Jogos de ação

NOTA tt
7.8

Review Styx: Master of Shadows

Espreite nas sombras como um goblin em Styx.

Felipe Velloso
por
em

Styx: Master of Shadows é um jogo voltado para o público que adora títulos como Thief e Assassin’s Creed. O elemento furtivo é explorado de forma ainda mais intensa nesta experiência. Styx é um Goblin praticamente incapaz de enfrentar um soldado abertamente, sendo obrigado a trafegar pelo gigantesco mundo de jogo no escuro e em silêncio, recorrendo apenas a assassinatos traiçoeiros para sobreviver. Confira o review completo:

Conheça Of Orcs and Men, o game situado no mesmo mundo de Styx

Um protagonista Goblin (Foto: Divulgação)Um protagonista Goblin (Foto: Divulgação)

Uma história com outro ponto de vista

Styx está situado em um sombrio mundo de fantasia medieval. O protagonista perdeu suas memórias ao ser aprisionado pelos guardas da Torre de Akenash. Tudo que ele se lembra, é a sua missão, a obrigação de invadir as defesas da Torre e roubar o coração da poderosa árvore mundo, a fonte de um néctar mágico chamado Ambar, responsável por empoderar as diferentes habilidades especiais do Goblin.

Um cenário medieval e steampunk (Foto: Divulgação)Um cenário medieval e steampunk (Foto: Divulgação)

O estado mental confuso de Styx já nos mostra desde o início que existe muito mais sobre o lugar do que parece transparecer em principio. Talvez o elemento mais interessante da narrativa do jogo seja justamente o fato de seu protagonista ser um goblin vil, que se vale de meios traiçoeiros para matar os guardas humanos da torre.

Jogabilidade vertical

Styx é um jogo absolutamente dedicado a furtividade, de tal maneira que o confronto direto entre o goblin e seus oponentes é praticamente impossível nas dificuldades mais altas. Quando confrontado por um guarda é possível tentar se defender de seus golpes, até que a abertura apareça para matá-lo. No entanto, na maioria das situações, mais oponentes podem aparecer, o que torna tudo impossível para o pequeno Styx.

As sombras e a distância são suas amigas (Foto: Divulgação)As sombras e a distância são suas amigas (Foto: Divulgação)

A movimentação do jogo é fluida, porém não é automática. Styx é um escalador nato, mas ele pode (e vai!) cair dos lugares se você não prestar atenção aonde ele está subindo. Desta maneira, o jogo acaba por se distanciar de títulos como Uncharted e Assassin’s Creed onde os saltos, quedas e escaladas parecem todos pré-programados. Nesse sentido, Master of Shadows se mostra bem mais difícil, e pode ser um pouco mais frustrante para os jogadores mais desatentos.

Apesar da aparente fragilidade física, o Goblin também apresenta alguns bons truques em sua manga, como a habilidade de criar um clone de si mesmo para distrair os guardas e até ficar invisível por períodos breves de tempo.

Lembre-se de sempre atacar de cima (Foto: Divulgação)Lembre-se de sempre atacar de cima (Foto: Divulgação)

De maneira geral Styx é um bom jogo para quem gosta desse tipo de estilo, seu único problema marcante é quando você é obrigado a revisitar as áreas iniciais do jogo no final, agora repopuladas com inimigos mais poderosos. É um recurso desnecessário e cansativo, que poderia ter sido facilmente evitado.

Aspectos técnicos surpreendem

Para um jogo que conta apenas com orçamento moderado, Styx: Master of Shadows possui gráficos surpreendentes. Não apenas do ponto de vista técnico, mas a direção de arte do jogo também se mostra muito capaz, com belos cenários, personagens bem elaborados e uma poderosa identidade visual.

O principal destaque fica por conta da luz do jogo, como as sombras são muito necessárias para o bom desempenho do protagonista, os desenvolvedores capricharam em torná-las mais definidas, facilitando a vida do assassino.

Styx pode se esconder em diferentes lugares (Foto: Divulgação)Styx pode se esconder em diferentes lugares (Foto: Divulgação)

A trilha sonora também é muito legal e ajuda a manter a tensão imposta pelo jogo. Ainda que um pouco repetitiva, ela é calma e segura enquanto Styx atravessa incógnito pela torre. Basta ele ser visto para a música se transformar completamente em uma melodia tensa e desesperada.

Conclusão

Styx: Master of Shadows é um jogo muito bom no que ele se propõe a ser. Infelizmente, apenas uma parcela muito pequena do público moderno saberá apreciar um título 100% furtivo, onde é praticamente impossível o combate direto. Apesar de pequenas sessões repetidas, o jogo do Goblin parece ser tudo que Thief prometeu ser este ano e não cumpriu.


Qual é o melhor Tomb Raider? Comente no Fórum do TechTudo!


Nota TechTudo

NOTA tt
7.8
Gráficos
8
Jogabilidade
8
Diversão
7
Som
8

Prós

  • - História mais ambígua mostrando diferentes pontos de vista
  • - Jogabilidade vertical e furtiva

Contras

  • - O jogo é mais curto do que deveria
  • - A repetição nas últimas missões tornam o jogo entediante e cansativo
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares