Jogos de aventura

NOTA tt
6.3

Review Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2

Título promete fazer sucesso com um publico mais infantil. Confira a nossa análise.

Tais Carvalho
por
em

Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2 é a sequência das aventuras do carismático “Come-Come” em uma versão mais moderna para 3DS, Wii U, PS3, PC e Xbox 360. O game sai novamente dos labirintos clássicos e coloca o personagem em cenários 3D com plataformas, só que sem grandes novidades em comparação com o título anterior. Confira a nossa análise:

Pac-Man and the Ghostly Adventures adapta o personagem para os dias atuais

Pac-Man e as Aventuras Fantasmagoricas 2 (Foto: Divulgação)Pac-Man e as Aventuras Fantasmagoricas 2 (Foto: Divulgação)

Come-Come em versão quase moderna

Assim como o primeiro game, Pac Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2 faz a transição dos cenários em duas dimensões para o 3D, com gráficos parecidos com Mario e Sonic. Isto porque o título também é inspirado no desenho animado do “Come-Come”, onde Pac-Man e alguns de seus amigos, como Spiral e Cylindria, precisam enfrentar o vilão principal, Lord Betrayus, e seu exército de clássicos fantasmas com diferentes cores e formas.

No entanto, por mais que o jogo seja uma versão “mais moderna” do clássico Pac-Man, ele ainda segue a mesma linha do primeiro título com uma história mais leve e infantil, uma jogabilidade mais simples em terceira pessoa que provavelmente irá agradar mais crianças do que adultos. Para os mais velhos, a sensação de jogar Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2 pode acabar sendo bem semelhante aos últimos e desastrosos títulos de Sonic para os consoles.

Pac-Man e as Aventuras Fantasmagoricas 2 possui cenários bem coloridos (Foto: Divulgação)Pac-Man e as Aventuras Fantasmagoricas 2 possui cenários bem coloridos (Foto: Divulgação)

Mais do mesmo

A boa e má notícia é que o segundo game mantém a mesma qualidade do anterior, mas praticamente não inova nada em termos visuais e jogabilidade. O título coloca o jogador no papel de Pac-Man, trazendo uma versão mais atualizada dos labirintos sem perder a jogabilidade que conhecemos desde 1970. O “Come-Come” precisa passar por caminhos – assim como no original – para literalmente comer bolinhas, comidas, itens e fantasmas, acumulando pontos e bônus.

Porém, o jogo também está aberto a exploração e Pac-Man pode coletar itens mais difíceis e secretos para melhorar sua pontuação até o final do game. Isso também inclui algumas das habilidades especiais que ele possuía no primeiro game, com a adição de outras mais novas, como a forma de gelo ou metal que ele pode assumir para usar ataques diferentes em inimigos mais fortes ou em grande número. As habilidade também permitem que Pac-Man alcance plataformas mais difíceis para coletar itens que ele normalmente não poderia com seus poderes normais.

Pac-Man também ganhou novas formas e habilidades (Foto: Divulgação)Pac-Man também ganhou novas formas e habilidades (Foto: Divulgação)

Pac-Man também pode atordoar os fantasmas para literalmente come-los de forma mais rápida e fácil, conseguindo mais pontos e bônus. O botão para comer também cria uma espécie de ímã que vai ligando o personagem a outros inimigos, facilitando a vida do jogador que não precisa ficar correndo atrás dos fantasmas pelo cenário do game. O level design do título também acerta na maioria das vezes, trazendo plataformas desafiadoras, mas não tão difíceis quando os jogos mais atuais.

Gráficos e Som

Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2 também mantém a mesma qualidade gráfica do primeiro jogo, porém, ao colocar os dois games lado a lado, é quase impossível diferenciar um título do outro. A interface permanece quase a mesma, assim como a paleta de cores e também visual 3D do game. Não há grande melhorias visuais que podem ser destacadas neste jogo, principalmente porque a série tem um intervalo de tempo muito curto entre o primeiro e este novo lançamento.

Um ponto positivo de destaque é a localização parcial do game. Principalmente por ser mais voltado para crianças, o título apresenta menus e tutorial traduzidos em português, facilitando também a vida dos pequenininhos na hora de testar o novo game. Suas fontes são grandes e fáceis de ler, claramente feitas para um público bem mais jovem. Além disso, além de trazer músicas novas, o título também incorpora alguns sons do original, como o famoso “waka-waka” de Pac-Man quando ele come os fantasmas.

Os clássicos fantasmas também estão de volta em novas formas e cores (Foto: Divulgação)Os clássicos fantasmas também estão de volta em novas formas e cores (Foto: Divulgação)

Conclusão

Pac-Man e as Aventuras Fantasmagóricas 2 é uma versão mais do mesmo do primeiro game lançado no ano passado. Para um público mais antigo e acostumado com o bom e velho “Come-Come”, a jogabilidade pode até parecer interessante à primeira vista, mas a sensação final é de estar jogando um daqueles títulos mal adaptados dos antigos clássicos, como os últimos games da série Sonic. Já para os mais pequenos, a jogabilidade simples e divertida, associada a uma história leve, cartunesca e gráficos coloridos e caprichados pode render boas horas de diversão e até mesmo um pouco de conhecimento sobre este clássico de 1970.


O PS3 e o Xbox 360 ainda valem a pena? Comente no Fórum do TechTudo!







Prós

Contras

 

Nota TechTudo

NOTA tt
6.3
Gráficos
6
Jogabilidade
6
Diversão
7
Som
6

Prós

  • - Jogabilidade moderna
  • - Personagem carismático
  • - Design das fases

Contras

  • - Poucas inovações
  • - Visual igual ao anterior
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares