Por Lucas Soares, do Home Office


A Positivo oferece a linha de notebooks Motion Gray como uma opção de entrada no Brasil. O laptop, na versão C4128E, tem processador Intel Celeron, 4 GB de RAM, 128 GB de armazenamento em SSD e tela de 14,1 polegadas com resolução HD. O produto vem ainda com teclas dedicadas para Netflix, Deezer, YouTube e outra para apps de videoconferência, que pode ser configurada para acessar Zoom, Skype e Microsoft Teams. É possível encontrar o aparelho por a partir de R$ 2.419 na Amazon.

Com até sete horas de duração de bateria, o laptop promete ser ideal para tarefas de home office e para estudos. O TechTudo testou o Positivo Motion Gray C4128E e reúne a seguir os pontos positivos e negativos do dispositivo para te ajudar na hora de escolher um modelo novo.

Positivo Motion Gray C4128E tem SSD e teclas dedicadas para streaming — Foto: Lucas Soares/TechTudo

PONTOS POSITIVOS

Design leve, compacto e moderno

O notebook Positivo Motion Gray C4128E, versão testada pelo TechTudo, conta com espessura de 18,7 mm e pesa apenas 1,3 kg. Isso, somado à tela de 14,1 polegadas com resolução HD, proporciona um produto leve e de fácil transporte. Apesar de ter construção em plástico, o laptop tem um aspecto rígido e passa confiança quanto à resistência. O dispositivo oferece ainda entrada HDMI, duas portas USB 3.0, além de saída para fones de ouvido e cartão microSD.

Durante os nossos testes, o modelo também não esquentou tanto, trazendo ainda teclado ergonômico e de fácil digitação, sendo interessante para uso durante longos períodos.

Acima do teclado está localizado o Motion Soundbar, sistema de som presente no notebook. A ferramenta entrega áudio satisfatório para a proposta do produto e é ideal para quem quiser ver série sem precisar usar fones de ouvido.

Notebook Motion Gray tem entrada HDMI e USB 3.0 — Foto: Lucas Soares/TechTudo

Bateria

A bateria é um dos grandes destaques do Motion Gray, com a promessa de duração de até sete horas. Durante os nossos testes, foi possível abrir alguns sites Google Chrome, assistir a séries de Globoplay e HBO Max, além de acompanhar lives no Facebook Gaming. Utilizado dessa forma, o laptop conseguiu atingir as sete horas de funcionamento e ainda ficou com 10% da carga restante.

A duração pode ser ainda maior se o usuário alternar a utilização do notebook com momentos em stand by, podendo permanecer o dia inteiro sem se preocupar com isso. Para carregar, o laptop atingiu 100% da bateria após duas horas conectado na tomada.

Custo-benefício

Positivo Motion Gray C4128E é boa opção de custo-benefício, sobretudo pela presença de SSD — Foto: Reprodução/Lucas Soares

É possível encontrar o Motion Gray por R$ 2.419 na Amazon. O conjunto oferecido pelo notebook o coloca como concorrente direto de opções do Multilaser Legacy Book, por exemplo. Um modelo equivalente, que sai a, pelo menos, R$ 1.799, fica mais em conta, mas pode deixar a desejar pela ausência de SSD – além de oferecer apenas 64 GB.

Vale ressaltar que esse tipo de armazenamento vai permitir uma inicialização mais rápida do sistema, além de dar mais fluidez ao sistema operacional – Windows 10, nesse caso. Outro modelo semelhante é o Flash F30, da Samsung, parecido tanto no próprio design quanto na presença de SSD. O notebook da gigante sul-coreana sai a R$ 2.699,90 na Amazon, mas também vem com metade do espaço disponível contra os 128 GB do Positivo Motion Gray.

PONTOS NEGATIVOS

Desempenho

O notebook conta com processador Celeron N3350, um dual-core de entrada a Intel, além de 4 GB de memória RAM. Este conjunto é suficiente para abrir poucas abas no Chrome e um programa de edição de texto, como o Word. Quando são abertas mais guias em um navegador enquanto roda outros aplicativos em segundo plano, o produto passa a apresentar uma certa lentidão.

Sendo assim, o usuário que adquirir este modelo deve ficar atento às especificações para não se decepcionar. O Motion Gray é um dispositivo focado em oferecer o mínimo para o usuário a um preço baixo, e isso sacrificou algumas configurações de hardware que interferem diretamente na experiência final.

Motion Gray decepciona no desempenho mesmo em atividades básicas — Foto: Lucas Soares/TechTudo

Pouco armazenamento

O modelo chega ao mercado oferecendo 128 GB em SSD, com a única opção de adicionar mais espaço sendo via cartões microSD. O uso desse tipo de armazenamento em relação a um HD tradicional torna a rápida a inicialização do Windows 10, sistema operacional presente no dispositivo. No entanto, apesar da agilidade, em questão de espaço o produto decepciona.

Ao baixar o pacote Office, da Microsoft, e alguns episódios para assistir na Netflix offline, por exemplo, o espaço vai diminuindo. Ao final dos testes sobraram 68 GB, o que, a longo prazo, pode demandar alguns sacrifícios do usuário para continuar usando o notebook.

Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Vai vender notebook usado? Veja dicas para evitar problemas

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Mais do TechTudo