Notebook gamer

Por Yuri Hildebrand, da Redação

Review Samsung Odyssey Z: hardware poderoso, bom desempenho e design curioso Review Samsung Odyssey Z: hardware poderoso, bom desempenho e design curioso
Yuri Hildebrand/TechTudo

O Samsung Odyssey Z é um notebook gamer que traz design diferente e especificações poderosas. Com processador Intel Core i7 de oitava geração e 24 GB de memória RAM, o laptop tem boa performance para usar no dia a dia, sem apresentar travamentos em funções básicas, por exemplo. Além disso, o portátil conta com a placa de vídeo GTX 1060 com 6 GB, da Nvidia, que é suficiente para rodar jogos atuais com boa qualidade de imagem e resolução Full HD.

Outro ponto importante é a presença de um SSD no armazenamento, com 512 GB. Mais rápido do que os HDs tradicionais, o componente é suficiente para salvar uma boa quantidade de dados de jogos, filmes, entre outros arquivos. Confira a seguir a análise completa do notebook gamer da Samsung à venda no Brasil pelo preço de R$ 10.499.

Quer comprar um notebook gamer barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Design

O sucessor do Odyssey está disponível apenas na cor prata, que reflete bastante a luz. Sua carcaça tem visual moderno e foge do corpo robusto encontrado na maioria dos notebooks gamer. Apesar disso, o modelo pesa 2,4 kg, o que pode atrapalhar na hora de transportar em uma mochila ou bolsa. Na tampa, o computador traz a logo da linha Odyssey de produtos gamer da Samsung, também em prata.

A principal diferença vem ao abrir o portátil. A fabricante sul-coreana apostou em um design ousado, trazendo o teclado para baixo e arrastando o touchpad para a direita. Essa disposição tem como objetivo simular a posição de teclado e mouse em um desktop, mas pode ser um problema para usuários canhotos.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Acima do teclado, estão três saídas de ar, que ajudam na hora de refrigerar o potente hardware. Centralizado, está novamente o símbolo da família Odyssey, que fica azul quando carregando (e desligado), verde quando a bateria chega a 100% e vermelho quando o dispositivo está ligado.

O teclado é retroiluminado em vermelho, seguindo uma tendência do segmento gamer. A nova proposta de design deixa o dispositivo um pouco desconfortável de usar. A sensação é de que a marca poderia ter aproveitado melhor o espaço disponível. Um ponto negativo é a falta de uma região para descanso de pulso, por exemplo, o que torna a digitação bastante cansativa.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Tela

O display do Odyssey Z é de LED e tem 15,6 polegadas com resolução Full HD, além de oferecer tecnologia antirreflexo. Com bordas grossas, a tela do notebook não segue a mesma linha de estética trabalhada do resto do modelo.

Apesar disso, o monitor funciona muito bem junto à GeForce GTX 1060. O display exibe imagens fluidas e com boa qualidade gráfica, sendo suficiente para rodar jogos atuais, como Pro Evolution Soccer 2019 e Shadow of the Tomb Raider, por exemplo.

Desempenho

O computador da Samsung corresponde às especificações. O processador Intel Core i7-8750H, com velocidades de até 4.1 GHz, dá conta de diversas tarefas ao mesmo tempo, tanto para jogar quanto para assistir a filmes e séries. A memória RAM de 24 GB também dá tranquilidade ao usuário, já que essa é uma das melhores opções de alta capacidade no mercado.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Com relação ao armazenamento, são 512 GB em SSD, o que também confere maior velocidade na hora de abrir programas e transferir arquivos. Outro destaque é a placa de vídeo GTX 1060, que oferece VRAM de 6 GB no padrão GDDR5. O modelo foi suficiente para rodar diversos jogos, além de assistir a vídeos em Full HD. Recentemente, a Nvidia liberou uma atualização de software que permite recursos como o Ray Tracing, que renderiza as imagens em tempo real durante os games. Apesar disso, os testes foram feitos antes do anúncio da fabricante, e não foi possível avaliar o desempenho com a nova função.

Durante os testes, o computador foi avaliado com títulos menos exigentes, como Fortnite e CS:GO, e também alguns atuais, como Pro Evolution Soccer, Anno 1800 e Shadow of the Tomb Rider. Esse último foi o game que mais deu trabalho para o laptop, apresentando diversos travamentos. Para melhorar as condições de jogo, foi necessário diminuir as configurações gráficas – e mesmo assim o FPS ficou por volta de 30. Apesar disso, foi possível explorar bem o mapa e avançar na história de Lara Croft.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

O Odyssey Z também funciona bem para usar no dia a dia. O processador de oitava geração da Intel e a memória RAM de 24 GB em DDR4 permitem ao computador trabalhar com diversas abas abertas no Chrome, ao mesmo tempo em que um jogo está sendo baixado e um vídeo no YouTube é reproduzido. Portanto, o notebook pode agradar não apenas gamers, mas também usuários que precisam de uma máquina boa o suficiente para trabalhar com muitas tarefas ao mesmo tempo.

Bateria

O notebook da Samsung conta com boa autonomia para uso diário – pelo menos em relação a outros modelos gamer. Com algumas abas abertas no navegador e um filme rodando na Netflix, é possível usar o laptop por cerca de 2,5 horas com a bateria em 100%. Para carregar, o portátil precisa ficar na tomada por, aproximadamente, uma hora e meia. O símbolo Odyssey posicionado acima do teclado indica se o computador está carregando, em azul, ou se já carregou, em verde.

Já rodando jogos com o máximo de qualidade, o Odyssey Z trabalha bastante, assim como seu sistema de refrigeração. Por conta disso, a autonomia cai para algo em torno de uma hora e 20 minutos. Vale lembrar que a melhor opção para notebooks gamer é jogar sempre com uma tomada por perto, já que a expectativa de duração da bateria é inferior a duas horas na maioria dos casos.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Recursos

Uma das diferenças encontradas entre modelos comuns e dispositivos gamer são as funções voltadas para a experiência do usuário durante os jogos. Portanto, o Odyssey Z traz alguns botões que podem facilitar a vida de quem está jogando. Entre eles, está o que ativa o modo Beast, que dá um boost na performance do computador. O recurso só fica disponível quando o carregador do notebook está plugado, já que aumenta também o consumo da bateria.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Além disso, vale destacar o sistema de refrigeração do modelo da Samsung. Com saídas de ar acima do teclado e nas partes de trás e de baixo do laptop, a ventilação acontece sem muitos problemas. Tanto que há situações em que o hardware trabalha bastante, mas as ventoinhas não fazem tanto barulho. Esse é um dos pontos positivos do design ousado escolhido pela fabricante.

Preço e concorrentes

O Odyssey Z está à venda no site oficial da Samsung pelo preço de R$ 10.499, mesmo valor pelo qual o produto é encontrado no e-commerce nacional. Comparar o notebook a outros produtos do segmento é um pouco mais difícil. Isso porque seu uso depende muito da adaptação às mudanças feitas no teclado, que pode ser difícil principalmente para usuários que utilizam a mão esquerda para controlar o mouse. Além disso, o laptop é um dos poucos do mercado brasileiro com 24 GB de RAM.

Predator Helios 300 é um dos concorrentes do Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Predator Helios 300 é um dos concorrentes do Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Predator Helios 300 é um dos concorrentes do Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Existem notebooks mais baratos, com promessa de desempenho um pouco inferior, mas que são boas opções gamer. É o caso do Dell G7, que pode vir equipado com 16 GB de RAM e placa de vídeo GeForce GTX 1060. O dispositivo, com essas especificações, está à venda no comércio eletrônico por a partir de R$ 6.849. Outra opção é o Predator Helios 300, da Acer, que tem uma opção de hardware que inclui a mesma placa de vídeo da Nvidia e 16 GB de RAM, mas oferece processador de sétima geração. Esse modelo, por sua vez, custa a partir de R$ 5.899 no mercado online, de acordo com o Compare TechTudo.

Conclusão

O Odyssey Z é uma aposta ousada da Samsung. O modelo chegou para superar o Samsung Odyssey, que aparece em diferentes versões de hardware e preços mais baixos. O laptop é uma verdadeira máquina, com design único e soluções inteligentes para melhorar a ventilação dos componentes internos. Apesar disso, tem visual elegante na tampa, fugindo da carcaça mais robusta, comum em notebooks gamer.

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

Samsung Odyssey Z — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

A ficha técnica não decepciona, trazendo chip Intel de oitava geração, quantidade interessante de memória RAM e placa de vídeo de bom desempenho. Para quem busca um modelo que funcione bem para diferentes funções, o aparelho é um dos mais interessantes disponíveis para comprar no Brasil. Mas vale uma ressalva: caso investir muito não seja um problema, é interessante procurar computadores equipados com uma das novas RTX da Nvidia, que têm recursos como DLSS e Ray Tracing de forma nativa.

Qual notebook gamer comprar? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo

8.5

Vale a pena investir

A Samsung pode ter errado no teclado, mas acertou no hardware. O destaque do Odyssey Z vai para a memória RAM de 24 GB, suficiente para trabalhar em diversas frentes, e para o sistema de refrigeração, que funciona muito bem mesmo em situações de alto estresse.
Design
8
Performance
10
Recursos
8
Bateria
8
Mais do TechTudo