Por Elson de Souza; Por TechTudo


Com duração restrita das baterias de telefones, o carregador portátil TP-Link TL-PB10400 promete ajudar o usuário que não quer terminar o dia offline. Para isso, o power bank traz uma capacidade de 10.400 mAh, suficiente para cerca de três recargas de um smartphone regular. Mas será que isso compensa o preço, que varia entre R$ 99 a R$ 199? O TechTudo testou o acessório e aponta os prós e contras do carregador da TP-Link.

O carregador portátil da TP-Link tem um belo design, especialmente se comparado aos power banks regulares. O acessório é feito em plástico branco e brilhante, com a entrada micro USB em um dos lados e alguns selos regulatórios impressos. Nas extremidades, há um acrílico na cor verde-água, sendo que a parte superior possui texturas e conta com as saídas USB, LED indicador de carga e uma lanterna.

Carregador TL-PB10400 possui parte superior com texturas e saídas de 1A e 2A (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

De forma geral, o produto parece ser resistente e todo os componentes estão bem fixados. Além disso, a escolha pelo plástico ajuda a minimizar aquecimentos e deformações. Mas nem tudo são flores: a cor branca e brilhante facilita, e muito, o aparecimento de arranhões. Basta apontar o produto contra a luz e as marcas saltam aos olhos.

Nas medidas, o TL-PB10400 tem 4,43 cm de altura e comprimento de 8,88 cm. O formato de paralelepípedo é confortável para pegar na mão, vai muito bem na bolsa ou mochila, mas é péssimo para usar no bolso da calça. Se você usa jeans mais justos, prepare-se para ter o carregador portátil marcando bastante e até sentir um desconforto para carregá-lo. Por fim, o peso é de 240 g, o que é bem mais do que o de um smartphone.

Carregar o TP-LINK TL-PB10400 no bolso da calça pode ser uma tarefa difícil (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

O carregador da TP-Link traz duas saídas USB com capacidades diferentes e que podem ser usadas simultaneamente. Além disso, há um cabo USB-micro USB incluso, compatível com qualquer telefone, exceto o iPhone, que usa a padrão lightning. Nesse caso, basta usar o cabo original da Apple e tudo está resolvido.

TP-LINK TL-PB10400 chega com um cabo micro USB compatível com celulares Android e Windows Phone (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

A saída mais potente tem 5 Volts (V) / 2 ampères (A) e é indicada para tablets e celulares que suportem essa capacidade, como aqueles com carregamento rápido. Já a porta de 5 V/1 A é voltada para smartphones convencionais, tendo uma velocidade de recarga mais lenta. Segundo a TP-Link, não é preciso se preocupar com o conector escolhido: o de 2A se ajusta automaticamente quando detecta um aparelho mais fraco.

Luzes LED do TP-Link TL-PB10400 indicam o nível da bateria do carregador portátil (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Durante os nossos testes, conseguimos recarregar completamente um OnePlus One, com bateria de 3.100 mAh, cerca de três vezes.

No que diz respeito à velocidade do carregamento, o tempo varia de acordo com alguns fatores. Com o telefone majoritariamente em stand by e uso esporádico, conseguimos elevar a bateria de 15% a 100% em pouco mais de uma hora. Já com o aparelho em uso constante, o tempo subiu para entre duas e três horas. Nada mal quando se trata de um telefone de 3.100 mAh. Durante nossos testes, não foi observado problemas com aquecimentos agudos.

Para quem está à procura de uma função extra, o carregador da TP-Link traz um pequeno LED que pode ser usado como lanterna em situações de emergência. A lâmpada tem uma boa iluminação e é uma ótima alternativa enquanto o seu telefone recarrega ou se já estiver completamente sem carga. Para ativar a função, basta segurar o botão do carregador portátil por três segundos.

Carregador portátil da TP-LINK chega com lanterna LED que pode ser útil em emergências (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Se o carregador portátil surpreende na recarga de outros dispositivos, o tempo de carregamento do próprio acessório segue um caminho inverso. O cabo que acompanha a bateria pode ser usado para carregá-la na porta USB do computador. No entanto, isso é pouco recomendável, uma vez que o tempo necessário deve superar facilmente as 12 horas. Sendo assim, a melhor saída é usar o carregador do seu celular na tomada.

TP-LINK TL-PB10400 pode ser recarregada com o cabo micro USB que a acompanha (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

Durante nossos testes, utilizamos um Moto Turbo para carregar a bateria da TP-Link completamente vazia. Mesmo entregando mais energia que um carregador comum, o tempo que levamos para alcançar os 100% foi de sete horas, que é exatamente o que vem indicado no manual do usuário. Já em um acessório mais simples, que entrega 1 A, a previsão é que a recarga chegue a 10 horas.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Em resumo, planeje uma recarga com antecedência quando souber que vai precisar de todo o potencial do TL-PB10400. Bote o acessório para carregar quando chegar do trabalho ou quando for dormir, tendo em mente o prazo de sete a dez horas necessárias. Assim, você minimiza as chances de se frustrar em uma viagem muito longa ou quando for fazer muitas fotografias e vídeos, por exemplo.

Power Bank da TP-LINK chega com cabo micro USB e possui saída de 2A mais rápida (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

O TL-PB10400 chega acompanhado pelo cabo micro USB, manual de usuários e informações sobre assistência técnica. O produto da TP-Link tem garantida de um ano contra defeitos de fabricação. Por fim, há uma pequena bolsa indicada para o transporte e para proteger o carregador dos arranhões. Use-a. Sério.

Enquanto não voltamos aos tempos do Nokia 3310 e sua bateria de uma semana, os carregadores portáteis tendem a se tornar presença constante no nosso dia a dia. Nesse cenário, o TL-PB10400 surge como um acessório de alta capacidade e boa qualidade em um segmento dominados por “baratinhos” chineses, mas que inspiram pouca confiança.

TL-PB10400 é uma boa opção para quem não quer ter problemas com bateria em viagens (Foto: Elson de Souza/TechTudo) — Foto: TechTudo

O carregador portátil da TP-LINK tem como grandes destaques a capacidade de 10.400 mAh e a saída de 2 A, que fará toda a diferença se o usuário tiver um celular com carregamento rápido. Se você ainda não tem certeza se a compra é válida, vale refletir sobre os seus hábitos, quantos aparelhos deseja recarregar e se esta capacidade é realmente necessária para você.

Quanto ao preço, é possível dizer que ele é justo. Embora o valor oficial praticado pela TP-LINK seja de R$ 199, é possível encontrar o produto em sites de ofertas e mercados online por a partir de R$ 99. É o mesmo valor sugerido pelo Xiaomi Mi Bank, que tem a mesma capacidade e também um bom desempenho, mas já não está em estoque no Brasil há um bom tempo.

8.3

Design
7
Funcionalidades
9
Desempenho
8
Custo-benefício
9

Prós

  • Duas saídas USB
  • Recarrega telefone rapidamente
  • Lanterna de LED
  • Grande capacidade de 10.400 mAh

Contras

  • Arranha fácil
  • Desconfortável para carregar no bolso
  • Demora a carregar

Mais do TechTudo