Computadores

NOTA tt
9.0

Review NUC Hades Canyon

Mini-PC prioriza velocidade de processamento, refrigeração do sistema e traz tecnologias que garantem maior performance

Yuri Hildebrand
por
em

O Intel NUC Hades Canyon, como é chamado o NUC8i7HVK, é um mini-PC que conta com especificações poderosas voltadas para dar maior fluidez no dia a dia do usuário. O produto da Intel tem como principal característica a velocidade de processamento. Para se ter uma ideia, o tempo entre ligar o aparelho e começar a usar o Windows – ou melhor, abrir o Chrome, com todas as abas carregadas – é de algo em torno de 1 minuto.

LEIA: Mac Mini 2018 tem memória 'top' e preço mais baixo; veja

O dispositivo ainda não está à venda no Brasil, e também não teve o preço divulgado pela fabricante. Nos Estados Unidos, a versão completa do desktop deve chegar com preço de US$ 999, aproximadamente R$ 3.760 na cotação atual. O TechTudo o Intel Nuc, e a avaliação completa você confere a seguir.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)



Design

Um dos pontos mais importantes em um mini-PC é a refrigeração. Por ter tamanho compacto – suas dimensões são de 221 x 39 x 142 mm (L x A x P) –, o aparelho traz pequenas aberturas hexagonais de todos os lados, ventilando seu hardware robusto. Os mecanismos funcionam bem e o computador não tem grande aumento do temperatura quando é bastante exigido. Ainda assim, é interessante optar por áreas arejadas na hora da instalação.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)







Com relação à estética do desktop, pode-se dizer que é um modelo discreto, mas de certa aparência “gamer”. Isso porque, quando ligado, o dispositivo traz o desenho de uma caveira em LED, que pode, inclusive, ser configurado. As luzes, todas coloridas, estão presentes também no botão de ligar/desligar e em outros indicadores na parte frontal do aparelho. A tampa, que contém o desenho iluminado, é removível e pode ser substituída de acordo com a vontade do usuário.

Conexões

O computador apresenta um bom set de interfaces. Ao todo são cinco portas USB-A 3.0, um 2.0, três USB-C, dois HDMI e dois Thunderbolt 3, além da saída de áudio 3.5 mm, das duas entradas Ethernet e do leitor de cartões SD. Os conectores estão distribuídos nas partes frontal e traseira do dispositivo, dando diversas opções para usar periféricos, controles para jogar ou, como prometido pela fabricante, até 6 telas 4K. O kit tem ainda conectividade Wi-Fi e Bluetooth 4.2, padrão suficiente para ligar outros eletrônicos com bom tempo de resposta e poucas interferências.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)


Processamento e performance

O modelo tem uma ficha técnica de respeito. O processador Intel Core i7-8809G, em parceria com a AMD, traz placa de vídeo Radeon RX Vega M integrada, que funcionou bem para jogar. Durante os testes, o mini-PC rodou os jogos Monster Hunter: World e as demos de PES 2019 e Forza Horizon 4. De todos, o que teve melhor desempenho foi o simulador de futebol, que não apresentou problemas, mesmo com as configurações no máximo.

Apesar disso, os outros não foram muito bem. A jogabilidade no Monster Hunter, por exemplo, foi bastante afetada quando o título foi testado em 4K e com gráficos na maior qualidade possível. O game atingiu apenas 10 quadros por segundo e travou bastante. Já em Full HD, a situação melhorou, e foi possível explorar melhor o universo do jogo, que chegou à taxa dos 30 fps.

Vale ressaltar que o computador é pequeno, com placa de vídeo integrada. A expectativa para aparelhos do tipo é que eles não consigam rodar jogos mais pesados muito bem, independente das configurações gráficas. O Intel NUC, por sua vez, surpreendeu ao funcionar bem para esse tipo de uso.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)

Outra boa possibilidade para aproveitar o processamento do Hades Canyon é com programas de edição. Com as últimas versões do Photoshop e do Premiere, ambos da Adobe, o desktop trabalhou com muita fluidez: o editor de fotos, por exemplo, estava pronto para ser utilizado em aproximadamente 30 segundos. Para quem não está acostumado, é muito comum que o utilitário demore alguns minutos para abrir a página inicial. O mesmo costuma acontecer com o Premiere, que também apresentou boa velocidade de renderização ao longo dos testes.

Com menos exigência, o dispositivo funciona ainda melhor. Como dito anteriormente, o tempo que o modelo leva para ligar, inicializar o Windows e abrir o Google Chrome é de cerca de 1 minuto. Dependendo da velocidade de conexão do local, é possível começar a trabalhar no navegador com menos de 2 minutos, algo muito interessante para usuários que precisam otimizar a produtividade no dia a dia. Além disso, a transferência de arquivos também é boa, e não demora para se concretizar, mesmo com uma grande quantidade de itens.

Um dos responsáveis pela alta fluidez do computador é o acelerador de memória Intel Optane, que está disponível no aparelho com 118 GB. Esse tipo de SSD se posiciona entre a CPU e a placa de armazenamento da máquina, guardando dados importantes relacionados às funções do dispositivo de acordo com a frequência de uso por parte do usuário. Por exemplo: os 30 segundos que o desktop leva para abrir o Photoshop são resultado de uma ação que já vinha se repetindo algumas vezes.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)

O Intel NUC tem ainda armazenamento em SSD de 512 GB e duas placas de RAM de 8 GB cada uma, no padrão DDR4. O espaço para guardar arquivos de edição de imagem e jogos pode não ser suficiente, sendo interessante optar também por um HD ou SSD externo. Mas, dependendo do tipo de uso atribuído ao mini-PC, não deve ser um problema.

Recursos

A peça central do produto é o processador, o Intel Core i7-8809G com a placa Radeon integrada. O componente tem diversos recursos para aumentar o desempenho do computador, como os mais comuns Turbo Boost, que promete levar a velocidades de até 4.2 GHz de acordo com a exigência da situação, e habilitação para overclock, que também garante maior desempenho.

O chipset da Intel traz também o Hyper-Threading, já presente em diversos modelos da marca. Por meio dessa tecnologia, cada núcleo do processador pode trabalhar em duas frentes de forma simultânea, o que significa maior capacidade de realizar diversas tarefas paralelamente. O recurso é muito importante para usar aplicativos no computador com programas em segundo plano, por exemplo, sem que as várias atividades engasguem seu funcionamento.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)

O mini-PC tem ainda interface de configurações dos LEDs frontais e da tampa. Por meio do software é possível mudar as cores, indicar situações para cada que cada uma seja utilizada, entre outros. O funcionamento das ventoinhas, velocidades de processamento, entre outras informações também podem ser acompanhadas pelo programa.

Concorrente

O principal concorrente do NUC é o Mac Mini, desktop da Apple lançado no último mês de outubro. Assim como o mini PC da Intel, o modelo ainda não está disponível para comprar no Brasil, mas seus preços já foram divulgados. A versão mais simples, com processador Core i3 de oitava geração e armazenamento de 128 GB, vai chegar por R$ 6.999, enquanto o aparelho mais robusto, com chipset Core i5 e SSD de 256 GB, tem preço oficial de R$ 9.399. Em ambos os casos, são 8 GB de RAM e placa de vídeo integrada Intel UHD Graphics 630, que também fica disponível no chipset utilizado no NUC Hades Canyon.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)


Nessas configurações, o mini PC testado tem certa vantagem com relação ao processamento e memória RAM, características que até podem ser melhoradas no Mac Mini, mas sob custos bem mais elevados em relação aos preços dos dispositivos base. Como ainda não se sabe quanto vai custar o produto da Intel no Brasil, é difícil dizer se vale ou não mais a pena que o outro, mas é possível afirmar que a presença do acelerador de memória Optane pode ser um diferencial. Vale ressaltar que, na loja oficial da maçã nos Estados Unidos, o modelo com ficha técnica mais próxima do NUC está à venda por US$ 1.099 (R$ 4.138), acima dos US$ 999 do rival.


Conclusão


O Intel NUC Hades Canyon traz tecnologias muito interessantes para quem busca uma máquina rápida, que suporte jogos ou programas de edição mais recentes, e com capacidade para realizar diversas tarefas ao mesmo tempo. O principal destaque do mini PC é justamente a velocidade de processamento, possível graças a recursos como o Turbo Boost no chipset e a tecnologia Intel Optane, que memoriza funções e facilita o acesso a softwares após certo tempo de uso.

Intel NUC Hades Canyon  (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)Intel NUC Hades Canyon (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)


O design é agradável e inteligente, evitando o excesso de calor no dispositivo e ornando com praticamente qualquer tipo de ambiente. A portabilidade também é um ponto interessante, já que o aparelho pode ser levado de casa para o trabalho e cabe facilmente em diversas mochilas e bolsas. Se comparado a um notebook, entretanto, talvez tenha certa desvantagem por conta da necessidade de conectar periféricos como mouse e teclado, além de uma tela com entrada HDMI ou Thunderbolt 3. Mas vale lembrar que a fluidez encontrada no NUC é um ponto muito forte para ser deixado de lado: uma máquina capaz de abrir o Adobe Photoshop apenas 30 segundos depois de pressionado o botão de energia, merece atenção.

ProcessadorIntel Core i7-8809G 4,2 GHz
Memória RAM2 x 8 GB DDR4 (expansível até 32 GB)
Armazenamento512 GB em SSD
Placa de vídeoRadeon RX Vega M; Intel UHD Graphics 630
Dimensões 221 x 39 x 142 mm
Interfaces5 x USB-A 3.0, 1 x USB-A 2.0, 3 x USB-C, 2 x RJ-45, 2 x Thunderbolt 3, 1 x Saída de Áudio (3.5 mm), 1 x Leitor de Cartões SD, Wi-Fi, Bluetooth
Recursos SSD Intel Optane 800P Series 118 GB
Recursos do Processador Turbo Boost 2.0, Hyper-Threading, Overclocking
Sistema Operacional Windows 10  

Como montar um PC gamer em 2018? Saiba no Fórum do TechTudo


Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Design
8
Funcionalidades
10
Desempenho
10
Custo-benefício
8

Prós

  • Processamento muito rápido
  • Sistema de ventilação interessante
  • Diversas opções de conexão

Contras

  • Travamentos durante jogo
  • Fonte tem quase o tamanho do mini PC
  • Material não aparenta muita resistência
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rodrigo Melo
    2018-11-10T20:38:08

    Intel e AMD dentro do mesmo CPU... Vivi para ver isso.

  • Amarilio Oliveira
    2018-11-10T17:30:48

    A matéria é totalmente descabida. No meu macbook de 2013 abro o Photoshop em menos de 20s.

  • Tony Stark
    2018-11-10T14:56:26

    Eu arrancaria o Ruindow$ dele e instalaria o Deepin ou o Mac Mojave no lugar.

  • Cristiano Guaglianoni
    2018-11-10T11:34:40  

    1 min pra carregar o Windows? Deve estar errado isso... Meu micro véio aqui, com SSD, demora 8 segundos!

    recentes

    populares

    • Cristiano Guaglianoni
      2018-11-10T11:34:40  

      O meu demora cerca de 10s. Nem os cacarecos que eu tenho demoram 1 min.

    recentes

    populares

    • Cristiano Guaglianoni
      2018-11-10T11:34:40  

      Isso chama-se propaganda. O cliente paga e o veículo só faz elogios. Simples assim.