Fones de ouvido

Por Diego Borges, da Redação

Review Razer Nari Ultimate: headset aposta em sistema de vibração Review Razer Nari Ultimate: headset aposta em sistema de vibração
Yuri Hildebrand/TechTudo

O Razer Nari Ultimate é o novo headset gamer que se destaca por trazer um sistema inteligente de vibrações localizadas, com a inédita tecnologia Razer Hypersense. O acessório transforma sons em estímulos táteis e promete ser perfeito para jogos. Além disso, ele oferece conexão sem fio e tem design sofisticado que chama a atenção.

O fone da Razer, que ainda não está à venda no Brasil, deve chegar em breve com preço sugerido de R$ 1.600. O TechTudo testou o Nari Ultimate, que promete ser o primeiro headset háptico do mundo. Confira nossas impressões no review a seguir.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

"Tremedeira" nos ouvidos

Uma das grandes apostas do Razer Nari Ultimate é a vibração direcionada nos ouvidos do usuário. Por meio desse recurso, o headset promete auxiliar o jogador em partidas, passando a sensação exata de onde disparos ou outros tipos de impactos estão vindo. Por mais que o recurso possa parecer supérfluo no início, ele é muito útil em jogos como Fortnite e Anthem, ajudando o usuário a perceber de onde vêm os tiros que o atingem.

Embora a funcionalidade seja voltada para games, é possível ter essa mesma vibração durante a reprodução de vídeos e músicas. Entretanto, nesses casos, a pulsação não acompanha a localidade do som. O headset apenas fica "tremendo", como se você estivesse com os ouvidos encostados em um subwoofer. Isso acontece porque o efeito nos games só é possível graças ao aplicativo Razer Synapse. O programa se "comunica" com o headset para acionar o direcionamento de áudio e vibração. Dessa forma, em jogos para consoles, como Xbox One, PS4 e Nintendo Switch, não é possível ter essa sensação de direção.

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Com relação à qualidade de áudio, o Razer Nari Ultimate também se destaca. Assim como o Razer Kraken Tournament Edition, que também passou pela nossa avaliação, o headset consegue passar uma sensação de localidade 360 graus com o som graças ao aplicativo para PC. Ou seja, ele é capaz de direcionar o áudio vindo da direita e da esquerda, mas também de cima ou de baixo.

Por conta disso, a melhor forma de usar o fone é no computador, em conjunto com o app. Em outros dispositivos, como celulares e videogames, o som fica limitado ao estéreo. Apesar disso, ele não deixa de apresentar uma boa qualidade, com áudio bem definido e sistema de graves que, mesmo sem vibrações, consegue reproduzir efeitos ou músicas mais intensas com fidelidade.

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Pesado, mas confortável

O design do Razer Nari Ultimate segue o padrão de outros modelos da empresa. A grande diferença fica por conta do peso, acima do normal para um headset. O motivo é justamente o sistema de vibração acoplado nos fones. Apesar disso, o arco emborrachado é confortável mesmo durante o uso prolongado, assim como o sistema de acolchoamento, que também abafa os sons externos de forma eficiente. Para completar, há também um modesto conjunto de iluminação do logo da Razer, na parte externa do fone. O recurso é acionado quando a vibração está ativada.

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Com ou sem fios

Outra vantagem do Razer Nari Ultimate são as diferentes possibilidades de conexão. O headset pode utilizar o padrão P2, mais comum em computadores e celulares, ou conexão sem fio com o PC por meio de um adaptador USB. Mesmo se o usuário optar pela segunda opção, o aplicativo Razer Synapse consegue reproduzir todos os efeitos citados anteriormente.

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

O tempo de duração da bateria do headset para os efeitos de vibração também é outro ponto positivo. Durante os testes, foi possível utilizar o dispositivo durante aproximadamente cinco horas com uma única carga, mesmo com o efeito de vibração ativado.

Microfone frágil e botão que não desativa

A principal desvantagem do Razer Nari Ultimate diz respeito ao microfone embutido. O acessório apresenta diversos problemas, desde a fragilidade do design até a má qualidade na gravação de sons. Localizado do lado esquerdo do fone, o microfone é do tipo retrátil, ou seja, pode ser "empurrado para dentro" para ficar escondido quando não está em uso. Esse padrão está presente em diversos modelos da Razer, mas se mostra bastante frágil.

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Razer Nari Ultimate — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Além disso, outro ponto negativo foi que o botão que deveria desativar o microfone em jogos online, como no PS4, não funcionou corretamente nos testes. Para silenciá-lo foi necessário recorrer às opções do próprio console.

Custo-benefício

O Razer Nari Ultimate chama atenção pelo sistema inovador de vibrações localizadas. O recurso é muito bem-vindo em jogos, já que permite sentir de onde estão vindo os tiros e golpes. No entanto, usuários que buscam essa funcionalidade em consoles podem se decepcionar um pouco, já que a melhor experiência de áudio acontece no PC, ao utilizar o aplicativo da fabricante. O microfone é outro ponto que deixa a desejar, com baixa qualidade e design frágil.

Apesar disso, de forma geral, o fone da Razer é uma bom headset gamer e ainda entrega boa qualidade de áudio. Um ponto que pode fazer o usuário repensar a compra é o preço sugerido de R$ 1.600, acima da média para esses produtos.

8.5

Muito Bom

O Razer Nari Ultimate é um headset gamer que traz alta qualidade sonora e sistema de vibração que ajuda durante os jogos. Apesar de ser um pouco pesado, o produto oferece conforto para longas horas de uso. Mesmo assim, a qualidade do microfone deixa a desejar e o preço é alto.
Design
8
Funcionalidades
10
Desempenho
8
Custo-Benefício
7

Qual e o melhor Headset para Games? Comente no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo