Acessórios

NOTA tt
8.0

Review Trakdot

TechTudo testou o pequeno rastreador, que é capaz de identificar localização das malas dos usuários e enviar alertas a cada mudança de lugar; confira a análise.

Thiago Barros
por
em

Extravio de bagagens é um problema comum no mundo inteiro e que causa preocupação em quem viaja. O Trakdot é um aparelhinho que o turista pode colocar em sua mala para fazer o rastreamento da mesma. O TechTudo testou o gadget, visualizou alguns pontos interessantes e outros nem tanto. Confira a análise completa abaixo.

Cansou de perder as malas? Trakdot com GPS chega ao Brasil por R$ 289

Testamos o Trakdot, aparelho que rastreia malas (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Testamos o Trakdot, aparelho que rastreia malas (Foto: Thiago Barros/TechTudo)


Portátil, bonito e simples

O Trakdot mede somente 3 x 2.25 x 0.75 polegadas, tem um visual arrojado e é super portátil, sendo fácil de posicionar em qualquer mala. Esta característica é ótima, pois o aparelho não atrapalha em nada a bagagem de uma pessoa que está viajando para os Estados Unidos com o intuito de fazer compras, por exemplo.

Aparelho é bem pequeno, o que é ótimo para quem está viajando (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Aparelho é bem pequeno, o que é ótimo para quem está viajando (Foto: Thiago Barros/TechTudo)

Além disso, a sua configuração é simples. No próprio site da empresa responsável por ele aparecem instruções em português de como registrar e ativar o produto. Depois, o procedimento é feito totalmente em inglês, mas sem dificuldade alguma. Após fazer sua sincronização, o usuário só precisa apertar o botão para ligá-lo.

Manual vem em inglês, mas há instruções online em português (Foto: Thiago Barros/TechTudo)Manual vem em inglês, mas há instruções online em português (Foto: Thiago Barros/TechTudo)


Ao comprar o Trakdot, o usuário já ganha a assinatura de um ano de graça. Depois, se quiser continuar usando o serviço, precisa pagar uma taxa anual. Ele usa a rede GSM, funciona com duas pilhas AA, não necessita de conexão à Internet via Wi-Fi ou chip de dados, e pode enviar seus alertas tanto via SMS como por e-mail.

A empresa disponibiliza aplicativos para Android e iOS, e os consumidores também têm acesso ao site do Trakdot, onde podem fazer login com os dados cadastrados e verem, por ali, o trajeto do aparelho. A ideia é permitir que se localize a bagagem, de uma forma rápida, em qualquer lugar do mundo.

Existe algum receio ao fazer compras online?Comente no Fórum do TechTudo.

Funciona, mas com ressalvas

Nos testes realizados pelo TechTudo, pôde-se identificar rapidamente os pontos que são positivos e os negativos no Trakdot. De bom, além da portabilidade, a rapidez com que o aparelho localiza sua mala. Em um vôo internacional, ele identificou a saída do Brasil (Rio de Janeiro), a chegada ao exterior, tanto na escala como no destino final.

TrakDot funciona com pilha (Foto: Thiago Barros/TechTudo)TrakDot funciona com pilha (Foto: Thiago Barros/TechTudo)


O envio de mensagem de texto pelo celular foi super rápido. E o usuário precisa ter o seu telefone funcionando no local onde vai desembarcar para receber este alerta. Nos testes, em um dos casos, a mensagem chegou ainda antes mesmo de sair do avião. O que dá, é claro, uma tranquilidade maior quanto à presença da mala no local.

Por outro lado, em alguns casos, ele emite alertas em excesso. Nos testes que fizemos, por exemplo, o Trakdot alertou para nova localização dentro do destino, enquanto fazia o deslocamento de um local para o outro na cidade. É interessante ver que ele funciona no mundo todo, e como é eficiente, mas neste caso foi uma informação desnecessária.

Além disso, seu sensor Bluetooth, que indica proximidade com a mala, só funciona com a pessoa estando muito perto dela. Aí, o Trakdot passa a ser desnecessário, pois o usuário já, provavelmente, estará vendo a mala e não precisará de um alerta para encontrá-la. Só é interessante numa esteira cheia, por exemplo.

Preço e onde comprar

O Trakdot custa R$ 289 e pode ser comprado no próprio site da empresa, ou em lojas distribuidoras que também estão listadas, por estado, na página oficial do aparelho. Ele é comercializado com duas pilhas AA, uma etiqueta de bagagem e um guia de início rápido. Sua primeira anuidade é grátis e a segunda sai por US$ 19,99 (R$ 53).

TrakDot pode ser comprado pelo site ou (Foto: Thiago Barros/TechTudo)TrakDot pode ser comprado pelo site ou em lojas (Foto: Thiago Barros/TechTudo)


Conclusão

O aparelho é bom, super portátil, tem um design bonito e, definitivamente, é uma compra que pode valer para quem gosta de viajar e de ter mais tranquilidade para o acompanhamento de suas bagagens. Mas, depois de testá-lo, fica a sensação de que o Trakdot precisa de um "algo mais".

Afinal, saber onde está sua mala é bem legal, e você pode se assegurar de que ela não foi extraviada, ou então ter notícias de onde ela se encontra caso isso aconteça. Porém, a partir daí, ele não tem nenhuma serventia. Poderiam ser adicionadas ferramentas que, pelos apps do Trakdot, ajudassem os usuários neste tipo de caso.

Por exemplo: ele não tem uma lista de contatos para resolver problemas com aeroportos e companhias aéreas, não conta com detalhes de leis sobre desvios de bagagens, e fica devendo neste tipo de interação com o usuário. Mesmo assim, para quem curte viagens, especialmente com compras, pode ser uma boa alternativa.

Tabela de especificações do Trakdot (Foto: Arte/TechTudo)Tabela de especificações do Trakdot (Foto: Arte/TechTudo)

Nota TechTudo

NOTA tt
8.0
Design
10
Funcionalidades
8
Desempenho
7
Custo-benefício
7

Prós

  • Super portátil
  • Design arrojado
  • Alertas no celular
  • Funcionamento em vários locais

Contras

  • Uso de pilha
  • Bateria acaba muito rápido
  • Preço relativamente alto
  • Pouca utilidade após reportar o local da mala
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Israel Nicacio
    2015-01-20T21:19:49

    Posso usa-lo em qualquer objeto que queira sua localização? Como veículos por exemplo...