Jogos de arcade

NOTA tt
4.0

Review Putty Squad

Putty Squad é um remake que não precisava existir.

Dário Coutinho
por
em

Putty Squad é a profetização sombria do que espera os jogadores na geração atual. Lançado em uma época em que o PlayStation 4 carecia de lançamentos, com muitos jogos "AAA" adiados devido aos custos de investimento, os jogadores precisam lidar com lançamentos estranhos. 

PlayStation 4: como enviar streaming gravado do Twitch para o YouTube

Originalmente lançado para Super Nintendo, em 1995, Putty Squad é um remake totalmente desnecessário, com versões para Playstation 3, PS4, Xbox 360, Nintendo 3DS e PC. Confira o review.

Putty Squad é um jogo da nova geração? Definitivamente não (Foto:Divulgação)Putty Squad é um jogo da nova geração? Definitivamente não (Foto:Divulgação)


Bagunça visual

Putty Squad é definitivamente um jogo datado, apesar de ter um visual melhorado nos consoles da geração atual (e até nos da geração passada). Este jogo de plataforma apresenta conceitos que já eram estranhos nos anos 90 e fazem com que o jogo seja visto como “bizarro” nos dias atuais.

Design desleixado é a marca do jogo (Foto: Divulgação)Design desleixado é a marca do jogo (Foto: Divulgação)

Tudo começa no visual com muitas cores. Diferente de outros jogos da época, Putty Squad possui um colorido confuso. Jogos como Mario e Sonic também são coloridos, mas esses possuem itens em destaque, o que torna sua jogabilidade objetiva. O game apresenta uma bagunça visual onde fica difícil definir o que é um item interativo e o que é decoração do cenário. Para piorar, a quantidade de objetivos interativos é grande.

Os layouts dos cenários também não ajudam. As coisas que estão em primeiro e segundo plano se confundem e é comum pular em algo pensando que é uma plataforma, quando na verdade a imagem representa um objeto que está “atrás” do personagem.

Plataforma à moda antiga

Em Putty Squad, controlamos uma bolinha azul que deve passear por cenas 2D coletando itens para solucionar puzzles e chegar ao final do cenário. A bolinha pode saltar ou encher de ar, podendo flutuar por alguns segundos. Ela também pode esticar para tacar inimigos e coletar itens.

Apenas fãs hardcore de jogos antigos e do gênero plataforma pode aproveitar minimamente o jogo (Foto: Divulgação)Apenas fãs hardcore de jogos antigos e do gênero plataforma pode aproveitar minimamente o jogo (Foto: Divulgação)

Parece um bom conceito para um jogo: muitas mecânicas e um cenário grande para explorar. Porém, a limitação de tempo e a péssima apresentação estragam a experiência. O áudio é uma completa bagunça, com gritos, sons para cada ação sua e de seus inimigos. Tudo é entregue aos ouvidos do jogador no mesmo volume que a música.

Sobreviver na estranha bagunça de Putty Squad pode ser algo satisfatório para alguns. Talvez uma diversão sadomasoquista para amantes hardcore de jogos de plataforma. Levando o jogo sob essa óptica, o game pode até agradar graças a maciça quantidade de fases.


Conclusão

O fato de um jogo ser antigo não faz dele um clássico automático, e Putty Squad é um belo exemplo disso. Quase 20 anos depois do seu lançamento, e de ter sido recusado em algumas plataformas, o jogo finalmente foi relançado para consoles da nova geração. Seria algo a se comemorar, não fosse o preço alto jogo, US$ 29,99. Geralmente jogos parecidos como Putty Squad não passam dos US$ 10.

Quais suas melhores recordações de jogar em um PlayStation? Opine no Fórum do TechTudo.


Nota TechTudo

NOTA tt
4.0
Gráficos
4
Jogabilidade
5
Diversão
4
Som
3

Prós

  • - Curioso para fãs de jogos antigos

Contras

  • - Babunça visual
  • - Jogabilidade datada
  • - Preço elevado
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares