Roteadores

Por Yuri Hildebrand, do Home Office


Huawei AX3 é um roteador Wi-Fi 6 da gigante chinesa que está à venda no Brasil por preços a partir de R$ 595,90. O produto fica disponível em duas versões: uma dual-core e outra quad-core – também chamada de Pro –, que traz sistema próprio de segurança e conexão rápida via NFC. Em ambos os casos, as velocidades chegam a quase 3 Gb/s, somadas as redes de 2,4 GHz e 5 GHz, refletindo em melhor qualidade de conexão para jogar online e assistir a filmes e séries via streaming, por exemplo. Vale lembrar que o Wi-Fi 6 por si só já promete triplicar o desempenho de modelos 802.11ac.

Além da velocidade, o produto garante boa estabilidade de conexão, algo muito interessante para quem tem muitos dispositivos de casa conectada. O TechTudo testou a versão com processador de quatro núcleos e traz a seguir os principais detalhes do roteador Wi-Fi 6 'Plus' da Huawei. Confira o review a seguir:

Roteador Huawei AX3 tem Wi-Fi 6 e preços a partir de R$ 595,90 — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Design

Disponível na cor branca, o roteador da Huawei tem design que chama atenção logo de cara. Minimalista, o modelo tem quatro antenas bem mais grossas em relação a outros modelos do segmento. O aparelho tem ainda dois botões: um na parte de trás, para ligar, desligar ou resetar o sistema, e outro na parte de cima, o botão "H", que pode ser utilizado para conectar dispositivos da marca com suporte ao recurso H Link ou WPS. Na parte frontal, um LED mostra o status da conexão.

Em relação às entradas, vale destacar o padrão Gigabit das portas RJ-45. Tanto a entrada WAN, utilizada para ligar o modem ou roteador da operadora ao dispositivo, quanto as três LAN trazem padrão Gigabit, ou seja, permitem transmissão de dados acima dos 1.000 Mb/s. Isso é crucial para aproveitar planos de Internet com promessa de alta velocidade, garantindo tanto a recepção do sinal quanto a distribuição via Wi-Fi ou mesmo cabo de rede.

Modelo traz portas Gigabit para velocidades acima dos 1.000 Mb/s — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Instalação e conexão

O AX3 da Huawei pode ser instalado e configurado por meio do AI Life, aplicativo da fabricante disponível em celulares Android e iPhone (iOS). Após ligar o roteador ao modem da provedora de Internet, o usuário precisa conectar o smartphone na rede gerada pelo dispositivo e abrir o app para continuar o processo. Por lá, é possível não apenas gerir senhas e nome do Wi-Fi, mas também ativar recursos e realizar diferentes ajustes.

Vale ressaltar que, apesar de simples, as configurações do app nem sempre ficam tão evidentes. Usuários com menos experiência podem ter dificuldades na hora de começar a usar, sendo necessário navegar durante algum tempo pelas opções para entender a interface.

Roteador Huawei AX3 na versão 'Pro' (quad-core) traz recurso de conexão via NFC — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Aqui, outra novidade interessante do produto: a conexão via NFC, exclusiva da opção quad-core. Caso seu celular ou tablet seja compatível com a tecnologia por aproximação, basta encostar o aparelho no roteador que o mesmo terá acesso ao Wi-Fi de forma rápida e simples. Isso é bastante interessante para receber visitas ou simplesmente começar a usar um novo eletrônico que precisa estar conectado à Internet.

Recursos

Por definição, o roteador tem um único sinal, priorizando frequências de 5 GHz. Mas, caso seja necessário, o usuário também pode configurar duas redes independentes, uma de 2,4 GHz e outra exclusivamente de 5 GHz. Essa última opção é interessante para ligar dispositivos IoT pela casa, que podem ficar mais distantes do roteador em si e, em alguns casos, funcionam apenas com frequências de 2,4 GHz – caso de lâmpadas smart como da Positivo e da Steck, entre outras.

Há ainda outra forma de dividir o sinal com o AX3 da Huawei: o usuário pode liberar mais uma ou duas redes – também priorizando ou não o 5 GHz – de Wi-Fi 5, facilitando a conexão a dispositivos mais antigos e que tenham padrões mais velhos de Wi-Fi.

Sabe onde encontrar o IP do roteador para acessar as configurações? Veja como achar o número:

Aprenda a encontrar o endereço de IP do roteador

Aprenda a encontrar o endereço de IP do roteador

Outra característica interessante do roteador é a possibilidade de utilizá-lo em uma rede Mesh. Por meio do botão "H", localizado na parte central do aparelho. Vale ressaltar que o recurso é exclusivo de acessórios da marca, e pode ser uma alternativa interessante para aumentar o alcance do Wi-Fi. Atualmente, a marca oferece kits com dois ou três dispositivos Mesh, ainda com padrão 802.11ac (Wi-Fi 5).

Voltando ao aplicativo AI Life, o usuário também pode reiniciar o roteador, realizar diagnósticos para conferir a qualidade da conexão, liberar uma rede de convidados e acompanhar os dispositivos conectados. Há ainda um recurso de controle dos pais, importante para controlar o que crianças podem ver na Internet.

Atualizações, login e até ajustes próprios para cada aparelho na rede também podem ser feitos diretamente pelo app, incluindo QoS. Além disso, caso o usuário tenha outros dispositivos da Huawei, o software é o mesmo que permite configurações em fones de ouvido, smartwatches e aparelhos IoT da marca.

Desempenho

O roteador da Huawei mostrou funcionar muito bem no dia a dia, seja na faixa de 2,4 GHz, que promete 574 Mb/s de velocidade, ou na de 5 GHz, com 2.402 Mb/s. A conexão via cabo, por exemplo, não apresentou nenhuma perda significativa para jogar online via Playstation 4 (PS4), por exemplo, enquanto dispositivos conectados via Wi-Fi 6 tiveram um aumento significativo de desempenho, seja para abrir páginas no Chrome ou para assistir a conteúdos via streaming.

Roteador Huawei AX3 funcionou bem para jogar online, mas rede de 5 GHz apresentou dificuldades mesmo com poucas barreiras — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Apesar da qualidade na conexão, é importante ressaltar que o sinal de 5 GHz apresentou algumas falhas. Esse tipo de faixa costuma mesmo ser mais suscetível a isso, já que suas ondas têm particularidades que diminuem o alcance com boa qualidade, assim como dificultam a transmissão em ambientes com muitos obstáculos. Mas, mesmo em uma casa pequena e com uma única parede dividindo os cômodos, aparelhos conectados na rede de 5 GHz tiveram algumas dificuldades.

Em alguns casos, a rede nem chega a aparecer, sendo necessário recorrer ao mais lento 2,4 GHz. Esse é um problema que aparece ao dividir as duas faixas, já que, por definição, o roteador alterna entre as frequências em um único sinal, priorizando os 5 GHz sempre que possível.

Preço e concorrentes

O Wi-Fi 6 chegou de fato ao Brasil em 2020, com mais opções de roteadores compatíveis no mercado. Mesmo assim, ainda há poucas opções disponíveis – e, entre elas, está o AX3. Além da opção dual-core, mais simples e que custa a partir de R$ 595,90 no varejo, há a versão quad-core, que traz recursos de segurança como o Huawei HomeSec, que promete maior proteção ao Wi-Fi, seja em casa ou em redes corporativas. Seu preço no varejo é um pouco maior, custando, pelo menos, R$ 789,94 nas lojas online.

TP-Link AX10 vs Huawei AX3: rivais são opções interessantes de Wi-Fi 6 no Brasil — Foto: Divulgação/TP-Link e Huawei

Um rival que se destaca no e-commerce brasileiro é o TP-Link AX10, que traz características bem parecidas, como antenas igualmente "diferentonas" – apesar de mais tradicionais –, e padrão Gigabit nas portas RJ-45.

O acessório também promete otimizar a conexão nos diferentes dispositivos – aqui, via Beamforming, contra o MU-MIMO do AX3 – e tem configuração simplificada via app para celular – nesse caso, o Tether, próprio da fabricante. A diferença fica por conta da velocidade máxima: enquanto o AX3 oferece 3 Gb/s no total, o AX10 da TP-Link chega aos 1,5 Gb/s, metade do que promete o rival da Huawei. Seu preço no Brasil começa em R$ 699.

Conclusão

Roteador Huawei AX3 merece atenção mesmo frente às opções com Wi-Fi 5 do mercado — Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand

Com padrão Wi-Fi 6 e até mesmo suporte a redes Mesh, o AX3 promete ser um roteador completo para aproveitar ao máximo a Internet contratada em casa ou no escritório.

Com as diferentes possibilidades, é possível ajustar o Wi-Fi de acordo com os diferentes dispositivos e usuários, seja para otimizar a conexão e aproveitar streaming ou jogos online, ou para manter uma rede de dispositivos IoT e deixar sua casa conectada.

Apesar das falhas percebidas durante os testes, o AX3 foi bem e não decepcionou no dia a dia. Mesmo aparelhos velhos são considerados pela Huawei, que garante reforço nas conexões via Wi-Fi 5 e suporte a padrões ainda mais antigos. Os preços, por sua vez, são inclusive acessíveis, pelo menos se considerados recursos disponíveis e o padrão mais recente de conexão, ainda pouco comum no mercado.

Roteadores ainda com o padrão anterior e funcionalidades semelhantes, por exemplo, são encontrados por valores não muito menores, entre R$ 400 e R$ 500. Dessa forma, caso a ideia seja comprar um novo dispositivo do tipo para casa, o Huawei AX3 é um forte candidato de custo-benefício.

Qual é o melhor Roteador Wireless? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo