Jogos de ação

NOTA tt
8.8

Review The Sly Cooper Collection

A coletânea de jogos de Sly Cooper para o PlayStation 3 e PS Vita traz de volta a diversão e simplicidade de um estilo de jogo que faz falta nos dias de hoje. Três jogos diferentes se complementam para formar um perfeito produto.

Rafael Monteiro
por
em

The Sly Cooper Collection inicialmente aparenta ser apenas mais uma das muitas coletâneas de jogos do PlayStation 2 relançados para o PS Vita, mas por se tratar de uma série pouco conhecida, muitos usuários não sabem a pérola que podem estar perdendo. Sly Cooper traz um certo charme para o PlayStation 3 e PS Vita que a indústria parece ter esquecido nos últimos anos.

Sly Cooper: Thieves in Time sairá também para PS Vita

The Sly Cooper Collection traz três ótimos jogos em um único pacote (Foto: slycooper.wikia.com)The Sly Cooper Collection traz três ótimos jogos em um único pacote (Foto: Divulgação)


Honra entre ladrões

A coleção inclui três títulos: Sly Cooper and the Thievius Racconus, Sly 2: Band of Thieves e Sly 3: Honor Among Thieves. Em cada um deles o jogador encarnará o papel de Sly Cooper, um ladrão de classe buscando recuperar o legado de sua família e derrotar bandidos mais perigosos durante sua trajetória.

O enredo de cada um dos jogos não é extremamente profundo, mas é bem contado através de simpáticas cenas animadas, com exceção do primeiro jogo da série. O título original é o único que decepciona um pouco na coleção, por não ter envelhecido tão bem, enquanto os outros dois permanecem atuais e divertidos.

O universo da série é todo representado por animais antropomórficos, Sly sendo uma raposa e seus melhores amigos sendo uma tartaruga e um hipopótamo. No início eles apenas participam nos diálogos, mas eventualmente você poderá até mesmo controlá-los.

Os personagens de Sly Cooper são todos animais antropomórficos (Foto: musingsongaming.wordpress.com)Os personagens de Sly Cooper são todos animais antropomórficos (Foto: Divulgação)


Dedos leves

Para um jogo com mais de 10 anos de idade, Sly Cooper tem controles de muita qualidade. Há claramente certos elementos datados, especialmente no primeiro jogo, incluindo um pulo duplo sem grande precisão. Porém, no segundo e terceiro título isso é compensado por controles mais precisos, movimentos novos e mais variedade no controle dos personagens.

O primeiro Sly Cooper é um jogo de plataforma mais linear, em fases fechadas com caminhos predeterminados como se fossem corredores, lembrando um pouco o clássico Crash Bandicoot do PlayStation original. Sly 2 abraça mais conceitos de ação e aventura, deixando o gênero plataforma um pouco de lado e termina por Sly 3 casando os dois primeiros jogos perfeitamente.

Há duas coisas que realmente chamam a atenção nessa coletânea. A primeira é como os três títulos se complementam bem quando oferecidos em um único pacote, de forma que nunca o fizeram individualmente. E a segunda, é como eles atendem uma demanda por um tipo de jogo que hoje em dia não parece mais ser produzido.

Sly move-se com leveza pela cidade, saltando de telhado em telhado (Foto: playstationlyfestyle.net)Sly move-se com leveza pela cidade, saltando de telhado em telhado (Foto: Divulgação)

No PS Vita o jogo ainda recebeu uma dose extra de adaptação para utilizar a tela de toque e o painel de toque traseiro, deixando-o com um estilo um pouco mais moderno. É possível, por exemplo, ver um ícone na tela e tocar nele para receber informações, algo que não havia nos jogos originais.

Visual de desenho animado

Todos os três títulos utilizam uma técnica gráfica semelhante ao cel-shading para criar um visual de desenho animado nos personagens. Isso fez com que a aparência dos jogos envelhecesse muito melhor do que outros games que em sua época tinham gráficos considerados melhores, como a franquia Jak & Daxter.

Novamente, o primeiro Sly puxa o nível da coletânea um pouco para baixo, com texturas de menor qualidade e um visual um pouco escuro demais. Sly 2 e 3 no entanto compensam em muito os esforços de seu irmão mais velho com belos gráficos cartunizados e coloridos que não deixam nada a desejar a outros jogos lançados atualmente.

Os gráficos se sobressaem mais em fases coloridas do que escuras (Foto: exophase.com)Os gráficos se sobressaem mais em fases coloridas do que escuras (Foto: exophase.com)

Diferente de outras coletâneas, como as das séries God of War, Jak & Daxter e Ratchet & Clank, nenhum dos títulos da Sly Cooper Collection apresenta má performance. Não há excesso de lentidão, bugs inesperados, nada que comprometa a experiência. Isso provavelmente se deve ao fato de que foi o próprio estúdio de Sly Cooper que cuidou da conversão e não uma empresa terceirizada.

Além das músicas de alta qualidade, até mesmo a dublagem deixa aparente que o estúdio fez um esforço extra para agradar. As conversas entre Sly e seus amigos são todas dubladas em inglês e algumas trazem informações a respeito da jogabilidade, como tutoriais. Algumas frases foram redubladas especialmente para falar sobre funções da tela de toque e do painel de toque traseiro do PS Vita.

Conclusão

The Sly Cooper Collection é um dos melhores negócios que os jogadores de PlayStation 3 e PS Vita poderão encontrar para seus videogames. Apesar de se tratar de uma coletânea de jogos um pouco antigos, eles ainda são muito atuais e parecem suprir um tipo de gênero que hoje em dia não se encontra mais no mercado. Surrupie-os rapidamente para a sua coleção.


Qual jogo de PS Vita vale a pena investir?
Comente no Fórum do TechTudo.


Nota TechTudo

NOTA tt
8.8
Gráficos
8
Jogabilidade
9
Diversão
9
Som
9

Prós

  • - Coletânea de ótimos títulos
  • - Gênero esquecido atualmente
  • - Ainda agradável visualmente

Contras

  • - Primeiro jogo envelheceu mal
  • - Sistema de câmera precário
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Lucas Cheres
    2018-04-06T00:46:47

    Fiquei feliz em ver uma matéria única para um jogo que gosto tanto, é por esse motivo que acompanho o site da techtudo, agradeço pelo review e trazerem a nova geração para os clássicos