Jogos de ação

NOTA tt
5.0

Review Resident Evil Operation Raccoon City

Para amenizar a ansiedade dos fãs da série, que esperam pelo lançamento de Resident Evil 6 para novembro, a Capcom lançou Resident Evil Operation Raccon City. O jogo foca nos eventos paralelos ao enredo principal do segundo título da franquia, em um estilo de jogo bem diferente do padrão.

Felipe Vinha
por
em

Para amenizar a ansiedade dos fãs da série, que esperam pelo lançamento de Resident Evil 6 para novembro, a Capcom lançou Resident Evil Operation Raccon City. O jogo foca nos eventos paralelos ao enredo principal do segundo título da franquia, em um estilo de jogo bem diferente do padrão. O lançamento, porém, não agradou nem um pouco.

Fim do mundo ou recomeço da série?

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)Resident Evil: Operation Raccoon City (Divulgação)

Dois mil e doze parece ser o ano de Resident Evil. Depois de lançar Revelations para o Nintendo 3DS e anunciar Resident Evil 6 para o segundo semestre deste ano, a Capcom presenteia os fãs com um novo capítulo à parte da franquia original: Operations Raccon City. Porém, o presente tem um gosto amargo e dá a esses fãs uma sensação parecida como a de quando recebiam roupas em vez de brinquedos na infância.

Isso porque, ao deixar o desenvolvimento do jogo para a Slant Six Game, a tragédia foi assinada. Os outros títulos da empresa já não eram lá essas coisas, limitando-se a franquias que nunca venderam acima do esperado. E a desculpa não é sobre limites de orçamento, já que Socon, por exemplo, sempre foi uma das queridinhas da poderosa Sony. Além disso, a Capcom não investiria pouco em um novo título de Resident Evil. Apenas faltou competência.

A verdade é que pouca coisa se salva no game. A começar pela história um tanto “jogada” e sem maiores explicações: um grupo de mercenários é contratado pela própria Umbrella para limpar a sujeira feita em Raccon City. Eles, porém, não contavam com o caos instaurado no local. O que acontece depois disso poucos sabem, afinal, nada muito impactante é revelado no enredo. Termine o game e veja com seus próprios olhos.

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)

Modos cooperativos online e offline

O intuito de Resident Evil Operation Raccon City é colocar o jogador ao lado de amigos, seja em multiplayer local ou online. Uma prova disto é que, uma vez conectado, o jogo apresenta como primeira opção o modo campanha cooperativo, permitindo que outros jogadores participem da história ao seu lado. A ideia é bem interessante e funciona de verdade, melhor do que o modo multiplayer local, que, graças aos gráficos exageradamente sombrios do jogo, confunde na tela dividida.

Os outros modos de jogo são os grandes atrativos do game. Eles variam desde um simples Team Deatmatch – no qual vence o time que elimina mais adversários – até novos  e interessantes modos, como o Survivor, em que vence quem conseguir alcançar o helicóptero de resgate primeiro.

Essas novidades contam para os poucos prós do jogo, entretanto, elas também não estão livres dos eternos bugs. Desde armas que somem a travamentos, eles infernizam a vida dos jogadores que ainda precisam contar com um longo loading antes das partidas.

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)

Jogabilidade longe dos padrões

A Capcom insiste em fugir da mecânica que consagrou Resident Evil desde RE 4, quando optou por eliminar as câmeras fixas e apostou em uma visão em terceira pessoa. Os fãs mais antigos da série não gostaram nem um pouco, mesmo que RE 4 tenha sido, no final das contas, um dos melhores jogos da geração 128 bits.

Em RE Operation Raccon City esse conceito é comprovado e a mecânica primária jogada em outro planeta. Isso porque o título abandona completamente o clima que mescla apreensão e terror, e parte para um shotter no melhor estilo Socon.

Se pelo menos ela funcionasse, esse problema poderia ser amenizado, mas ao invés de cooperar, ela torna-se a principal inimiga do jogo. A começar pela movimentação, que se faz de saltar para se esquivar dos oponentes uma tarefa quase impossível. A dificuldade desregulada complica ainda mais, uma vez que simples Hunters – criaturas do primeiro Resident Evil – conseguem dar mais dor de cabeça que muitos chefes de fase.

O outro grande problema fica por conta do sistema de mira. Atirar na cabeça de zumbis não é tão difícil, mas em outras criaturas é algo praticamente impossível. Isso sem falar no nivelamento do arsenal do jogo. Do que adianta acumular pontos para comprar novas armas, se elas tiram praticamente o mesmo dano? Até as “poderosas” shotguns não passam de simples armas de curto alcance.

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação) (Foto: Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação))Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)

Gráficos de dar medo

Para falar do visual de Operation Raccon City, é preciso frisar alguns pontos importantes. Desenvolver um jogo para uma série consagrada como Call of Duty ou God of War não é uma das tarefas mais fáceis, uma vez que os títulos precisam de muita qualidade, superando os anteriores. Isso não acontece com a Slant Six, com isso, temos um jogo que visualmente não chega perto dos outros jogos da franquia.

Isso é notado logo no começo do jogo, quando nos deparamos com William Birkin – chefão de Resident Evil 2 – e percebemos que, nas cenas de animação, o personagem consegue ficar pior do que nas CGs de 1998. Outras criaturas, como os Hunters e Linkers também, estão mais feios do que em aparições mais recentes, como em Resident Evil 5. E nem os pobres zumbis escaparam do fiasco, sendo repetitivos demais.

A única coisa que escapa é a ambientação do jogo – deixando as sombras exageradas de lado. Elas remetem ao jogador um clima de nostalgia, principalmente ao cruzar a famosa delegacia de Raccon City, palco de Resident Evil 2. Esta, por sua vez, ganhou com os avanços da tecnologia de desenvolvimentos dos games, e reaparece de uma forma brilhante deixando até uma lágrima no canto dos olhos daqueles que acompanham a série desde o primeiro título.

Resident Evil: Operation Raccoon (Foto: Divulgação)Resident Evil: Operation Raccoon (Foto: Divulgação)

Conclusão

O que era pra ser um aperitivo para Resident Evil 6, acabou tornando-se uma pedra no sapato da Capcom. Com um enredo sem maiores explicações, gráficos medianos e uma jogabilidade dura e falha, Resident Evil Operation Raccon City é mais uma tentativa frustrada da empresa de ramificar a série com jogos que não interfiram no andamento da franquia principal. No final das contas, é apenas um game mediano para se divertir online com os amigos.

Nota TechTudo

NOTA tt
5.0
Gráficos
5
Jogabilidade
6
Diversão
4
Som
6

Prós

  • - Ambientação em Raccon City
  • - Modos de jogo online

Contras

  • - Isso é Resident Evil?
  • - Gráficos medianos
  • - Jogabilidade falha
  • - Enredo sem lógica
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucas Barbosa
    2017-02-12T08:22:37  

    Linkers ?

    recentes

    populares

    • Lucas Barbosa
      2017-02-12T08:22:37  

      ?

  • Guilherme Batista
    2012-09-17T09:42:22  

    Errado, estão esqueçendo de um jogo do Playstation1. Resident Evil gun survivor 1 e 2... sim, existe o 2.

    recentes

    populares

    • Guilherme Batista
      2012-09-17T09:42:22  

      Concordo, dizer que é o pior foi só pra fazer sensacionalismo e chamar atenção pra matéria.

    recentes

    populares

    • Guilherme Batista
      2012-09-17T09:42:22  

      É o pior jogo disparado do resident evil esse gun survivor , uma copia horrorosa e barata do dino crisis ....

  • Gilberto Toma
    2012-09-19T09:13:59

    nunca joguei resident evil. e agora que nao vou jogar mesmo

  • Lucas Barbosa
    2012-09-16T18:25:18

    eu goste muito do jogo,principalmente por que tem muita ação é eu adoro jogos assim,gostei muito

  • Alisson Júnior
    2012-09-16T17:51:16

    Foi muito ruim esse jogo, a única coisa que gostei foi de estar em Raccon City novamente, fora isso, o jogo é horrível, a jogabilidade dura, a mira FAIL, os bugs estranhos e sem falar dos players controlados pela maquina serem MUITO BURROS, isso acaba com o jogo todo, o clima, a expectativa, só espero que o Resident evil 6 não faça o mesmo, apesar de o jogo já estar pronto e ter vários gameplays, nunca saberemos o que pode estar vindo REALMENTE ! ...

  • Caio Fontes
    2012-09-16T13:49:28

    Pode ser até meu gosto , mas não achei o Operation Raccon City muito ruim. Até achei legalzinho , bom pra matar a ansiedade do RE 6.

  • Rodrigo Nunes
    2012-09-16T13:23:31

    Só foi provado oq todos já sabiam =)

  • Edvaldo Junior
    2012-09-23T21:05:51

    Sou fã do Resident Evil, desde do Play 1, mas para mim a jogabilidade não a parte ruim, pelo contrario, gostei muito, tanto do RE 4 e o RE 5. O Ponto fraco do jogo em minha opinião é que o jogo é muuuuuuuuuuuuito curto.

  • Vinicius Andrade
    2012-09-19T01:20:21

    "Isso é Resident Evil?" Desde o 4 que deixou de ser RE e agora q eles perceberam isso e n gostaram? É muita hipocrisia você querer colocar os primeiros RE em uma categoria, o 4 e 5 em outra e esse daí em uma terceira. Esse RE aí tem o mesmo clima que o 4 e 5, talvez a única diferença é que ele tenha uma qualidade prática e visual falhas considerando a época do lançamento, mas no geral é a mesma coisa. Não quero dizer que o RE 4 e 5 sejam ruins, pois tenho e gosto de ambos, mas sinto MUITA falta de um RE com a jogabilidade (sim) e o climão que existia até o Code Veronica basicamente.

  • Diego Silva
    2012-09-18T14:37:42

    Uma palavra para esse jogo. Confuso Poderiam usar os recursos desse jogo para implantar DLC's Interessantes para o 6

  • Maico David
    2012-09-18T12:06:00

    olha temos q ver tbm pq esse resident evil nao foi a capcom q fez e sim uma de suas empresas tercerizadas. chei muito estranho tbm pq quando atiramos o tiro faz o msm ond qr q miramos

  • Nadilson Borges
    2012-09-17T23:37:38

    FAZ TEMPO QUE RESIDENT EVIL DEIXOU DE SER UM SURVIVOR HORROR E ESSA PASSANDO PRA AÇÃO ,É SEMPRE BOM INOVAR MAIS SINCERAMENTE NAUM FICOU BOM JOGABILIDADE E GRAFICO DEIXA UM POUCO A DESEJAR ESPERO QUE O RESIDENT EVIL 6 POSSA SALVAR ESSA TÃO ACLAMADA FRANQUIA...O FILME TBM JA NAUM ESTA TÃO BOM ELE ESTA USANDO O NOME DO JOGO PRA LEVAR O PUBLICO AOS CINEMAS AS VEZES PENSO SE EU PAGUEI PRA ASSISTIR X-MEN.

  • Wolnei Reis
    2012-09-17T11:12:13

    CARA EU NAO SEI COMO ELES GASTAM DINHEIRO PRA FAZER UM LIXO DESSES.EU PEGUEI O JOGO NAO JOGUEI 20 MINUTOS E TROQUEI. O PIOR JOGO Q EU VI ATE HOJE ORA ESSA GERAÇAO.SO POR CAUSA DA IMPORTANCIA DO NOME.

  • Robson Santos
    2012-09-17T10:35:32

    Jogo horrível feito por uma produtora horrível, que faz jogos horríveis (um lixo aquele socom) - fato. Review atrasado feito pelo Rubinho Barrichelo - outro fato.

  • Guilherme Martins
    2012-09-17T10:02:08

    é serio que tão fazendo um review de um jogo desses um milhão de anos depois de ter lançado ?

  • Renato Pereira
    2012-09-17T08:54:56

    Excesso de jogos de franquias e falta de ousadia e criatividade dá nisso...

  • Renan Arminda
    2012-09-17T08:46:03

    Posso ta viajando, mas como que você colocou esse jogo em tela dividida, até onde eu sei isso não é possível no Operation raccon city. Salvo se eu estiver errado, to começando a duvidar que você realmente pegou este jogo para fazer uma analise ou se copiou de algum lugar.

  • Marcelo Peres
    2012-09-16T20:26:25

    eu nem virei ,quem virou foi meu filho de 6 anos horrivel esse jogo

  • Laerte Renck
    2012-09-16T19:58:24

    É um jogo que você só joga uma vez, esse eu terminei uma vez, joguei uma segunda vez, para fazer o outro final, mas não tive paciência, parei na parte em que você é cercado por militares dentro de um laboratório, alguns usam RPGs e como não bastasse isso, o sistema de mira do jogo é muito travado o que dificulta nas partes mais difíceis.

  • Radames Silva
    2012-09-16T19:19:15

    É um Spinoff! É um jogo que carrega o titulo da serie mas não entra em cronologia nenhuma com a trama principal, e por esse fator, ele não precisa ser indentico o RE da trama principal! Ele não tem obrigatoriedade nenhuma de ser parecido com os outros, no caso 1, 2, 3, 4, 5 e 6 que ta por lançar em algumas semanas.

  • Lucas Barbosa
    2012-09-16T18:50:40

    bem algumas pessoas ñ gostaram desse jogo por que disseram que ele tinha muita ação é puco terror,então elas vão se decepcionar com o modo campanha do chris no resident evil 6 por que quem jogou a demo ou já viu sabe que é pura ação.

  • Carlos Magno
    2012-09-16T18:32:12

    o jogo pode ate ser ruim mas a capcom pode aprender com os erro desse jogo

  • Lorenzo Silva
    2012-09-16T17:41:04

    acho muito legal esse jogo tira bastante a raiva e tem muita ação