Jogos de esporte

NOTA tt
5.8

Review Rory McIlRoy PGA Tour

Confira o review do jogo de golfe carro-chefe da EA Sports.

Roberto Caligari
por
em

Rory McIlRoy PGA Tour é um jogo de golfe lançado pela EA Sports para o PS4 e o Xbox One,  que tem o objetivo de repetir o sucesso da franquia anterior, estrelada por Tiger Woods entre 1998 e 2008. Apesar de o game não contar com nomes de peso, como o de Woods, a Eletronic Arts aposta no campeão irlandês Rory McIlRoy para conquistar os fãs do esporte. Confira o review completo:

Sede da EA Sports tem quadras de esportes e permite levar cachorros

Início conturbado 

Como as regras do golfe não são de amplo conhecimento do jogador comum de videogame, principalmente nos locais sem tradição no esporte, Rory McIlRoy PGA Tour contém um tutorial detalhado, em inglês, sobre as mecânicas do game.

Rory McIlroy PGA Tour (Foto: Divulgação/EA Sports)Rory McIlroy PGA Tour (Foto: Divulgação/EA Sports)

Apesar disso, o usuário pode levar algumas horas para dominar os comandos do jogo. Após a dificuldade inicial, o título passa a ser mais amigável ao gamer.

A meta parece simples: acertar a bola no buraco com poucas tentativas. No entanto, na prática não é bem assim, pois Rory deve mirar no ponto correto, dar a tacada e, além disso, levar em consideração elementos como velocidade do vento e intensidade da jogada.

O gameplay é dividido em três modos: Arcade, Classic e Tour. A jogabilidade varia conforme o modo escolhido e altera o estilo da movimentação e dos comandos no joystick. As tacadas, por sua vez, são de seis tipos diferentes, de acordo com a distância desejada para a bola atingir, da maior para a menor: Full, Choke, Punch, Pitch, Flop e Chip.

Gráficos, cenários e Battlefield 4 

Com a utilização da engine Frostbite 3, a mesma de Mass Effect e Battlefiled, era de se esperar que os gráficos de Rory McIlroy PGA Tour fossem de primeira linha e acompanhassem a evolução dos consoles da nova geração.  No entanto, na prática, não é bem isso o que acontece, pois a sua mecânica é ultrapassada e não convence nem o jogador leigo.

É comum notar problemas de desempenho, como alguns travamentos, serrilhados e quedas na taxa de quadros. A movimentação do atleta em campo também parece artificial e a animação da torcida é bastante genérica.

Rory McIlroy PGA Tour tem cenários deslumbrantes (Foto: Divulgação/EA Sports)Rory McIlroy PGA Tour tem cenários deslumbrantes (Foto: Divulgação/EA Sports)

Mas o que decepciona mesmo é a reação de Roy ao resultado das partidas. Toda vez que a jogada é realizada, a resposta do sistema é acompanhada de uma CGI do personagem, que reage positiva e negativamente. Depois de algumas horas jogando, as cenas ficam bem repetitivas e previsíveis.

Em contrapartida, os cenários dão um show à parte e, apesar da pouca variedade, acrescentam elementos visuais únicos à experiência de Rory McIlroy PGA Tour. A ambientação é soberba e os campos de golfe são muito bem representados no game. A grama é quase realista e a iluminação e os efeitos visuais impressionam. 

No total são 12 estágios no jogo, oito representam circuitos oficiais da competição PGA Tour, e mais quatro são referentes a paisagens fictícias. O destaque fica por conta do cenário baseado em Battlefield 4, o Paracel Islands. Jogar golfe em meio ao ambiente caótico do game de ação realmente foi um ponto positivo da EA Sports

Bola fora

No quesito jogabilidade, as falhas de Rory McIlroy PGA Tour fica cada vez mais evidentes nos modos campanha e multiplayer, que, por sua vez, podem ser online ou offline com até quatro jogadores. 

No modo campanha, o usuário viaja pelo mundo para disputar golfe em diferentes tipos de campo, e pode personalizar um jogador para participar do torneio. Porém a customização é limitada e não oferece muitas opções, logo o personagem criado não tem tanta variação assim. 

Rory McIlroy PGA Tour: movimentação do personagem não convence. (Foto: Divulgação/EA Sports)Rory McIlroy PGA Tour: movimentação do personagem não convence. (Foto: Divulgação/EA Sports)


O multiplayer online decepciona pela demora do sistema em encontrar um parceiro para a partida, o que pode levar vários minutos até um adversário aparecer para lhe desafiar. E quando isso acontece, os desafios não são lá grandes coisas. Isso torna a experiência tediosa e atrapalha na diversão do game.

Conclusão

Rory McIlRoy PGA Tour é o jogo da EA Sports que tem a missão de alcançar o patamar de franquia aos moldes da saga anterior, protagonizada por Tiger Woods. O problema é que a desenvolvedora aposta em um rosto que ainda não tem o mesmo apelo comercial de Woods. Os problemas de desempenho também ofuscam o fator diversão e os belos cenários do jogo, inclusive os fictícios. Para completar, a falta de popularidade do golfe no Brasil faz com que este game seja dispensável por quem não é muito habituado às regras do esporte.

Rory McIlroy PGA Tour: jogo aposta em rosto relativamente desconhecido do público brasileiro. (Foto: Divulgação/EA Sports)Rory McIlroy PGA Tour: jogo aposta em rosto relativamente desconhecido do público brasileiro. (Foto: Divulgação/EA Sports)



Qual seu game de esporte preferido? Comente no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
5.8
Gráficos
5
Jogabilidade
6
Diversão
5
Som
7

Prós

  • Cenários deslumbrantes, com destaque para o de Battlefield 4
  • Bons efeitos de luz e ambientação
  • Comentaristas entrosados

Contras

  • Quedas na taxa de quadros
  • Animação artificial da torcida
  • Resposta previsível às jogadas do atleta
  • Mecânica repetitiva
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares