Jogos de ação

NOTA tt
6.5

Review Shadow Warrior Classic

Versão gratuita contém o pacote completo lançado em 1997.

Dário Coutinho
por
em

Shadow Warrior, jogo de tiro em primeira pessoa lançado originalmente em 1997, para PC, já recebeu inúmeras conversões para outros sistemas. Recentemente, foi lançada na Steam uma versão gratuita do jogo, chamada Shadow Warrior Classic. Essa versão contém o mesmo jogo de antigamente, com leves mudanças nos comandos mas nenhuma alteração no visual. Confira a nossa análise deste clássico jogo.

Resumo da Semana: Brasil Game Show e jogos de terror foram destaques

Shadow Warrior Classic (Foto: Divulgação)Shadow Warrior Classic (Foto: Divulgação)


Um clássico sanguinário

Shadow Warrior é o sucessor espiritual de Duke Nukem, da 3D Realms. No game, controlamos do ninja Lo Wang, e seu objetivo é derrotar uma corporação criminosa que está misturando tecnologia com magia negra. Assim como o clássico Duke Nukem, o que não falta em Shadow Warrior são piadas sujas e muito sangue.

O game possui muito elementos novos que não estavam presentes no jogo anterior da 3D Realms. Porém, elemento clássicos ainda continuam presentes na versão, como a utilização de espadas, estrelas ninjas e outras armas.

Clássico sangrento do PC pode ser baixado de graça (Foto: Divulgação)Clássico sangrento do PC pode ser baixado de graça (Foto: Divulgação)

Um fato curioso é que muitas dessas “Armas Ninjas” eram muito mais letais nas mãos de Lo Wang do que armas convencionais. Um exemplo clássico é a espada. Muitos inimigos precisam de dezenas de tiros para morrer, enquanto um único golpe de espada resolve tudo.

Jogabilidade recalibrada

Os jogos de tiro para PC antigamente são bem diferentes dos jogos atuais. Tudo começa com os controles onde as setas do teclado são usadas para movimentar o personagem, ao contrário do que é comumente usados hoje em dia, que são as teclas “AWSD”.

Além disso, em 1997, o mais comum era que o jogador usado os botões “PageUP” e “PageDown” para movimentar a câmera para cima e para baixo. Parece estranho, mas era comum naquela época em jogos como Duke Nukem, Doom e outros. Entretanto, a versão que chegou a Steam possui comandos diferentes, comuns para os dias atuais. Porém, o menu do jogo ainda está com a configuração de 1997, o que causa muita confusão.

Dificuldade do jogo vai fazer você ficar com o coração na mão, literalmente (Foto: Divulgação)Dificuldade do jogo vai fazer você ficar com o coração na mão, literalmente (Foto: Divulgação)

Logo ao iniciar o game, surgem duas opções: “Play” e “Configuration”. Ao clicar em “Play”, jogadores novatos irão levar um susto. O game roda através do emulador DOS BOX, o que faz a tela do computador ficar preta e ir direto para o MS-DOS. Para poder acessar o menu para verificar qual é a configuração real dos controles, deve-se clicar na opção “Configuration”.

Outro elemento que assusta quem não conhece Shadow Warrior é a dificuldade do game. Diferente dos jogos atuais, até mesmo o nível mais fácil de Shadow Warrior será complicado para quem não está acostumado com jogos antigos. São 12 fases no total que misturam apenas as fases da versão “Shareware” e a versão normal.

Configuração dos controles está diferente do original (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)Configuração dos controles está diferente do original (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

São missões variadas e cheias de segredos. O jogo, assim como os games de antigamente, não dá qualquer dica ao jogador, deixando-o a mercê do seu próprio universo. Por conta disso, morrer será algo bastante comum, mesmo que você escolha o nível de dificuldade “pequeno gafanhoto”.

Visual oldschool

Há muitas diferenças entre Shadow Warrior Classic e a versão paga, chamada “Classic Redux”. A versão gratuita apenas reproduz o jogo de forma idêntica aos anos 90, sendo assim, os gráficos ficam muito pixelados. O jogo não exibe configurações para melhorar o visual, essas opções estão disponíveis apenas na versão paga “Classic Redux” que apresenta gráficos melhorados e integração ao OpenGL.

Mesmo que seja um jogo antigo que rode em praticamente qualquer PC atual, ainda é possível ver alguns bugs e glitches. Esses problemas acontecem ao se aproximar de uma porta ou atirar com o lança-mísseis rapidamente.

Conclusão

Shadow Warrior Classic é cheio de piadinhas sujas, sangue e até garotas seminuas. O clássico de 1997 agora pode ser baixado de graça na Steam, mas quem já jogou vai estranhar os controles. Os gráficos de época e dificuldade elevada pode afastar os novatos, mas não deixa de ser um ótimo negócio.


Os jogos antigos eram mais criativos?
Opine no fórum do TechTudo!


Nota TechTudo

NOTA tt
6.5
Gráficos
6
Jogabilidade
7
Diversão
8
Som
5

Prós

  • - Idêntico a versão antigo
  • - Dificuldade elevada
  • - Nostalgia para os PC gamers

Contras

  • - Controles modificados
  • - Alguns bugs
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares