Jogos de música

NOTA tt
8.0

Review Rock Band 4

Rock Band retorna, mas isso pode ser bom e ruim ao mesmo tempo. Confira a análise:

Felipe Vinha
por
em

Rock Band 4 voltou para mostrar que os instrumentos de plástico não morreram. O jogo musical da Harmonix está disponível para PS4 e Xbox One, com direito a suporte para controles antigos e músicas baixadas anteriormente. Algumas novidades aqui ou ali, mas o game justifica a empolgação? Confira nossa análise completa e descubra.

Rock Band: confira as maiores curiosidades do game de música

Para quem curte rock, nós os saudamos

Rock Band nasceu como variação de Guitar Hero, originalmente da Harmonix. Com o tempo, a produtora resolveu mudar de editora e lançou sua própria série musical. Foi um sucesso, pois a principal novidade do título era reunir uma banda completa e não se limitar apenas a guitarra ou baixo, e introduziu também bateria e vocais.

Rock Band 4 marca o retorno da série (Foto: Divulgação/Harmonix)Rock Band 4 marca o retorno da série (Foto: Divulgação/Harmonix)

O game rendeu sequências e spin-offs, inclusive o elogiado The Beatles Rock Band. Mas após Rock Band 3, a empolgação esfriou. O mercado não queria mais saber de instrumentos falsos de plástico e a Harmonix decidiu jogar a toalha, ainda que tenha feito a última tentativa com o simples Rock Band Blitz.

Agora a série voltou, está mais simples e a produtora resolveu apostar no básico. É possível notar a ausência dos teclados, a grande novidade de Rock Band 3. Com a dificuldade em procurar novas músicas com teclados, a Harmonix decidiu focar apenas na “banda original”, com guitarra, bateria e voz.

Rock Band 4 segue o esquema clássico (Foto: Divulgação/Harmonix)Rock Band 4 segue o esquema clássico (Foto: Divulgação/Harmonix)

“Simples” parece ser a palavra de ordem para Rock Band 4. O jogo não trouxe grandes novidades e diverte apenas pela qualidade das músicas e notas em cada canção – isto é, pelo desafio que elas proporcionam nos níveis de dificuldade. Basta navegar no menu inicial para perceber que não há modo multiplayer online.

Essa versão mais simplória de Rock Band pode ser uma faca de dois gumes. Muitos fãs vão curtir que a produtora tenha focado no que importa: o setlist principal e a qualidade das músicas; mas outros podem reclamar por receber um verdadeiro “downgrade” em relação a Rock Band 3.

Bateria, guitarra ou microfone: escolha o seu em Rock Band 4 (Foto: Divulgação/Harmonix)Bateria, guitarra ou microfone: escolha o seu em Rock Band 4 (Foto: Divulgação/Harmonix)


Apesar da simplicidade, Rock Band 4 compensa no setlist principal, que está bem caprichado e com bandas atuais e antigas. Como sempre a Harmonix fez excelente trabalho ao selecionar as canções que compõem o jogo, como hits de Aerosmith, Imagine Dragons, Elvis Presley, Disturbed, The Cure, Fall Out Boy, Foo Fighters, Halestorm, Rush, Judas Priest e System Of A Down.

O novo sistema de solo em Rock Band 4 decepciona (Foto: Divulgação/Harmonix)O novo sistema de solo em Rock Band 4 decepciona (Foto: Divulgação/Harmonix)

Além disso, os chamados “charts musicais”, (notas que passam pela tela e que precisam ser acertadas pelos jogadores), estão caprichados e seguem o alto padrão já conhecido em Rock Band.

A simulação é levada ao máximo, principalmente quando o jogador usa a bateria ou a guitarra nos níveis de dificuldade mais altos. Há uma novidade nessa parte, como o novo sistema de solo das guitarras, que decepciona por destoar em certas canções.

Quase infinito

A Harmonix fez o dever de casa e disponibilizou pelo menos 90% do acervo online já lançado para os games anteriores, disponíveis para serem baixados no novo título. Se o jogador comprou algumas das músicas anteriormente, é possível baixá-las de graça na nova plataforma, respeitando a “família” de aparelhos – PS3 para PS4 e Xbox 360 para Xbox One.

Rock Band4 (Foto: Divulgação/Harmonix)Rock Band4 (Foto: Divulgação/Harmonix)

A preocupação com os antigos fãs chegou até nos instrumentos. Praticamente todas as guitarras e baterias já lançadas oficialmente para qualquer Rock Band ou Guitar Hero são compatíveis sem qualquer problema, ao menos na edição para PS4. A versão para Xbox One exige apenas um adaptador extra, caso o usuário opte por usar um instrumento antigo e não comprar a nova edição, que acompanha Rock Band 4.

Como o game exige periféricos, ele continua caro. O setlist de pouco mais de 60 músicas também vai acabar uma hora, e será necessário adquirir novas canções online, se o jogador não tiver alguma do passado. Cada música custa US$ 2, o que dá mais ou menos R$ 8 na conversão atual. Logo, Rock Band 4, não é um jogo dos mais baratos.


Graficamente ele não mudou muito desde Rock Band 3, o que não é muita surpresa. Novamente, pelo foco ser na música, é de se esperar que o visual seja o menor dos problemas. Em termos de som, Rock Band 4 está caprichado. Tocar “ao vivo” é bem empolgante com som alto, principalmente quando o público canta junto, se a pontuação está lá em cima, dando um ar a mais de show e ajudando na simulação.

Conclusão

Rock Band 4 vai agradar aos antigos fãs, mas pode decepcionar quem espera por novidades para a nova geração de consoles. Há mudanças, como o decepcionante sistema de solo inédito, além do modo carreira diferenciado. Mas também há muitos cortes, como a ausência de modo online, corte do teclado ou a fraquíssima construção de personagens. Porém, vale lembrar que Rock Band é sobre música, e neste quesito o jogo se sai muito bem.

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Gráficos
8
Jogabilidade
6
Diversão
8
Som
10

Prós

  • Bom setlist
  • Qualidade do áudio
  • Suporte a instrumentos antigos
  • Suporte a DLC antigo

Contras

  • Sem modo online
  • Criação de personagens fraca
  • Ausência de teclados
  • Sistema de solo forçado
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Renan Alves
    2018-10-17T14:47:58

    Tech tudo qual o adaptador pra usar a guitarra do guitar hero live ?

  • Caio German
    2015-10-08T18:50:27  

    o jogo já sai da "loja" capado, com DLCs "infinitas" garantidas e necessidade de readaptar os periféricos caros da última geração....

    recentes

    populares

    • Caio German
      2015-10-08T18:50:27  

      Alguém sabe onde posso comprar a versão de Xbox One no Brasil? Não acho em lugar algum, seja online ou loja física.

  • Bruno Santos
    2015-11-25T08:52:33

    Praticamente o RB3 com novas músicas, e mais DLC's para sugar os bolsos, de quem tem coragem de ficar gastando dinheiro a mais com jogos..