Jogos de arcade

NOTA tt
8.0

Review Serious Sam: Double D

Enquanto as produtoras tentam promover a evolução dos jogos de tiro em primeira pessoa com elementos que fogem da fórmula “correr, atirar, manter-se vivo”, outros simplesmente não dão a menor bola para isso. Veja, por exemplo, a série Serious Sam.

Pedro Giglio
por
em

Nome: Serious Sam: Double D
Gênero: Shooter 2D
Distribuidora: Devolver Digital / Croteam
Plataforma: PC (Steam)

Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)

Enquanto as produtoras tentam promover a evolução dos jogos de tiro em primeira pessoa com elementos que fogem da fórmula “correr, atirar, manter-se vivo”, outros simplesmente não dão a menor bola para isso. Veja, por exemplo, a série Serious Sam. Nada de táticas avançadas, comunicação de equipe ou firulas afins no shooter da Croteam: o negócio era sair correndo, meter bala em centenas de inimigos consecutivos (e não, não é um exagero: lembro de uma fase do primeiro com uma sequência de mais de 120 Kleers) e é isso aí.

Mesmo tirando da equação a parte “centenas de inimigos”, parece algo saído da escolinha Contra / Super Contra. Enquanto o terceiro Serious Sam da série principal não sai, a produtora independente Mommy’s Best Games alivia a sede de tiroteio da galera com Serious Sam: Double D. Formada por veteranos da Insomniac e Running With Scissors, a MBG criou sua fama com a iniciativa Xbox Live Indie Games, sendo Weapon of Choice seu maior sucesso.

Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)

“Então botamos uma arma na sua arma para você atirar enquanto atira”

Jogadores de PC com mais cabelos brancos na cabeça devem se lembrar de Abuse, jogo de tiroteio 2D no qual a mira era com o mouse - e se pensarmos nos padrões atuais, combina direitinho com o esquema de duas alavancas analógicas no gamepad. Serious Sam: Double D segue o mesmo estilo, colocando o herói de jeans e camisa branca contra um mundo de inimigos - tanto os clássicos, como os Gnaars, quanto inéditos, como as mulheres gigantes kamikaze sem cabeça e de topless... mas com bombas na frente.

Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)

Uma das novidades mais insólitas de Double D é o “Gun Stacking”: ao achar as pecinhas escondidas nas fases, dá para combinar suas armas em uma pilha. Isto é, se você tem uma metralhadora, uma escopeta e uma serra elétrica, você pode juntá-las em uma enorme máquina da morte que, sorte sua, calha de caber nas suas mãos. Parte da graça do negócio é poder fazer as combinações mais surreais - e de preferência, eficazes.

O que tem no bebedouro da Mommy’s Best, hein?

Por falar em “surreal”, a direção de arte da MBG continua insana. Mesmo que use os elementos visuais ligados à série da Croteam, isso não quer dizer que não vejamos criações inéditas. Se a mulher-kamikaze soa como uma variação do tema anterior, não dá para dizer o mesmo de um inimigo que é... uma pilha de panquecas com calda apoiada em dois garfos. E com vuvuzelas de recheio. Sim, aquelas cornetas malditas. A lista certamente não para por aí.

Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)Serious Sam: Double D (Foto: Divulgação)

Como se isso ainda não fosse o suficiente, temos algumas referências tão inusitadas que são de fazer o jogador parar e pensar alguns segundos no que viu. Claro, existem aquelas mais fáceis de sacar - como o Shai-Hulud, aquele minhocão da areia da série “Duna” - mas admito que demorou para cair a ficha da referência ao filme “A Origem”. Também demorou a cair a van branca, mas isto é outra história.

Tiroteio do homem-bomba sem cabeça

Embora pareça pouco ambicioso para os padrões atuais, Serious Sam: Double D diverte ao combinar tiroteio 2D, um visual coloridão que remete às capinhas de jogos do Commodore Amiga e contemporâneos, referências pop, hordas de inimigos na tela... e é inegável o apelo de combinar as armas em uma pilha com o recurso Gunstacker. Vá lá, não parece o Serious Sam que você esperava, mas certamente é um lembrete do que torna a série tão divertida.


 

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Gráficos
8
Jogabilidade
8
Diversão
8
Som
7

Prós

  • . Herdeiro digno de shooters 2D, como Contra e Abuse
  • . Senso de humor e visual beiram o surreal
  • . Sistema de amontoar armas em uma é incrível

Contras

  • . Prepare-se para odiar profundamente os Vuvuzelators
  • . O texto é divertido; uma dublagem teria caído bem
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rubens Torres
    2011-11-04T16:17:06

    nota 8 num jogo desse ?