Pendrive

NOTA tt
8.3

Review SanDisk Connect Wireless Stick

Pendrive wireless da SanDisk oferece transferência de arquivos através de aplicativo móvel, sem precisar plugar USB.

Isabela Giantomaso
por
em

O Connect Wireless Stick é um pendrive da SanDisk que une conectividade e armazenamento. O dispositivo funciona sem fio e pode ser utilizado como uma espécie de microSD, diminuindo o espaço ocupado na memória do celular ou tablet com a ajuda de um aplicativo para Android e iOSque faz backup automático de vídeos e fotos.

Veja os pendrives de maior capacidade e carregue todos os arquivos no bolso

No Brasil, o gadget está disponível nas versões de 16, 32 e 64 GB e ajuda na transferência de dados entre dispositivos móveis e computadores. Mas será que vale a pena investir em um pendrive wireless? Confira a análise completa. 

SanDisk Connect Wireless Stick (Foto: Caio Rosário/TechTudo)Pendrive da SanDisk funciona com wireless e aplicativo para celular (Foto: Caio Rosário/TechTudo)

Design

O design do pendrive wireless da SanDisk é bem trabalhado. Os modelos de 16, 32, 64 e 128 GB estão disponíveis na cor preta com a tampa dourada. O de 200 GB é inteiro branco. Na lateral do dispositivo, um botão quase imperceptível permite ligar e desligar o aparelho para conectá-lo ao tablet ou smartphone.

Entre as dimensões do Connect Wireless Stick estão 2,08 x 7,82 x 1,21 cm e peso de 21,76 g. A tampa que protege a entrada USB 2.0 é removível, o que pode ser um ponto negativo para quem pretende usar o aparelho direto no computador muitas vezes. Mesmo que a ideia principal seja não precisar retirar a tampa e usar o pendrive com a conectividade Wi-Fi, a peça removível gera uma brecha para os mais desatentos perderem a proteção. 

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

SanDisk Connect Wireless Stick (Foto: Caio Rosário/TechTudo)Design bem trabalho chama atenção no Connect Wireless Stick (Foto: Caio Rosário/TechTudo)

Funcionalidades 

A função wireless do pendrive o torna uma espécie de microSD ou HD externo, já que faz backup do celular e salva fotos e vídeos de forma automática. O recurso funciona em conjunto com o aplicativo SanDisk Connect Drive por até 45 metros, segundo a fabricante. 

No programa, disponível para Android e iOS, é possível dividir arquivos em pastas para encontrar o que deseja com mais facilidade. Além disso, o app mostra o espaço disponível tanto no aparelho móvel quanto no pendrive. O programa pode funcionar totalmente sem Internet e permite guardar os dados com uma senha Wi-Fi, oferecendo mais segurança, já que tem acesso via rede. 

Outra ferramenta interessante do Connect Wireless Stick é a transferência de arquivos em até três aparelhos de uma só vez. Durante os testes, o recurso funcionou bem e permitiu compartilhar músicas de maneira simultânea. 

Desempenho

Para testar o aparelho foi utilizado um Samsung Galaxy Gran Neo Duos. Na maioria dos testes realizados, o backup da galeria apresentou diversos travamentos, algumas vezes obrigando a fechar todos os aplicativos abertos no celular para voltar ao uso normal. Além disso, ao travar o programa, as imagens salvas no pendrive carregavam apenas parcialmente, ficando com uma tira colorida no meio. 

No entanto, quando sem travamentos, o backup se apresentou de forma positiva, transferindo os arquivos do smartphone para o pendrive de maneira rápida. De acordo com a SanDisk, durante um teste interno, a equipe de produtos da fabricante conseguiu transferir 10 fotos em 20 segundos para um iPhone 6 Plus. Com o aparelho Samsung foi possível enviar 27 fotos em 1 minuto.

SanDisk Connect Wireless Stick (Foto: Caio Rosário/TechTudo)Em 1 minuto, o aplicativo transferiu 27 fotos para o pendrive (Foto: Caio Rosário/TechTudo)

A transferência de músicas, arquivos e fotos também foi positiva e, ao plugar o pendrive em um computador, o dispositivo não apresentou problemas. Mesmo usando um gadget de 16 GB, o espaço foi suficiente para fazer o backup de toda a galeria de um celular, com mais de 1.000 fotos. 

Para utilizar o pendrive no modo wireless é necessário carregá-lo em uma porta USB. Durante os testes, o gadget demorou no máximo 2 horas para chegar em 100% de carga, enquanto levou mais de 5 horas para alertar para a bateria baixa.

Custo-benefício

O preço do pendrive da SanDisk é um pouco salgado. O modelo com menos espaço de armazenamento, 16GB, custa R$ 209 e as opções mais avançadas de 128 e 200 GB só estão disponíveis fora do Brasil. Apesar disso, quem tem pouco tempo para fazer o backup da galeria do celular ou não está sempre com um computador por perto ou com Internet para transferir arquivos, o dispositivo pode valer a pena. 

Além disso, o aparelho pode ser protegido por senha, o que garante mais segurança ao usuário. O USB 2.0 funciona como um pendrive normal, mas não tão veloz quanto poderia ser com uma tecnologia 3.0. 

Quais são as funções pouco conhecidas do pendrive? Comente no Fórum do TechTudo

SanDisk Connect Wireless Stick (Foto: Arte/TechTudo)SanDisk Connect Wireless Stick (Foto: Arte/TechTudo)


Nota TechTudo

NOTA tt
8.3
Design
8
Funcionalidades
10
Desempenho
8
Custo-benefício
7

Prós

  • - Recurso wireless torna pendrive espécie de HD externo
  • - Faz backup da galeria do celular
  • - Aplicativo ajuda a gerenciar arquivos
  • - Transferência para até 3 dispositivos ao mesmo tempo

Contras

  • - Tampa removível
  • - USB 2.0
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rhodnei Pedroso
    2016-10-28T00:23:06

    BOA Noite gostaria de passar áudios das intrevistas direto parabéns o pendrive e possivel?

  • Julio Junior
    2016-04-25T13:59:25  

    Totalmente inútil. Bem fácil perder isso.

    recentes

    populares

    • Julio Junior
      2016-04-25T13:59:25  

      Vulgo Esmeril

  • Paulo Fernandes
    2016-04-25T12:44:14  

    Em tempos de Dropbox e Google Drive isso é meio inútil...

    recentes

    populares

    • Paulo Fernandes
      2016-04-25T12:44:14  

      Em termos de segurança gosto de usar aqueles modelos de pendrive com leitor biométrico embutido, onde parte do espaço disponível só é liberado com a leitura correta de sua impressão digital, além da possibilidade de destinar parte de seu disco rígido para manter arquivos privados, dessa forma a unidade fica oculta, só sendo mostrada e acessada com a sua impressão digital. Uso um modelo da Transcend e acho bem útil.

    recentes

    populares

    • Paulo Fernandes
      2016-04-25T12:44:14  

      Realmente eu não prezo muito pela confidencialidade pois não faço nudes nem trabalho em uma empresa que possui documentos que sejam secretos, mas não acho que simplesmente por ser wi-fi seja 100% seguro, ninguém falou nada de criptografia na hora da transmissão que espero que tenha para valer o preço.

  • Alessandro Tavares
    2016-04-25T14:04:42  

    Pen Drive no Brasil ta longe de ser substituível por nuvem. Um grande exemplo foi na segunda feira passada: Fui em uma universidade aqui no RJ efetuar uma apresentação e ia fazer o download dos arquivos da nuvem. Quem disse que a internet da universidade deixava? Não sei se era a quantidade de gente conectada ou lentidão mesmo, ainda bem que sempre ando com a carteirinha com o Pen Drive e o "passador de slides". Me salvou! Mas isso só foi um exemplo, podemos ficar aqui o dia todo debatendo.

    recentes

    populares

    • Alessandro Tavares
      2016-04-25T14:04:42  

      Não só no Brasil, em qualquer lugar no mundo é muito melhor você confiar em ter a mídia em meio físico (pen drive, HD externo) por segurança. Nunca que eu saio pra uma apresentação confiando num arquivo em nuvem.