Jogos de ação

NOTA tt
7.0

Review Red Faction: Armageddon

Que tal destruir alienígenas e tudo que encontrar pela frente? Essa é a intenção de Red Faction Armageddon, um jogo de ação de tirar o fôlego que chega aos consoles da atual geração:

Fernando Cezar
por
em

Nome: Red Faction Armageddon 
Gênero: Ação
Distribuidora:THQ (distribuído no Brasil pela Arvato Games)
Plataformas: PS3, Xbox 360 e PC

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Que tal destruir alienígenas e tudo que encontrar pela frente? Essa é a intenção de Red Faction Armageddon, um jogo de ação de tirar o fôlego que chega aos consoles da atual geração: 

Quebra tudo! 

A série Red Faction sempre foi popularmente conhecida por permitir a destruição, quase completa, de todo o cenário. Portas, paredes, veículos e construções inteiras vinham abaixo, de modo intencional (como objetivo de muitas missões) ou apenas pelo prazer de destruir tudo ao seu redor.  

Em seu novo capitulo, Armageddon, a série mantém boa parte de sua mecânica, ou seja, ainda é possível destruir quase tudo que encontra pela frente, porém existe uma limitação, até mesmo para que o foco do jogo seja o seu enredo, mais sério e bem trabalhado do que nas versões anteriores.  

As inovações começam pelo protagonista, dessa vez você controla o neto de Alex Mason (protagonistas do jogo anterior), Darius Mason, um minerador desiludido que precisa salvar a colônia humana de um ataque alienígena. Apesar de um clichê de filme hollywoodiano, a trama consegue se desenvolver de forma bem convincente durante todo o jogo, mexendo até com os sentimentos dos jogadores mais sensíveis. 

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Aventura empolgante e linear 

Apesar de uma história convincente e repleta de animações, durante o gameplay, Red Faction: Armageddon deixa um pouco a desejar pela sua linearidade. É apenas seguir, atirar e destruir seus oponentes. Algumas vezes surge uma tarefa diferente, mas além de simples, elas são bem destacadas, em outras palavras, o jogador conta com uma trilha pontilhada que leva até o seu destino.  

Já o tempo de gameplay não deixa a desejar. É possível terminar o game com pouco mais de 10 horas. E mesmo com toda essa linearidade, o jogo possui um variado arsenal que empolga os amantes do gênero.  

Durante este modo, é possível evoluir seu personagem com diversas habilidades, que vão desde aumentar a sua barra de energia, até evoluir o dano de determinadas armas. Entretanto essas habilidades demorar bastante para serem evoluídas, isso sem contar que, para obter os pontos que servem para essa evolução, é preciso destruir muros e outras instalações.  

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Online limitado 

Além do modo Campanha, Red Faction conta com a modalidade multiplayer, chamada de Infestion. Nela você e outros aliados precisam eliminar o máximo de criaturas possíveis, e a cada período de tempo, mais e mais inimigos surgem para infernizar a sua vida.  

Apesar de divertido, o modo é bastante sem graça e enjoativo. É impossível não lembrar de outro game que decepcionou bastante em relação ao seu multiplayer: Bulletstorm. Ambos os jogos mereciam outras modalidades, como o famoso Deatmatch ou até mesmo um modo Campanha cooperativo. 

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Liberte o Thor que existe em você 

Conforme foi citado acima, Red Faction Armageddon conta com um variado arsenal para detonar a ameaça alienígena. Entretanto a grande diversão continua sendo esmagar seus inimigos com o grande martelo. Durante todo o jogo, ele dá conta do serviço, exceto na parte final, onde surgem mais inimigos pendurados a longa distância, dessa forma o poderoso martelo não é uma boa opção.

Mas não se desespere, pois o sistema de mira mostra-se bem eficiente e não deixa a desejar. O único problema é que, diante de um leque tão extenso de armas, não ache estranho você simplesmente esquecer como grande parte delas funcionam.

E em relação à movimentação, não há muito o que reclamar. Talvez o único problema seja a limitação da corrida do personagem, mais parecida com um “piquezinho” do que como uma fuga em disparada. 

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Mandando bem no escuro 

Uma curiosidade é que boa parte do jogo roda a 60 frames por segundo, exatamente em partes mais escuras e com menos elementos na tela. É nítida a diferença, e isso pode ser bem desagradável e frustrante para gamers mais exigentes que não admitem que nesta geração de consoles, games ainda sofram com quedas bruscas de frames.  

E se essa escuridão agrada com o jogo rodando mais rápido, ela também joga contra no quesito tédio. É bastante incomodo percorrer túneis e mais túneis em meio a escuridão, isso porquê os caminhos são muito parecidos e simples demais. Se não fosse um jogo tão linear, facilmente você se perderia por lá.

Os inimigos também deixam a desejar, sendo bem repetitivos e sem muitos detalhes. É bem nítida a sensação de falta de capricho com as criaturas alienígenas. Mas com o grande herói do jogo isso não acontece, pois além de receber muitos detalhes, com direito a capa voando e armas penduradas, ele é bem representado em todas as animações do jogo, que também merecem aplausos. 

Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)Red Faction: Armageddon (Foto: Divulgação)

Conclusão  

Armageddon é leva a destruição em massa da franquia Red Faction para túneis apertados e cenários limitados, diferente dos outros títulos que mostravam cenários enormes e totalmente destrutíveis. A formula não deu muito certo, mas agrada com um enredo interessante e uma boa jogabilidade, mas peca por não apresentar um modo online interessante e por apresentar quedas bruscas de frames em cenários simples e repetitivos.

Nota TechTudo

NOTA tt
7.0
Gráficos
6
Jogabilidade
7
Diversão
8
Som
7

Prós

  • - Destruição do cenário
  • - Variedade de armas
  • - Enredo convincente

Contras

  • - Cenários e inimigos repetitivos
  • - Muito linear
  • - Gráficos medianos
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares