Jogos de aventura

NOTA tt
9.5

Review Rise of the Tomb Raider

A nova aventura da arqueóloga enriquece o contexto da série em todos os aspectos, com momentos intensos de combate, profundo sistema de exploração, vasto conteúdo e história contada em moldes hollywoodianos. Confira a análise completa!

Victor Alcaíde Teixeira
por
em

Rise of the Tomb Raider é a sequência direta do reboot da franquia lançado em 2013. Desenvolvido pela Crystal Dynamics e publicado apenas para Xbox One e Xbox 360, a nova aventura protagonizada pela famosa arqueóloga dá continuidade à fórmula estruturada no game anterior, mas traz também grandes novidades em termos de jogabilidade. Confira a análise:

Rise of the Tomb Raider: Lara mostra seu novo visual em imagens inéditas

Ascensão em grande estilo

Em Rise of the Tomb Raider, Lara deixa no passado sua história na enigmática ilha de Yamatai para se concentrar em um objetivo muito mais ambicioso: encontrar a Fonte Divina, um artefato sagrado que promete conceder imortalidade a quem adquirí-lo. Na trama, a heroína, munida de poucos recursos, inicia a aventura na Síria e precisa se virar em regiões inóspitas nas gélidas montanhas da Sibéria.

Além de Lara ter que se preocupar em buscar o tesouro sagrado na nova empreitada, ela ainda precisa lidar com o exército da Trindade, um grupo de mercenários sem escrúpulos liderado por Konstantin, um déspota que tem como objetivo localizar o artefato antes de qualquer um.

A história parece pouco original à primeira vista, porém ela é muito bem contada e repleta de reviravoltas surpreendentes. A dublagem em português brasileiro também contribui para elevar a qualidade da narrativa, já que as vozes escolhidas combinam perfeitamente com as características de cada personagem.

Review: Rise of the Tomb Raider (Foto: Divulgação)Rise of the Tomb Raider dá continuidade às aventuras da famosa arqueóloga. (Foto: Divulgação/Square Enix)

Explore o que quiser

Ao contrário da limitada ilha de Yamatai, a região da Sibéria é muito mais ampla e, por isso, Rise of the Tomb Raider parece muito mais um game de mundo aberto do que uma aventura de ação em terceira pessoa estritamente linear. A fórmula do jogo segue o mesmo padrão durante todo o gameplay: entre em uma área linear, que serve para interligar duas regiões diferentes, encontre a fogueira e um cenário amplamente aberto recheado de atividades.

Agora Lara tem missões secundárias à disposição, que contribuem não só para dar mais pontos de experiência, como também para enriquecer o contexto do enredo. Enquanto os objetivos secundários são novidade, há também elementos conhecidos dos fãs, como tumbas, ruínas, tesouros e dezenas de itens colecionáveis alocados em pontos estratégicos do mapa.

Nova aventura tem ambientes imensos totalmente exploráveis (Foto: Divulgação/Microsoft)Rise of the Tomb Raider: nova aventura tem ambientes imensos totalmente exploráveis (Foto: Divulgação/Microsoft)

Por mais que as tarefas sejam “mais do mesmo”, o número de desafios triplicou e os puzzles estão mais variados e divertidos. Felizmente, o grau de complexidade dos quebra-cabeças está na medida certa, o que torna as missões do título extremamente agradáveis de se completar.

Como era de se esperar, o sistema de habilidades da heroína foi nitidamente melhorado com novas técnicas, bem como o crafting – que agora segue uma linha mais Far Cry –,  no qual Lara deve vasculhar os ambientes de forma minuciosa para coletar plantas medicinais, peles de animais e outros recursos indispensáveis para criação de armas, itens e explosivos.

Sistema de crafting foi aperfeiçoado (Foto: Divulgação/Microsoft)Rise of the Tomb Raider: sistema de crafting foi aperfeiçoado (Foto: Divulgação/Microsoft)

A aventureira não vive apenas de exploração. Lara também aproveita a viagem à Sibéria para aprender novos idiomas, como grego, russo e até mongol. Isso significa que você terá que descobrir monumentos das línguas que estão espalhados por tumbas e criptas para adquirir fluência. Quanto mais relíquias históricas forem descobertas, mais objetos poderão ser decifrados por Lara, revelando segredos acerca da mitologia da trama.

Em termos de  jogabilidade, o game não sofreu tantas alterações – o que é algo positivo. No entanto, Rise of the Tomb Raider parece tentar persuadir o jogador a praticar eliminações furtivas, pois atirar em todo mundo, especialmente nos níveis mais elevados de dificuldade, não é exatamente o melhor método para progredir.

Como consequência de ter ambientes abertos, o combate do título é muito mais estratégico e oferece múltiplas possibilidades de ação ao jogador. É possível atuar na surdina com o arco e flecha, carbonizar os inimigos com coquetéis molotov ou acertar headshots com os armamentos introduzidos no reboot de 2013.

Cenas de ação do game são de tirar o fôlego (Foto: Divulgação/Microsoft)Rise of the Tomb Raider: cenas de ação do game são de tirar o fôlego (Foto: Divulgação/Microsoft)

Embora alguns confrontos contra diversos inimigos quebrem um pouco o ritmo intenso do gameplay, não dá para reclamar de nenhum aspecto da mecânica em si, pois a Crystal Dynamics conseguiu entregar novamente uma jogabilidade sólida.

Visualmente deslumbrante

A versão definitiva do reboot, lançada para Xbox One e PlayStation 4 em 2013, deu apenas um gostinho do que a Crystal Dynamics estava preparando para um futuro não tão distante. Tecnicamente, Rise of the Tomb Raider é impecável, com cenários variados, ricos em detalhes e iluminação extremamente realista.

Em ambientes abertos, são os detalhes que garantem a imersão do game, como flocos de neve caindo sobre a roupa térmica da protagonista, assim como partículas de poeira, que ganham vida a cada passo dado pela exploradora nas tumbas.

Visual é um dos pontos fortes do exclusivo (Foto: Divulgação/Microsoft)Rise of the Tomb Raider: visual é um dos pontos fortes do exclusivo (Foto: Divulgação/Microsoft)

É preciso ressaltar o trabalho de captura de movimentos da Crystal Dynamics, que tornou a tecnologia de detecção mais precisa e, novamente, trouxe a atriz britânica Camilla Luddington no papel da arqueóloga. Lara exprime seus sentimentos de forma incrivelmente natural. Depois de mergulhar em um lago glacial, por exemplo, Croft sai trêmula da água, com o frio descomunal explícito em sua expressão facial.

A experiência cinematográfica da jornada é construída por cutscenes memoráveis de ação, sequências de acontecimentos inesperados e, é claro, pela trilha sonora orquestrada digna dos filmes de Indiana Jones.

Conclusão

Rise of the Tomb Raider comprova que ainda há espaço para melhorar a fórmula praticamente impecável do reboot de 2013. A nova aventura da arqueóloga enriquece o contexto da série em todos os aspectos, com momentos intensos de combate, profundo sistema de exploração, vasto conteúdo e história contada em moldes hollywoodianos.

Qual a melhor franquia: Uncharted ou Tomb Raider? Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.5
Gráficos
10
Jogabilidade
9
Diversão
9
Som
10

Prós

  • Visual deslumbrante
  • Trilha sonora de filme
  • Jogabilidade com múltiplas possibilidades de ação
  • Ambientes imensos totalmente exploráveis
  • Recheado de conteúdo
  • Trama envolvente com reviravoltas
  • Rico sistema de crafting
  • Dublagem em português.

Contras

  • Combate repetitivo quebra a imersão em momentos pontuais
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Fernando Pinheiro
    2015-11-12T10:38:11  

    Os Sonystas estão chorando...

    recentes

    populares

    • Fernando Pinheiro
      2015-11-12T10:38:11  

      Da mesma maneira que eu choro por não poder jogar Uncharted... Palhaçada essa rivaliade, já tive PS, agora tenho X1, ambos tem titulos tops, mas não seria melhor se todos tivessem acesso a tudo ? Quem perde com isso somos nos mesmos... ;(

    recentes

    populares

    • Fernando Pinheiro
      2015-11-12T10:38:11  

      Quem falou que Street V é exclusivo??? Já tem pré na Steam!!! (vai rodar no Windows 10 de boa)

  • Luiz Diniz
    2015-11-13T07:55:33  

    Eu tenho Ps4, não consigo entender o que passa na cabeça da pessoa de chegar aqui e querer ri pelo triste fato do jogo não ter saído ainda pra nos. Qnd um jogo multiplataforma é de certa forma " exclusivo " para uma das 2 plataformas na minha opinião quem sai perdendo é o próprio jogador! Qnd a sony vai em mercado e pega uma franquia e pega exclusividade aposto que tem gente do X1 que fica chateado também! Acho que fanboy é mt ruim, é um sentimento que as vezes a diversão fica de lado pra auto criticas e comparações! Lembrem-se que somos todos Players.

    recentes

    populares

    • Luiz Diniz
      2015-11-13T07:55:33  

      Pois é Marlon, que sai perdendo sempre somos nos jogadores. E infelizmente no Brasil é difícil dar se ao luxo de ter as 2 plataformas. Mas mesmo sempre sendo usuário sony sempre, tenho vontade de pegar o X1! Afinal quem deseja o mal pra concorrente não sabe o problema que pode causar na vida dos jogadores tanto de sony qnt microsoft se uma das 2 saírem do mercado e so uma tomar conta da área. Desejo sucesso das 2 sempre pra que nos sempre possamos sair ganhando.

    recentes

    populares

    • Luiz Diniz
      2015-11-13T07:55:33  

      Tambem tenho um X1 e gostaria de jogar varios exclusivos da PS...Quem perde com essa richa somos nós mesmos.

  • Rogério Sousa
    2016-09-01T00:42:30

    Pelo menos na versão PC ainda falta muito a melhorar nos combates, parte broxante do jogo. É uma verdadeira briga controlar Lara. Mesmo com tudo de bom que o jogo possa ter...9,5 ou 10? Passa muito longe disso!

  • Carlos Fonseca
    2015-11-13T14:29:30  

    Pra mim, é o jogo do ano. Adorei o primeiro, joguei no 360 e depois no One, e estou ansioso por jogar este.

    recentes

    populares

    • Carlos Fonseca
      2015-11-13T14:29:30  

      Nem indicado a goty foi, os melhores foram indicados, acredito que fique entre the witcher 3 e fallout 4, eu não joguei o the witcher mas joguei o fallout. está sensacional, até ofuscou o star wars que era o jogo que eu estava mais esperando.

  • Wendel Pereira
    2015-11-13T20:37:11

    Comecei um canal com as primeiras impressões deste jogo. Dêem uma olhada lá. .. Wendel Natal

  • Luis Baltazar
    2015-11-13T07:26:34

    Não entendo esses reviews, tecnicamente o jogo é perfeito, porém ganha 9,5. Esse jogo é nota 10 sem sombra de dúvida. O melhor jogo de 2015 até agora. Tenho os dois consoles e realmente a Microsoft fez uma ótima escolha em investir na série.

  • Hugo Fraga
    2015-11-12T14:06:22  

    Melhor grafico da geração por inquanto !!

    recentes

    populares

    • Hugo Fraga
      2015-11-12T14:06:22  

      inquanto é meu saco, analfabeto

    recentes

    populares

    • Hugo Fraga
      2015-11-12T14:06:22  

      Fala pra quem liga

  • Carlos Schneider
    2015-11-12T14:44:37  

    Vai ficar ainda mais bonito quando chegar ano q vem no Ps4 rodando em 60fps em 1080p

    recentes

    populares

    • Carlos Schneider
      2015-11-12T14:44:37  

      Sim, vai rodar nos mesmos 60fps e 1080p de Uncharted 4. SQN.

  • Luciano Lima
    2015-11-12T16:11:01

    Aliás, a única coisa que devemos reclamar... é pagarmos R$ 180,00 e o jogo vir numa capa incrivelmente simples. Não tem absolutamente nada alem do jogo...ridículo isso!!!

  • Luciano Lima
    2015-11-12T16:09:15

    Cara, a cristal está de parabéns denovo. Comprei a versao de 2013 na época...ja tinha achado muito show e agora o rise esta arrebentando denovo. Virei fã.

  • Humberto Garces
    2015-11-12T14:50:17

    gráfico incrível, historia incrível, jogabilidade incrível.......preço horrível.......... =(

  • Jorge Fernandes
    2015-11-12T12:45:19  

    quer dizer que esse é grafico 10 e o Call of duty é nota 8..valeu..sabem muito

    recentes

    populares

    • Jorge Fernandes
      2015-11-12T12:45:19  

      verdade, CODera para ser nota 6 ou 7

    recentes

    populares

    • Jorge Fernandes
      2015-11-12T12:45:19  

      Os dois sao da hora tomb eo call of dutty

  • Marcos Anna
    2015-11-12T13:23:33  

    todo mundo sabe que vai ser lançado pra ps4, so lançaram antes pro xbox pra testar as falhas e lançar depois a versão final pra ps4.

    recentes

    populares

    • Marcos Anna
      2015-11-12T13:23:33  

      Boa kkkk

    recentes

    populares

    • Marcos Anna
      2015-11-12T13:23:33  

      Daqui a um ano

  • Hugo Fraga
    2015-11-12T14:07:48

    Melhor gráfico da geração, ate o momento.

  • Daniel Castro
    2015-11-12T13:01:15  

    Povo tá apavorado a toa, vai sair pro PS4 também só ter paciência, vários jogos ótimos e exclusivos pra sair no ano que vem e temos que esperar do mesmo jeito, "tô morrendo de inveja dos caixistas kkk!

    recentes

    populares

    • Daniel Castro
      2015-11-12T13:01:15  

      SOU SONYSTA mais tenho xbox vo jagar do mesmo jeito kkkkkkkkkkkkk

  • Jose Pereira
    2015-11-12T13:04:40  

    triste em saber que esse jogo so vai sair pro one e xbox360

    recentes

    populares

    • Jose Pereira
      2015-11-12T13:04:40  

      a exclusividade é de 1 ano, então pode esperar q no final do ano q vem ele sai para o ps4.

    recentes

    populares

    • Jose Pereira
      2015-11-12T13:04:40  

      no inicio do ano que vem sai pra PC e no final de 2016 para PS4.

  • And Luz
    2015-11-12T13:16:35

    "anda, cacete, ANDA", sem mais.

  • Hugo Souza
    2015-11-12T12:39:25

    JOGAÇO, mal vejo a hora de sair para pc!!

  • Silvia
    2015-11-12T12:39:07

    .,Encontrei um site que já está com preço de black friday !! Copie e cole no google e procure : black friday brasil 2015 ml

  • Rafael Soares
    2015-11-12T12:20:16

    Tá bunito demais Adeus vida social.

  • Comentador Franco
    2015-11-12T11:30:11

    Enquanto isso, no PS4, Greatness Awaaaaaaaaaaits.

  • Thais Pimenta
    2015-11-12T11:21:51

    Best game everrrr desde o play one este jogo é demais!

  • Juca Ribeiro
    2015-11-12T11:14:13

    PS4 '>>>>>>>>>>>>' Xbox.