícil dominar os novos passes e acertá-los.

Marcação está cerrada no novo NBA (Foto: Divulgação) (Foto: Marcação está cerrada no novo NBA (Foto: Divulgação))Marcação está cerrada no novo NBA (Foto: Divulgação)

Há três mudanças básicas no controle: o L1 (PS3) ou LB (Xbox 360) agora serve para chamar jogadas. Toque e escolha uma, segure e fará uma automática. O “bola” não é mais o botão de drible, mas sim de controle de pick and roll. Toque e selecione quem deseja que faça o bloqueio, ou segure para realizar a jogada. Essa mudança, aliás, agrada bastante, afinal, é uma das mais usadas no basquete e poder comandá-la totalmente é muito bom.

No analógico direito, mais dribles aumentam o leque de possibilidades de superar o seu marcador. Afinal, se a defesa está mais forte, também é preciso dar mais recursos para batê-la no “1×1″. É difícil, mas a combinação certa é capaz de “quebrar tornozelos” e dar espaço para infiltrações. É importante treinar os dribles pois o analógico também é usado para arremessar. Se movido para o lado errado, isso pode estragar uma jogada.

NBA 2K14 está mais inteligente, mais simulador, e os velhos truques de antigamente não são tão efetivos. Por isso, é preciso saber se posicionar no poste baixo, usar os direcionais para o posicionamento rápido de ataque e defesa, e apostar no jogo coletivo ao invés de apenas dar a bola para o jogador mais forte e fazer tudo com ele. Certamente essas são ações que irão ser bem mais valorizadas.

NBA 2K14 (Foto: Divulgação)NBA 2K14 (Foto: Divulgação)

Path to Greatness: “The Decision” virtual

Astro da capa de NBA 2K14, LeBron James, ala do Miami Heat, bicampeão da NBA, eleito melhor jogador das duas últimas temporadas e finais, tem um modo todo seu no game. É o “Path To Greatness”. Ao contrário do que aconteceu nos últimos anos, onde o gamer revivia partidas clássicas de ex-jogadores, desta vez ele decide o futuro de um craque.

No fim desta temporada, LeBron pode optar por virar free agent, deixar o Miami e assinar com outra equipe. Ou ficar em South Beach e ir em busca uma dinastia com o Heat. E o gamer pode tomar esta decisão por ele em NBA 2K14. Quando foi para o Heat, em 2010, LeBron fez um especial na TV, “The Decision”, para anunciar a decisão.

Agora, tudo é virtual. E cada jogador escolhe o futuro que quer dar ao jogador. Depois, há toda a carreira dele pela frente, com novas temporadas, novos adversários e novos jogos decisivos. O objetivo é simples: fazer com que o craque encerre a carreira com muitos e muitos títulos e prêmios individuais. Atualmente, ele tem dois anéis e quatro MVPs.

O modo Path to Greatness é bem interessante por essa abordagem e por só oferecer ao usuário os jogos principais das temporadas fictícias. Isso não cansa o jogador e faz com que ele seja bem dinâmico. Além disso, é interessante que ele segue o modelo do modo Jordan e dos ex-jogadores: você controla o time todo e não apenas o jogador principal.

Para quem é fã do Heat, é interessante mantê-lo no Miami e ver até onde esta equipe, que já foi a três finais e ganhou dos títulos nos últimos anos, vai. Para quem não é, vale ver os possíveis destinos de LeBron James ao fim desta temporada e simular o quão diferente a NBA irá ficar caso ele saia da Flórida.

Path To Greatness é um modo muito interessante (Foto: Reprodução/Thiago Barros) (Foto: Path To Greatness é um modo muito interessante (Foto: Reprodução/Thiago Barros))Path To Greatness é um modo muito interessante (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

Modos de jogo famosos seguem no game

Além do Path to Greatness, NBA 2K14 tem uma série de outros modos de jogo. Entre eles, a volta do Crews, onde os jogadores formam equipes para jogarem online controlando apenas seus próprios jogadores. O game também conta com o BlackTop, que é uma espécie de streetball, o Association, onde seu desafio é controlar uma equipe em uma temporada, e o My Career e o My Team.

Estes dois últimos são os mais interativos e personalizados. O primeiro permite que se crie um jogador e faça uma carreira com ele na NBA. O segundo parece com o Ultimate Team - sucesso da EA em Fifa e Madden. Em ambos, assim como nos outros, não são notadas grandes diferenças em relação ao NBA 2K13.

Neste quesito, a 2K Sports parece ter seguido a regra do “em time que está ganhando não se mexe”. Todos os modos agradam e são bem divertidos, mas não há quaisquer grandes modificações em relação ao jogo do ano passado além dos menus e de uma série de novas habilidades especiais para se aplicar a atletas no MyPlayer e MyTeam.

Os times clássicos, com jogadores marcantes, seguem como marca registrada do jogo, mas não há um modo específico para reviver jogos de atletas famosos. Pode-se usá-los no BlackTop, contratar  no MyTeam e até disputar amistosos, mas só. Há ainda os times europeus, da Euroliga, para quem curte basquete internacional. O Dream Team de 1992, no entanto, não está presente.

Michael Jordan dá as caras em mais um NBA 2K (Foto: Divulgação) (Foto: Michael Jordan dá as caras em mais um NBA 2K (Foto: Divulgação))Michael Jordan dá as caras em mais um NBA 2K (Foto: Divulgação)

Conclusão

NBA 2K14 mostra que ainda se mantém no topo .“Reino” foi a palavra escolhida para a divulgação do jogo, e não pode haver melhor forma de descrever a grande dominância da franquia da 2K Sports, coroada com seu último lançamento antes da próxima geração de consoles. Impecável no visual e na trilha sonora, com jogabilidade ainda melhor, ele pode ser considerado o melhor jogo de basquete da geração Playstation 3 e Xbox 360 em termos de fidelidade ao esporte. Imperdível!


Opine no fórum: qual o melhor game de esportes para PC?

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
9
Jogabilidade
9
Diversão
10
Som
10

Prós

  • - Ótimos gráficos
  • - Jogabilidade ainda melhor
  • - Novos dribles e passes
  • - Times históricos nos amistosos
  • - Modo Path To Greatness

Contras

  • - Pouca evolução visual
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Ibis Silveira
    2014-07-24T20:12:48

    Um mundial da FIBA, seria interessante, mas deve-se lembrar que as regras são diferentes da NBA. Além do mais, a seleção brasileira de basquete tem muitos altos e baixos, não chegando entre as maiores seleções, encabeçadas belos EUA.

  • Luiz Gustavo
    2014-01-19T00:33:57

    nba 2k14 o melhor simulador de esportes de todos os tempos

  • Rogerio Denzin
    2013-11-21T09:51:47

    Cara pq sera que eles nunca colocam a FIBA Mundial po seria mto mais loko com a copa do mundo de seleçoes no jogo...?????

  • Clayton Santos
    2013-10-07T13:15:43  

    Gostaria e muito que um dia fosse criado um jogo de futebol no mesmo nível deste jogo de Basquete... pois FIFA e PES estão longe, e muuuito longe de terem os gráficos e jogabilidade de NBK 2K...

    recentes

    populares

    • Clayton Santos
      2013-10-07T13:15:43  

      Olha o tanto de time que tem de futebel no fifa , e olha quantos tem no 2k14

    recentes

    populares

    • Clayton Santos
      2013-10-07T13:15:43  

      Falou tudo e para resumir jogo perfeito!