Jogos de estratégia

NOTA tt
8.0

Review Project X Zone 2

Leia a análise completa do game de estratégia que une franquias famosas

Felipe Vinha
por
em

Project X Zone 2 é a mais nova versão da franquia que une personagens de jogos populares, como Resident Evil, Street Fighter e Tekken. Exclusivo para Nintendo 3DS, o game traz um divertido crossover em um gênero de estratégia em turnos que a cada dia recebe menos títulos. Na análise abaixo, você descobre todos os pontos positivos e negativos de Project X Zone 2.

Leia o review completo de Street Fighter 5

Uma desculpa para unir as franquias

A história do game inicia logo após os acontecimentos do primeiro jogo. Novamente um portal entre diferentes mundos se abre, provocando o encontro de diferentes personagens e vilões de universos paralelos. Uma organização independente, Shinra, é a responsável por unir os principais heróis destes mundos para proteger a humanidade.

Project X Zone 2 une personagens de três empresas (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 une personagens de três empresas (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Sob essa história digna de uma HQ que Project X Zone 2 usa como desculpa para unir figuras famosas de franquias como Street Fighter, Yakuza e Tekken, em combates de turnos no popular gênero de estratégia.

Portanto, se você é daqueles que gostam de acompanhar uma boa trama, e até mesmo se deixar levar por ela, o título não funciona como deveria. Isso porque com tanta confusão rolando em diferentes mundos, boa parte dos diálogos são deixados para trás para que os combates se iniciem imediatamente.

Gráficos limitados, mas que agradam

Tratando-se de um game para um console portátil, Project X Zone 2 traz um visual que agrada. O que chama mais atenção são as suas animações que, embora apareçam menos do que deveriam, ajudam a compreender a confusa história do game.

Project X Zone 2 tem jeitão de RPG estratégico (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 tem jeitão de RPG estratégico (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Na parte de gameplay, há o que já era esperado: gráficos pixelados no estilo visual que ficou consagrado com Final Fantasy Tatics, Disgaea e outros jogos do gênero estratégia em turnos. Isso agradará os fãs mais nostálgicos e pode causar estranheza em quem nunca esteve diante de um título das franquias.

Durante a ação, agrada demais as cenas de animação durante a sequência de golpes e, principalmente, nos ataques especiais. Alguns chegam a durar mais de 20 segundos de muitas firulas e exageros, característica marcante de boa parte dos jogos originais dos personagens de Project X Zone 2.

Project X Zone 2 une heróis de várias séries (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 une heróis de várias séries (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

O mais interessante é conferir a interação entre personagens tão distintos. É divertido desenvolver um combo que envolve lutadores de Tekken com os protagonistas de Resident Evil, ou os personagens de Street Fighter atuando ao lado dos mafiosos do game Yakuza.

Jogabilidade feita para público alvo

Project X Zone 2 é feito para agradar o seu público alvo. A maior prova disso é que, mesmo com alguns tutoriais bem explicativos no começo do game, é preciso entender a mecânica dos títulos de estratégia para evoluir e avançar no jogo.

Project X Zone 2 une heróis de várias séries (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 une heróis de várias séries (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Não há como negar que, com a inclusão de personagens de franquias tão populares, como Street Fighter, Resident Evil e Tekken, há aqueles jogadores que sentem curiosidade e interesse no jogo por conta desse enorme crossover. Entretanto, há sérios riscos de se decepcionarem com algumas horas de gameplay, principalmente pela proposta ser unica e exclusivamente da estratégia.

Saber posicionar seus personagens antes de iniciar uma batalha, criar estratégias de defesa, optar por dividir os pontos de evolução, são só algumas das tarefas que o jogador precisa definir para obter sucesso. Isso difere totalmente de boa parte dos jogos nos quais seus personagens atuam. Portanto, escolher Project X Zone 2 pelo saudosismo que o crossover proporciona pode ser um tiro saindo pela culatra.

Dificuldade? Não existe isso!

Embora Project X Zone 2 seja um título bem desafiador, ainda assim está longe de ser algo temível a ponto de quebrar o joystick. Muito pelo contrário, utilizando uma boa estratégia de combate e evolução dos seus personagens, o game acaba se tornando fácil.

Project X Zone 2 permite ataques combinados (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 permite ataques combinados (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Alguns combates se iniciam colocando uma certa pressão no jogador. Seja com dezenas de inimigos mais fortes pelo cenários, ou por chefes que causam um dano avassalador. Porém, utilizando determinadas estratégias, como ataque em grupos a um único alvo, tudo acaba ficando simples demais.

Project X Zone 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project X Zone 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

Se para veteranos no gênero isso pode ser um balde de água fria, para os novatos, torna-se um bom atrativo. A baixa dificuldade permite se acostumar com as estratégias de combate e até mesmo ousar na criação das suas próprias táticas.

Conclusão

Project X Zone 2 é um excelente jogo voltado para o amantes do gênero estratégia em turno. Com personagens das principais franquias de Capcom, Bandai Namco e SEGA, o título agrada ao apresentar um crossover divertido em mecânicas de combo únicas da franquia. Entretanto, peca ao apresentar um enredo sem noção aliado a uma dificuldade bem baixa para os jogadores veteranos.

O PS Vita supera o Nintendo 3DS? Opine no Fórum do TechTudo

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Gráficos
9
Jogabilidade
7
Diversão
8
Som
8

Prós

  • Elementos de estratégia clássica
  • Variedade de personagens
  • Combos e animações

Contras

  • Não há missões ou atividades paralelas
  • Fácil demais
  • Enredo surreal
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares